Menu & Busca
Universidade ofereceu oficinas gratuitas para mais de 700 estudantes

Universidade ofereceu oficinas gratuitas para mais de 700 estudantes


Buscando trazer para os alunos experiências extra salas de aula, a Universidade São Judas realiza junto a seus alunos iniciativas culturais que proporcionam momentos e experiências coletivas que têm como objetivo marcar pelo lado sensorial e emocional.

Desde o começo do ano, o projeto Ocupação Afetiva reúne iniciativas como exposições de fotografias, oficinas de arte, entre outras atividades que tem como objetivo gerar experiências para o universitário fora da sala de aula, convidando-o a desacelerar e refletir. Desta vez, entre os dias 26 de setembro e 11 de outubro, as unidades Mooca e Butantã convidaram seus alunos a desenvolverem habilidades manuais a partir da história de seus afetos.

Universidade ofereceu oficinas gratuitas para mais de 700 estudantes
Universidade ofereceu oficinas gratuitas para mais de 700 estudantes

A iniciativa foi uma parceria com a Revolução Artesanal, um movimento que valoriza a cultura do fazer manual. São 11 diferentes técnicas, utilizando tecido, fios, madeira, papel – impressão e metal. Nelas, os estudantes puderam deixar suas marcas, expressões individuais e coletivas. Após a ação, todas as obras geradas nas oficinas serão parte de uma nova criação coletiva. Esta nova obra ficará exposta a partir de novembro na unidade.

“Precisamos estimular nossos jovens a falarem mais sobre seus afetos e valorizarem isso, ajudá-los a encontrar prazer em momentos e atividades offline, além de desacelerar e refletir, visando o seu bem-estar” destaca Romy Tutia, diretora da Universidade São Judas, unidades Butantã e Vila Leopoldina.

O Projeto Ocupação Afetiva também promoveu rodas de conversa abordando temas, como: ‘Uma Ocupação Afetiva Feita à Mão’, ‘O que o fazer te faz?’ e ‘Por um mundo feito à mão’, além de um espaço de convivência com drops de oficinas.

Universidade ofereceu oficinas gratuitas para mais de 700 estudantes
Universidade ofereceu oficinas gratuitas para mais de 700 estudantes
Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas