Séries e filmes que só fazem sentido na língua original
Menu & Busca
Séries e filmes que só fazem sentido na língua original

Séries e filmes que só fazem sentido na língua original

Home > Cultura Inglesa > Séries e filmes que só fazem sentido na língua original

 A indústria cinematográfica americana é uma das maiores do mundo e se consolidou a partir da construção de grandes salas de exibição ainda no início do século XX e da grande participação de diferentes estúdios como a Paramount e a Fox. Os Estados Unidos produzem, em média, 800 filmes por ano, sendo o terceiro maior produtor anualmente, atrás da Índia e da Nigéria. 

Em 1917, o país produziu 570 filmes a mais do que a Alemanha, por exemplo. Isso serviu para demonstrar a vantagem econômica em relação a outros locais após a Primeira e a Segunda Guerra Mundial. Além disso, depois de diversas revoluções como a introdução do cinema falado, os filmes da contracultura e uma grande produção de Blockbusters, os EUA se consolidaram como o epicentro do cinema mundial. 

Outro país de grande destaque na produção audiovisual é a Inglaterra com filmes de grandes diretores como Charlie Chaplin e Stanley Kubrick. Inclusive, Laranja Mecânica, apesar de pertencer a Warner Bros., foi feito na Inglaterra com um elenco majoritariamente inglês. A “Terra da Rainha” foi constatada, em 2017, como o 4º maior mercado cinematográfico do mundo, de acordo com a MPAA (Motion Picture Association of America). 

Assim, com a alta importação de filmes e séries em inglês, países que obtiveram essas produções tiveram que dublar para que fossem mais acessíveis para uma maior parte da população. Entretanto, muitos processos de dublagem acabam por alterar completamente o sentido de algumas frases. 

Essas alterações tiram todo o sentido de algumas cenas ao se comparar com a original. Apesar de facilitar a acessibilidade, muitas modificações acabam atrapalhando elementos de contexto, piadas e referências a diversos elementos da cultura. 

Confira alguns exemplos em que as falas de atores foram alteradas com a dublagem para o português!

Falas de atores alteradas com a dublagem para o português

1. As Branquelas (2004)

vai ter As Branquelas 2?
As Branquelas (2004). | Foto: Reprodução.

Essa comédia de Keenen Ivory Wayans possui icônicas frases adoradas pelo público brasileiro. Duas delas fazem referência ao Programa do Ratinho, ao invés do programa de Jerry Lewis, e à falecida apresentadora Hebe Camargo, substituindo a fala da apresentadora americana Oprah Winfrey.

2. Percy Jackson e o Ladrão de Raios (2010)

Percy Jackson e o Ladrão de Raios
Percy Jackson e o Ladrão de Raios (2010). | Foto: Reprodução.

No filme baseado na obra de Rick Riordan, mais artistas brasileiros são lembrados. Em uma cena, os protagonistas se encontram com o deus Hades, que tem a aparência de um astro do rock ou algo parecido. No filme em inglês, a personagem Grover cita que o deus parece Mick Jagger, vocalista da banda britânica Rolling Stones. Imaginando que alguns brasileiros não saberiam quem é Mick Jagger, os dubladores decidiram alterar o apelido para Zé Ramalho, um músico brasileiro.

3. Du, Dudu e Edu (1999-2008)

Du, Dudu e Edu (1999-2008)
Du, Dudu e Edu (1999-2008). | Foto: Reprodução.

O seriado do canal norte-americano de televisão Cartoon Network também fez sucesso aqui no Brasil. Em um dos episódios, o personagem Du se olha em um espelho distorcido e afirma que possui um “traseiro grande”. Porém, os dubladores brasileiros decidiram fazer referência à cantora Carla Pérez, o que faz com que quem não conheça a artista não entenda o sentido da frase. 

4. Tá Dando Onda (2007)

filmes dublados
Tá Dando Onda (2007). | Foto: Reprodução.

Esse filme estadunidense também conta com uma ótima participação da dublagem brasileira. Apesar de muito bem feita, fez com que os dubladores optassem por mudar nomes de lugares. Na versão original, a personagem João Frango (em inglês, Chicken Joe) afirma ser de Sheboygan, uma cidade de Wisconsin. Porém, os dubladores optaram por escolher o Pantanal do Mato Grosso como seu lugar de origem. A mesma coisa ocorre com o protagonista, o pinguim Cadu Maverick (em inglês, Cody Maverick) que, enquanto na versão original mora em Shiverpool, na Antártida, na versão brasileira é habitante do “Frio de Janeiro”.  

5. Saga Harry Potter (2001–2011)

Saga Harry Potter
Saga Harry Potter (2001–2011). | Foto: Reprodução.

A série britânica de filmes baseada nos livros de J. K. Rowling fez muito sucesso no mundo inteiro. Porém, a dublagem para o português fez com que muitas personagens tivessem seus nomes alterados. São os casos de Pedro Pettigrew que originalmente se chama Peter Pettigrew e Tiago Potter que originalmente se chama James Potter.

Como a dublagem desfavorece os atores? 

Em relação às live-actions, a dublagem pode acabar prejudicando o espectador. Se ele estiver analisando atuações, pode acabar tendo uma concepção negativa ou até mesmo inexistente sobre determinado ator/atriz. Isso porque, muitas vezes, as vozes dos dubladores não expressam tão bem o que é emitido pelo ator original. Por exemplo, se um dublador não alcançar a mesma intensidade de voz de uma personagem que estiver “brava”, a sensação do espectador que não estiver presenciando a língua original será de que ou tal personagem não está tão brava, ou de que está exageradamente brava. 

__________________________
Por Victor Livi – Fala! Cásper

Tags mais acessadas