Menu & Busca
Resenha: Unsolved – 1ª Temporada

Resenha: Unsolved – 1ª Temporada


Por Lucas Ignacio – Fala!Cásper

Tupac e Biggie

A série Unsolved (Não Resolvido) conta com 10 episódios na primeira temporada, e tem a premissa de usar fatos reais sobre os casos dos assassinatos de Tupac (Marcc Rose) e Biggie (Wavyy Jonez), os maiores ícones do rap, e ao mesmo tempo dramatizando a historia. É uma proposta semelhante a “American Crime Story”, que fez o mesmo com os casos do O.J. Simpson e do Gianni Versace.

A série é baseada no livro do ex-policial Greg Kading, que é interpretado na série por (Josh Duhamel), o livro foi lançado em 2011 e é intitulado de “Murder Rap”.

A 1ª Temporada de Unsolved gira ao redor dos assassinatos de Tupac Shakur, que foi baleado e morto aos 25 anos em Las Vegas em 1996, e de Notorious B.I.G. que foi morto aos 24 anos de idade em Los Angeles seis meses depois. A série nos mostra três pontos de vista para criar uma linha do tempo de todas as ações antes e depois dos assassinatos. Você consegue diferenciar os pontos de vista.

Um ponto de vista se passa em 1997, nove dias após o assassinato de Biggie, e temos o Detetive Russell Poole que assume o caso e tenta soluciona-lo de todas as formas, mesmo a policia não se importando com o caso.

Outro ponto de vista se passa em 2006, e acompanha um ex-detetive da Polícia de Los Angeles, Greg Kading (Josh Duhamel), que assume o caso do Biggie Smalls, e começa uma força tarefa para conseguir solucionar o caso anos após os assassinatos.

O ultimo ponto de vista é a vivencia dos dois rappers entre 1993 até a morte deles, muito da situação de Costa Leste X Costa Oeste, mostra a amizade entre Tupac e Biggie, brigas de gangues e varias momentos marcantes de suas vidas. Esse ponto de vista tem um destaque diferente por ter sido gravado com uma resolução diferente dos outros dois pontos.

A série foi criada por Kyle Long, e teve sua estreia no canal americano: USA Network em fevereiro de 2018, mas a série entrou no catalogo do no Netflix com todos os episódios em Julho de 2018.

Um lado ruim da série é que nenhuma musica dos artistas é tocada na série, a produção da série não conseguiu a licença para usar as musicas e então teve de usar outras musicas da época e da mesma vibe para compor a trilha sonora.

Pontos fortes da série são os atores que interpretam Biggie e Tupac, Marcc Rose consegue ser muito convincente ao interpretar o rapper, além de ser muito semelhante à Tupac, ele já o interpretou antes, no filme “Straight Outta Compton”. Wavyy Jones consegue trazer uma boa interpretação do rapper, mesmo não tendo uma fisionomia 100% igual a do próprio Biggie, sua voz é quase idêntica ao do rapper. Jimmi Simpson é outro ponto forte, ele praticamente encarna o Detetive Poole, o que faz com que ele sempre consiga o foco do telespectador.

Diversas teorias e versões giram em torno da morte dos artistas, mas nada foi comprovado ou resolvido até os dias de hoje.

Para qualquer um que seja fã de Rap, ou que já ouviu falar da historia dos dois rappers, ou qualquer um que goste de uma boa série policial e de investigação, essa é uma série que consegue entreter com suas historias e narrativas.

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas