Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Personagens da DC Inspirados na Marvel

Personagens da DC Inspirados na Marvel

Por Isabella Codognoto – Fala! Cásper

 

  • Namor (1939) e Aquaman (1941)

Namor estreou em 1939 pelo escritor-desenhista Bill Everett, enquanto o Aquaman foi criado por Paul Norris e Mort Weisinger em 1941. Mesmo a Marvel tendo saído na frente dessa vez, a DC conseguiu aproveitar melhor o personagem, tornando o Aquaman um dos seus principais heróis. Os dois são meio humanos, filhos da princesa de Atlantis com um humano, mas não são irmãos e nem primos, e até seus superpoderes são muito parecidos: força além do comum, respira debaixo da água, nada em grandes velocidades, resistência a frio e a pressão e o sentido sonar. Pelo menos na aparência dos personagens pode-se notar a diferença.

[read more=”Leia Mais” less=””]

  • Vespa (1963) e Abelha (1976)

Neste caso, a maior semelhança entre as personagens fica na aparência, pois suas histórias são bem divergentes. Mas ambas são grandes representantes de lutas sociais. A Vespa, desenvolvida por Stan Lee e Jack Kirby, criada somente como uma esposa para o primeiro Homem Formiga, ganhou cada vez mais espaço, sendo hoje uma das principais personagens femininas dos Vingadores. Ela também enfrentou violência doméstica e os abusos do seu ex-marido. Seus poderes lhe foram dados através das experiências do marido e incluem redução de tamanho, voo, força, resistência, reflexos e velocidade sobre-humana.

Abelha, criada por Bob Rozakis, foi a primeira super-heroína negra da DC Comics; originalmente, ela não tinha poderes, suas habilidades foram obtidas através do seu traje de batalha de alta tecnologia, o qual aumenta sua força, resistência, velocidade e reflexos, além de atuar como armadura que lhe permite voar e criar dolorosas explosões elétricas, como picadas de abelha.

  • Deathlok (1974) e Ciborgue (1980)

Este é outro caso em que a DC, mesmo lançando seu personagem algum tempo depois da Marvel, conseguiu aproveitar o melhor do personagem e fazer mais sucesso. Deathlok é um anti-herói cibernético da Marvel, um soldado americano que em uma missão de guerra teve seu corpo severamente ferido em uma explosão. Nele foram colocados implantes metálicos, plásticos e eletrônicos para o projeto de um exército de super-soldados ciborgues; após atuar um tempo como agente do exército, ele recuperou sua memória e fugiu, agindo como agente independente.

Enquanto humano, Ciborgue era conhecido como Victor, um atleta de futebol americano que numa explosão perdeu grande parte de seu corpo, e graças ao seu pai cientista, conseguiu substituir a massa perdida por componentes robóticos, tornando-se, assim, meio robô. O personagem foi criado pelos roteiristas Marv Wolfman e George Pérez.

Ambos tiveram suas vidas mudadas por uma explosão e depois, novamente, passaram por transformações externas, o Ciborgue através de seu pai que queria o filho de volta após ter perdido a esposa e o Deathlok através do general que queria dar vida ao projeto do exército de ciborgues. Além dos personagens serem afro-descendentes, os dois possuem partes robóticas muito parecidas.

  • Monstro do Pântano (1971) e Homem-Coisa (1971)

O Homem-Coisa é uma criatura empática de olhos vermelhos, porte enorme, com resistência e durabilidade sobre-humanas e capacidade de produzir um agente químico corrosivo, mas antes da explosão em seu laboratório, ele era conhecido como o bioquímico Theodore Sallis, que desenvolvia um soro para que soldados estivessem protegidos numa possível guerra biológica; chegou às bancas em maio de 1971, desenvolvido por Stan Lee, Roy Thomas e Gerry Conway.

Já o Monstro do Pântano, criado por Len Wein e por Berni Wrightson, fez sua estreia em julho do mesmo ano; ele era originalmente Alec Holland, cientista que inventou uma fórmula para resolver os problemas de fome no mundo, um homem que foi transformado num monstro composto por matéria vegetal após uma explosão em seu laboratório que o encharcou com produtos químicos.

Uma curiosidade é que os co-criadores de cada editora, Len Wein e Gerry Conway, dividiram um apartamento e, enquanto ainda moravam juntos, provavelmente trabalharam na ideia do personagem, mas eles acabaram sendo contratados em diferentes empresas.

  • Homem Aranha (1962) e Aranha Negra (1976)

Homem Aranha é um dos personagens mais conhecidos da Marvel. Após ser picado uma aranha radioativa, Peter Parker ganha poderes como força, agilidade, velocidade e aderência física (capacidade de escalar e andar nas paredes) e também pode gerar teias através de dispositivos e armas, além do famoso sentido-aranha. O Aranha Negra, dotado de habilidades no combate corpo-a-corpo, aderência superficial e de agilidade, o personagem também conta com um equipamento em seu pulso que dispara uma substância pegajosa.

Como se não bastasse a semelhança nos poderes, seu traje possui uma grande aranha, mas dessa vez localizada em sua máscara. A diferença entre os personagens fica a cargo de seus passados, enquanto o Homem Aranha é um jovem cientista, retratado como um adolescente em muitas histórias, o Aranha Negra é um mercenário que utiliza de métodos inescrupulosos para assassinar criminosos e chefes do tráfico.

 [/read]

 

0 Comentários