Varíola do Macaco: Veja o que se sabe e como se proteger
Menu & Busca
Varíola do Macaco: Veja o que se sabe e como se proteger

Varíola do Macaco: Veja o que se sabe e como se proteger

Home > Notícias > Varíola do Macaco: Veja o que se sabe e como se proteger

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou, no último sábado (23), que a varíola do macaco é uma emergência sanitária global. Mais de 16 mil casos da infecção já foram detectados em 75 países do mundo. No Brasil, até o dia 23, o Ministério da Saúde já tinha confirmado 696 casos.

O vírus é endêmico há décadas no continente africano e começou a se disseminar por outros continentes, especialmente na Europa. A doença é parecida com a varíola humana, que foi erradicada com a vacinação. Especialistas apontam que os imunizantes contra a varíola podem ajudar na prevenção da varíola do macaco, mas não se sabe até que ponto seria eficaz e, como a doença foi erradicada, a vacina não está disponível em grande escala.

A seguir, entenda os principais sintomas e como se prevenir da varíola do macaco.

varíola do macaco
Casos da varíola do macaco já foram confirmados em 75 países. | Foto: Montagem/ Reprodução

Quais os principais sintomas?

Entre os principais sintomas iniciais estão febre, cansaço, calafrios, dor de cabeça, dores no corpo e inchaço nos gânglios. Após os sintomas iniciais, geralmente dentro de 1 a 3 dias, o infectado começa a desenvolver uma erupção cutânea, que geralmente aparece primeiro no rosto e se espalha para o resto do corpo.

As erupções pioram ao longo dos dias, passando por 5 estágios até caírem. A doença tem um tempo de incubação longo, costuma durar de 6 a 13 dias, mas pode durar até 21 dias, o que dificulta o isolamento do infectado.

As principais formas de transmissão são por meio do contato com as lesões, gotículas respiratórias, fluidos corporais e objetos contaminados, como roupas de cama.

Como se prevenir da varíola do macaco?

Entre os métodos de prevenção estão:

  • Manter o distanciamento;
  • Higienizar as mãos com frequência;
  • Usar máscaras;

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) destacou a importância dos métodos de prevenção, que ajudam a prevenir não só a varíola do macaco, mas também outras infecções, como a covid-19.

_______________________________________
Por Giovana Rodrigues – Redação Fala!

Tags mais acessadas