Parar de roer unha: Tudo o que você precisa saber sobre esse hábito
Menu & Busca
Parar de roer unha: Tudo o que você precisa saber sobre esse hábito

Parar de roer unha: Tudo o que você precisa saber sobre esse hábito

Home > Lifestyle > Saúde > Parar de roer unha: Tudo o que você precisa saber sobre esse hábito

Parar de roer unha é um desejo de todos que sofrem com esse hábito, porém, como qualquer costume, é bem difícil de ser interrompido. É preciso parar, contudo, o quanto antes, porque esse hábito representa diversos riscos à sua saúde e, até mesmo, um certo preconceito pela sociedade. Mas como parar de roer unhas? O que posso fazer para acabar com esse hábito e manter uma unha saudável?

Pensando nisso, a seguir, explicaremos o que move o hábito de roer unha, quais os males que isso causa à saúde e como parar de roer unhas, seja por meio de tratamentos e, até mesmo, dicas para o dia a dia.

Saiba mais sobre para de roer unha, como parar de roer unhas, roer unhas faz mal e roer unhas parar.
Saiba mais sobre para de roer unha, como parar de roer unhas, roer unhas faz mal e roer unhas parar. | Foto: Science Photo Library.

Por que as pessoas roem unhas?

Existem milhares de motivos pelos quais as pessoas roem suas unhas. Roer unha, no entanto, está quase sempre relacionado à ansiedade. Segundo estudos, cerca de 30% da população mundial possui o hábito de roer as unhas, com idades distintas, e todos alegam roer por tédio, ansiedade, nervosismo, fome e, até mesmo, por relaxamento. Além disso, existem casos em que roer unha se torna uma compulsão e essa doença se chama onicofagia.

O que difere a onicofagia do simples hábito de roer unhas é que, quando a pessoa possui esse distúrbio, ela pode roer unhas das mãos ou dos pés e, em determinados graus, começar a roer a ponta dos próprios dedos. Em alguns casos, as pessoas adquirem machucados significativos nas mãos por conta disso.

Além de estar relacionado à ansiedade, um estudo feito pela revista científica Journal of Behaviour Therapy and Experimental Psychiatry, em 2015, indica que roer unhas pode estar ligado ao perfeccionismo de uma pessoa. Isso porque, segundo a pesquisa realizada, as pessoas perfeccionistas buscam por válvulas de escape para seu nervosismo e roer unhas pode ser uma delas.

Outros estudos, no entanto, apontam fatores genéticos para que as pessoas roam as próprias unhas. Se observar que alguém que rói unhas possui em sua família outras pessoas com o mesmo hábito e, no caso de gêmeos, ambos apresentam esse costume.

O que acontece com as pessoas que roem unhas?

O que acontece com as pessoas que roem unhas é que elas, na maioria das vezes, estão estressadas ou muito ansiosas. Por isso, utilizam esse hábito como uma forma de aliviar a tensão e se distrair de algum problema ou atividade que esteja fazendo. A questão, no entanto, é que esse hábito pode surgir por diversas razões e, por isso, é necessário compreender o que está levando essas pessoas a roer as unhas.

Além disso, o hábito de roer as unhas pode estar ligado a uma compulsão ou algum outro tipo de problema. Pessoas com determinados tipos de transtornos podem apresentar esse comportamento.

Roer unhas faz mal à saúde?

Além do por que as pessoas roem unhas, outra questão frequente é: roer unhas faz mal? E a resposta para essa dúvida é sim! Roer unhas faz muito mal à saúde, podendo afetar o corpo humano em diversos graus. O primeiro são os impactos na própria unha. De acordo com especialistas, o hábito de roer unha pode causar o encravamento das unhas, infecções nos dedos devido à proliferação de fungos e bactérias, a deformação dos dedos e da unha e, até mesmo, a perda de suas unhas.

O que ocorre é que ao roer a unha, uma pessoa está cortando ela de forma incorreta, o que pode encravar suas unhas. Além disso, roer a ponta dos dedos e as unhas pode causar infecções, uma vez que a pessoa machucar seus dedos e a umidade, devido à saliva nos dedos, aumenta a proliferação de agentes inflamatórios. Quando essas infecções não são tratadas corretamente, a pessoa pode perder as unhas.

O segundo malefício causado por esse hábito está ligado aos dentes. Roer unha pode prejudicar seus dentes, uma vez que é necessário colocar força para cortar as unhas. Isso causa o desgaste de seus dentes e, com o tempo, eles podem ficar quebradiços e bem frágeis, causando dores e outros tipos de incômodos.

Em terceiro, o hábito pode deixar a pessoa suscetível a doenças, isso porque uma vez que se leva os dedos sujos à boca, a chance de se contaminar com um vírus ou bactéria é maior. Por exemplo, a Covid-19 é um vírus, que se transmite por meio de seu contato com as mucosas, como a língua. Uma mão suja pode estar contaminada com o coronavírus e, ao ir à boca, pode infectar a pessoa.

Como parar de roer unhas?

Mas o questionamento que fica é: como parar de roer unhas? Aquelas velhas dicas como pimenta ou vinagre dos dedos são paliativos, mas a verdade é que apenas um tratamento sério funciona. A forma mais eficaz de parar de roer unhas é buscando ajuda médica, de preferência com um psicólogo, pois o hábito está ligado ao estresse e à ansiedade.

Segundo profissionais, um dos melhores métodos para parar de roer unha é a psicoterapia comportamental. Esse tratamento irá identificar o motivo pelo qual a pessoa rói a unha e indicar um hábito alternativo a esse, algo saudável e que não irá trazer consequências para sua saúde.

Além disso, aconselha-se começar esse tratamento ainda na infância, uma vez que o hábito surge justamente nessa época. Para as crianças, o costume de roer unhas também está ligado à ansiedade e ao nervosismo, por exemplo, muitos começam a roer unha na escola, em período de provas e trabalhos. Além disso, crianças hiperativas têm tendência a desenvolver esse hábito, uma vez que roer as unhas é uma válvula de escape para sua agitação.

Tratamentos alternativos para parar de roer unha

Além da consulta com um psicólogo, que é fundamental para parar de roer unha uma vez que o hábito está ligado à ansiedade, existem tratamentos alternativos. Ou seja, são aqueles que adotamos em nosso dia a dia, que ajudam a abandonar esse costume maléfico à saúde.

Atualmente, existem produtos e, até mesmo, misturas caseiras que impedem as pessoas de colocar os dedos na boca. Por exemplo, existem esmaltes que são amargos e, quando roemos unha, o sabor amargo chega a nossa boca e, consequentemente, paramos. Além desses produtos, é possível recorrer a pimenta, vinagre, alho e outros sabores desagradáveis. Isso serve como estímulo para que a pessoa não coloque os dedos na boca e acabe roendo suas unhas.

Outro método para parar de roer unhas é contar com a ajuda de amigos e familiares, que podem chamar sua atenção toda vez que estiver fazendo isso. Com o tempo, a própria pessoa passa a se policiar e não permitir que roa as unhas.

Por que não consigo parar de roer unha?

Parar de roer unha não é fácil, contudo, as pessoas esperam que esse hábito pare da noite para o dia. Além disso, esse é um costume que está relacionado ao nervosismo e à ansiedade, sendo mais difícil de ser abandonado. Então tenha em mente que não conseguir parar de roer as unhas pode estar ligado ao seu nível de ansiedade, que está maior do que deveria. Nesses casos, apenas ajuda profissional de psiquiatras poderá ajudar.

Outro ponto que pode estar te impedindo de parar de roer as unhas é a satisfação em fazer aquilo. Sim! Roer as unhas é satisfatório para muitos e cortar um hábito do tipo pode ser muito difícil. A psicoterapia comportamental poderá trabalhar nessa questão, ajudando a pessoa a buscar por outros hábitos satisfatórios e mais saudáveis.

Além disso, roer unhas pode estar relacionado a TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) e, nestes casos, apenas o tratamento da compulsão irá fazer com que a pessoa pare de roer unha. Por isso, é fundamental buscar ajuda especializada, para garantir que você esteja fazendo o tratamento correto.

Dicas para parar de roer unha

Além do tratamento com psicólogos e psiquiatras e os produtos caseiros e cosméticos que ajudam a parar de roer unhas, existem algumas dicas que podem ser adotadas. Isso porque roer unhas, no final, é uma questão também de hábito e esses hábitos podem, sim, ser mudados, basta paciência e dedicação.

Por isso, a primeira dica para parar de roer unha é cortar bem as unhas. Sim! Parece bobo, mas as unhas bem aparadas evitam que as pessoas as roam. Isso porque, quando estão mais curtas, são menos atrativas aos olhos, além de ser mais difícil de cortá-las com os dentes. Além disso, para aqueles que comem a ponta dos dedos ou as cutículas, manter estas bem cuidadas também dificulta o hábito.

A segunda dica para interromper esse hábito são os mordedores de borracha. Isso pode parecer um pouco absurdo, contudo, a pessoa que rói unhas busca por algo para morder e colocar na boca. Esses mordedores não fazem mal à saúde, ajudam a controlar a ansiedade e impedem que a pessoa roa as próprias unhas ou coma a ponta dos dedos. Eles devem ser usados principalmente durante períodos mais tediosos e em que a pessoa está sem fazer nada.

A terceira dica para parar de roer unhas é mascar chicletes sem açúcar. Mascar chiclete neste caso já ajuda, porém, açúcar em excesso pode causar sérios problemas, como cáries e ganho de peso. Por isso, priorize os chicletes sem açúcar. Eles servirão para os momentos de ansiedade, assim, toda vez que a pessoa estiver nervosa e pensar em roer as unhas, deve mascar um chiclete. Dessa forma, trocará um hábito pelo outro.

Agora que já sabe mais sobre parar de roer unha, aplique essas dicas em seu dia a dia e busque pelo melhor tratamento!

_________________________________________
Por Luiza Nascimento – Redação Fala!

Tags mais acessadas