Triptofano: Os efeitos colaterais são significativos? Entenda mais sobre com a Du Palm
Menu & Busca
Quais são os efeitos colaterais do triptofano? Saiba mais

Quais são os efeitos colaterais do triptofano? Saiba mais

Home > Lifestyle > Saúde > Quais são os efeitos colaterais do triptofano? Saiba mais

Quer saber mais sobre o triptofano efeitos colaterais? Sim, o triptofano tem efeitos colaterais, mas é muito utilizado devido à sua grande amplitude de benefícios para o ser humano. Para entender como ele pode ser vantajoso e quais são os efeitos colaterais do triptofano, primeiro é necessário saber o que ele é. Por isso, leia o texto a seguir! 

O que é Triptofano?

O triptofano é um aminoácido aromático e apolar que é utilizado na biossíntese das proteínas. Ele é considerado um aminoácido essencial e, junto com a vitamina B3, é usado pelo cérebro para ajudar o corpo a produzir a serotonina.

A serotonina é um ponto importante para quem consome o triptofano. Ela é um neurotransmissor, mais conhecido como hormônio da felicidade, e é muito importante para o sistema nervoso do corpo humano.

triptofano efeitos colaterais
Conheça: efeitos colaterais triptofano. | Foto: Unsplash.

O corpo humano não produz o triptofano, mas é possível obter ele através de alguns alimentos, como peito de frango, ovo cozido, atum enlatado, leite desnatado, abacate amassado, amendoim torrado, bem como através da ingestão de suplementos.

Assim, a busca pelo triptofano se deve pelo fato de que ao sintetizar a serotonina no organismo, ele aumenta a sensação de conforto e bem-estar.

Triptofano efeitos colaterais: o que o triptofano faz no organismo?

Ao entrar no organismo, o triptofano age sintetizando o neurotransmissor da felicidade, a famosa serotonina. Esse hormônio é capaz de mexer com várias funções do corpo humano, regulando até mesmo o metabolismo. 

O triptofano é contraindicado em alguns casos, por causa de seus efeitos colaterais. Confira quais são eles:

  • Caso a pessoa já faça uso de medicamentos para depressão ou calmantes, os efeitos colaterais nesse caso podem ser: sonolência excessiva, tremores, problemas cardíacos e ansiedade;
  • Caso a mulher esteja grávida ou esteja amamentando, pode gerar diversos efeitos colaterais.

Além disso, o uso em excesso de triptofano pode causar outros efeitos colaterais, como: azia, enjoo, vômitos, dor de estômago, tonturas, gases, diarreias, fraqueza muscular, dores de cabeça, sonolência excessiva, perda de apetite e boca seca.

Triptofano: benefícios

Saiba mais sobre os benefícios, em quais casos são contraindicados, qual o melhor horário para tomar e por que o triptofano é tão procurado:

Benefícios

O triptofano possui outros benefícios para quem o consome diariamente durante a alimentação e faz uso de suplemento. Ele, por exemplo, ajuda na perda de peso e na prevenção do envelhecimento. 

No caso, o emagrecimento é estimulado porque o triptofano sintetiza a serotonina. Assim, com o aumento da sensação de bem-estar, o estresse é reduzido e, consequentemente, também a vontade de comer. Os episódios de compulsão alimentar diminuem, bem como o desejo de ingerir doces ou alimentos que são ricos em carboidratos, como chocolate e pães.

Outro benefício é que o triptofano produz uma impressão de relaxamento, ajudando a melhorar a noite de sono, por causa da serotonina. 

Apesar dos efeitos colaterais do triptofano, seus benefícios ainda são muitos e valem a pena. O triptofano ajuda a:

  • Melhorar a qualidade de vida;
  • Melhorar o bem-estar;
  • Acabar com o estresse;
  • Diminuir a irritabilidade;
  • Acabar com noites mal dormidas;
  • Acabar com as ansiedades do dia a dia.

Indicações de uso do Triptofano

O triptofano é indicado para pessoas que possuem falta de serotonina no sistema nervoso, o que é comum em:

  • Casos de depressão;
  • Ansiedade;
  • Insônia;
  • Hiperatividade em crianças.

A dose de triptofano a ser ingerida varia de acordo com a idade e o objetivo. Para casos de estresse e hiperatividade em crianças, geralmente a dose é de 100 a 300mg por dia. Já em casos de distúrbio do sono e depressão, a dose indicada é de 1 a 3 gramas por dia.

O correto é fazer o acompanhamento com uma nutricionista para ingerir a dose certa, sem correr riscos de sofrer efeitos colaterais por ingerir triptofano a mais do que deveria.

Entretanto, é necessário ficar de olho nos efeitos colaterais do triptofano no organismo se consumido em excesso ou se consumido em casos de contraindicação. 

Qual o melhor horário para tomar o triptofano?

O melhor horário para tomar o triptofano vai depender do motivo pelo qual a pessoa deseja consumir ele. Então, por exemplo, se é para ajudar a emagrecer e parar a compulsão alimentar, o melhor momento é na hora em que sentir vontade de comer doces. Porém, para melhorar a qualidade do sono, a indicação é tomar de manhã, logo ao acordar, e depois novamente à noite, antes de dormir.

O mais importante é entender a razão de estar ingerindo o suplemento e saber se está consumindo ele na quantidade certa. Além, é claro, de verificar quais são os possíveis efeitos colaterais dele se for consumido em excesso.

Como tomar Triptofano?

Existem diversos tipos de suplemento que possuem triptofano, com misturas de outros compostos que auxiliam o organismo de várias maneiras. O Triptofen é um desses suplementos que possui triptofano. Em sua composição, possui maracujá, vitaminas e minerais, todas substâncias ativas e de origem natural, além do triptofano.

O Triptofen é maravilhoso para quem busca prevenir e tratar a depressão, diminuir o estresse e a ansiedade, bem como favorecer mais a qualidade de sono e emagrecer. O maracujá presente no suplemento, por exemplo, ajuda o organismo atuando no sistema nervoso central, produzindo uma sensação de calma, relaxamento e analgésico muscular.

O conjunto de compostos presentes no suplemento irá ajudar, mas claro, se consumido de forma correta. É preciso prestar atenção nos efeitos colaterais do triptofano. Entre eles, os efeitos colaterais gerais do triptofano são os mesmos dos casos contraindicados: azia, boca seca, sonolência, diarreia, vômitos, tonturas, dores de cabeça etc. Assim, é preciso ficar atento a qualquer sinal de efeito colateral e procurar um especialista se os sintomas persistirem.

É possível aproveitar todas as vantagens oferecidas por esse aminoácido de forma segura e correta, se seguir as indicações. Diminuir o estresse, ansiedade e insônia causados pela rotina caótica que muitas pessoas vivem acaba sendo um desejo comum. É por isso que o triptofano é uma ótima solução. Com isso, quem sofre algum desses distúrbios, com certeza deve comprar triptofano e experimentar. Aproveite o suplemento e tenha sempre em mente que pode ter triptofano efeitos colaterais leves ou graves, dependendo do caso.

_____________________________
Por Rafaela Thomaz Leite – Fala! PUC-SP

Tags mais acessadas