Prévia da final do Mundial de Clubes: conheça os detalhes
Menu & Busca
Prévia da final do Mundial de Clubes: conheça os detalhes

Prévia da final do Mundial de Clubes: conheça os detalhes

Home > Notícias > Esporte > Prévia da final do Mundial de Clubes: conheça os detalhes

Na 17ª edição organizada pela FIFA, Bayern de Munique, da Alemanha, e Tigres, do México, farão a final do Mundial de Clubes amanhã, dia 11 de fevereiro. A partida será realizada no Estádio da Cidade da Educação em Doha, no Catar, às 15h no horário de Brasília. O jogo será arbitrado pelo uruguaio Esteban Ostojich. As premiações dos melhores jogadores e de fair play serão distribuídas após o término da decisão.

Mundial de Clubes
Taça do Mundial de Clubes de 2020, que será levantada pelo Bayern de Munique ou pelo Tigres. | Foto: Giuseppe Cacace /AFP.

Prévia da final do Mundial de Clubes

Bayern de Munique

A última temporada do Bayern de Munique foi excelente, conquistando todos os títulos que o clube disputou. O treinador Hans-Dieter Flick, que assumiu a equipe durante as competições, fez história ao vencer a Liga dos Campeões da Europa com 11 vitórias em 11 jogos, marcando 43 gols e sofrendo apenas 8.

No Campeonato Alemão, o time bávaro chegou aos 82 pontos, perdendo apenas 4 partidas. Por fim, o Bayern conquistou a Copa da Alemanha também sem perder nenhum jogo, aplicando um 4×2 na final contra o Bayer Leverkusen. O clube irá buscar o tricampeonato mundial, já que ele conquistou a antiga Copa Intercontinental em 1976 e 2001.

O grande destaque da equipe é o craque Robert Lewandowski, atual melhor jogador do mundo. O polonês foi o artilheiro de todos os títulos do Bayern na última temporada e já acumula 29 gols em 27 jogos desde setembro. Ao lado do polonês, Thomas Müller e Serge Gnabry dão um enorme suporte ofensivo ao centroavante, mas também marcam os seus gols, somando 19 tentos no total.

Mais atrás, Joshua Kimmich se apresenta como um meio-campista completo, defendendo e atacando com a mesma qualidade. É importante também destacar o bom sistema defensivo dos alemães, liderados pelo goleiro Manuel Neuer e que conta com o talentoso Alphonso Davies na lateral-esquerda.

Os únicos desfalques serão os volantes Leon Goretzka e Javi Martínez, que testaram positivo para a Covid-19, e o zagueiro Jerome Boateng, que foi liberado da final após a morte da sua ex-namorada, a modelo Kasia Lenhardt.

O treinador Hans-Dieter Flick deve vir a campo com: Neuer; Pavard, Süle, Alaba e Davies; Marc Roca, Kimmich e Müller; Coman, Gnabry e Lewandowski.

bayern de munique
Provável escalação do Bayern de Munique para a final do Mundial de Clubes. | Foto: Lineup Builder.

Tigres

Na outra extremidade, o Tigres já colocou o seu nome na história por ser o primeiro clube da América do Norte a jogar a final do Mundial de Clubes. Os mexicanos já venceram a liga nacional 7 vezes, mas conquistaram apenas ano passado o seu primeiro título da Liga dos Campeões da CONCACAF.

Nas oitavas de final, a equipe teve um confronto muito difícil contra o Alianza, de El Salvador. Após perder a primeira partida por 2×1, o Tigres estava levando o duelo para os pênaltis com a vitória parcial por 3×2. Mas, aos 49 minutos do 2º tempo, o goleiro Nahuel Guzmán marcou de cabeça, colocando o time do México na próxima fase.

Nas quartas, duas vitórias tranquilas sobre o New York City, dos Estados Unidos, garantiram o clube na semifinal contra o surpreendente Olímpia, de Honduras. Um sonoro 3×0 levou a equipe a sua 5ª final continental, sendo uma delas da Libertadores da América em 2015. De virada, o Tigres venceu o Los Angeles Galaxy por 2×1 e garantiu sua presença no Mundial de Clubes pela primeira vez na história.

O melhor jogador da equipe é o francês André-Pierre Gignac. O atacante de 35 anos está no clube desde julho de 2015 e já acumula 147 gols com a camisa do Tigres.

O time mexicano conta com rápidos jogadores pelas pontas, que são muito dribladores e fazem muitas jogadas de linha de fundo. São eles: o colombiano Luis Quiñones e o mexicano Javier Aquino, este último com passagem pelo futebol espanhol no Villarreal e no Rayo Vallecano. O trio de meio-campistas oferece muita combatividade e proteção à defesa, liderados pelo argentino Guido Pizarro. Também é importante destacar o experiente goleiro Nahuel Guzmán, atleta do clube desde 2014.

O maior desfalque do técnico brasileiro-mexicano Ricardo Ferretti, lenda do Tigres e que está na sua terceira passagem pela equipe, será a ausência do atacante Nico López, ex-Internacional e que testou positivou para a Covid-19.

A provável escalação será: Guzmán; Luis Rodríguez, Reyes, Meza e Salcedo; Rafael Carioca, Guido Pizarro e Dueñas; Quiñones, Aquino e Gignac.

Mundial de Clubes final
Provável escalação do Tigres para a final do Mundial de Clubes. | Foto: Lineup Builder.

O que esperar do jogo

Os europeus conquistam o Mundial de Clubes há 7 edições seguidas, a partir do triunfo do Corinthians em 2012 em cima do Chelsea. A tarefa do Tigres é bem complicada, já que pouquíssimas equipes conseguiram vencer esse excepcional Bayern de Munique, que vem embalado e mostrando um grande futebol há mais de um ano.

Porém, em uma final de jogo único, as margens para acontecer surpresas e situações inesperadas são muito maiores. Uma expulsão, um gol contra ou uma lesão no início da partida pode mudar toda a história do jogo de ambos os lados.

Portanto, é necessário entrar com muito foco e concentração, sem achar que o título já esta garantido ou que o sonho de ser campeão do mundo já está arruinado. A partida terá transmissão do SporTV para todo o Brasil. E aí? Quem será o campeão do Mundial de Clubes de 2020?


*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

_____________________
Por Victor Fardin – Fala! PUC

Tags mais acessadas