Titãs lançam primeiro EP em nova formação, saiba mais
Menu & Busca
Titãs lançam primeiro EP em nova formação, saiba mais

Titãs lançam primeiro EP em nova formação, saiba mais

Home > Entretenimento > Música > Titãs lançam primeiro EP em nova formação, saiba mais

Em nova formação, Titãs se arriscam com reformulação do projeto de maior sucessor de banda: o acústico

​Desde a saída de Paulo Miklos, em julho de 2016, os Titãs haviam lançado apenas uma ópera rock que não foi bem recebida pela crítica. 

Em fevereiro de 2019, a banda resgatou a ideia do seu projeto Acústico MTV, de 1997, o título mais vendido da discografia da banda, e começou a turnê Trio Acústico. Com Tony Bellotto, na guitarra semiacústica, Branco Mello, no contrabaixo, e Sergio Brito, no piano, os membros restantes da formação original reviveram as versões do álbum da MTV e converteram outros sucessos para o formato acústico. 

Essas versões só podiam ser ouvidas nos shows da turnê, mas, em agosto de 2019, o trio lançou o single Porque Eu Sei Que É Amor em um novo formato acústico. Seguido da nova versão, também acústica, do primeiro sucesso da banda, Sonífera Ilha, em março de 2020. As faixas estão incluídas no primeiro EP do álbum Trio Acústico, lançado no dia 3 de abril de 2020.

banda titãs
Titãs lançam primeiro EP em nova formação. | Foto: Reprodução.

O EP conta com oito sucessos da época dourada da banda, alguns já conhecidos em suas versões acústicas: O PulsoFamília e Querem Meu Sangue. As outras cinco faixas englobam os dois singles lançados anteriormente, juntamente com Isso, Miséria e To Cansado.

As versões não fogem do esperado de versões acústicas. Mais calmas e mais próximas das baladas, as faixas sofreram mínimas alterações. Os principais riffs e solos estão lá mantendo a alma dos sucessos, mas com, principalmente, o piano substituindo as linhas de guitarra com distorção das versões originais de algumas faixas, o que é de se esperar do acústico. 

Deixando de lado a repaginada estilística que o projeto exige para as canções, restam poucas novidades e inovações. Na terceira faixa, Porque Eu Sei Que É Amor, há um riff de guitarra novo e o tempo é marcado por estalos de dedos, algo inédito no repertório dos Titãs. Outra novidade é Tony Bellotto nos vocais em Isso, é a primeira vez que o integrante ocupa essa função, mas a novidade perde os holofotes quando se nota que a nova versão deixou a música monótona.

Esse padrão se encontra no álbum inteiro: monótono. Algo que não ocorreu no Acústico MTV, de 1997, que manteve a energia de músicas como Hereditário, uma das faixas mais pesadas do repertório da banda. Comparar os dois projetos é impossível, afinal, a proposta do EP é, como indica o nome, um trio, e não uma banda acompanhada de um orquestra como no primeiro projeto, mas isso não justifica o marasmo de ouvi-lo.

O EP deixa a desejar mais da energia que a banda, mesmo com músicas calmas, costumava passar através das canções. Os Titãs enfrentam seu período “fat Elvis”.

____________________________________
Por Vinícius Novais – Fala! Cásper

Tags mais acessadas