O Rei Sol e o surgimento da Etiqueta na corte e no mundo
Menu & Busca
O Rei Sol e o surgimento da Etiqueta na corte e no mundo

O Rei Sol e o surgimento da Etiqueta na corte e no mundo

Home > Entretenimento > Cultura > O Rei Sol e o surgimento da Etiqueta na corte e no mundo

A etiqueta foi inventada no século XVI pelo rei Luís XIV da França, também conhecido como “Rei Sol”. Ela dizia a respeito da vestimenta, comportamento, tratamento de linguagem, alimentação, entre outros, como uma forma de distinção social. 

O nome refere-se à forma que esses novos valores eram transmitidos para a nobreza: conforme os convidados chegavam ao palácio para um jantar, eles recebiam etiquetas contendo regras de como deveriam se portar na mesa. Conforme o tempo, ficava claro que um indivíduo que seguisse as normas pertencia a um cargo de alto prestígio social.

As etiquetas criadas por Luís XIV, o Rei Sol

Mesa do jantar

Até o século XIII na Europa, não havia talheres e pratos individualizados na hora da janta. Dessa maneira totalmente anti-higiênica, era comum cuspir na cara de outra pessoa e se sujar. Mas Luís XIV acabou com isso: surgiram os talheres, pratos, guardanapos para cada indivíduo e a etiqueta explicitava como todos deveriam se comportar. 

Vestimentas

Através da moda, os grupos sociais também se distinguiam. A nobreza utilizava roupas com grandes exibições de luxo e de ouro, de uma forma que fossem os centros das atenções.

As vestimentas do século XVI na França eram parte da etiqueta criada por Luís XIV.
As vestimentas do século XVI na França eram parte da etiqueta criada por Luís XIV. | Foto: Reprodução.

Dança

Esse é um clássico dos filmes que retratam a nobreza do Antigo Regime. A dança, sem dúvidas, era uma forma de adestramento e de diferenciação dos nobres ao resto da sociedade. 

Cortesia 

A honra não era só um ato de ser respeitado, mas também de servir ao outro. Então, em alguns encontros, era comum ceder seu lugar ao convidado, oferecer cortesias e tomar a iniciativa da conversa. 

Cavalaria 

Em meio à valorização dos costumes do homem, a cavalaria ganha influência. Mas, nem todos conseguiam ser cavaleiros: antes, devia-se passar por todo um ritual de ordenação. A atividade era uma afirmação de lealdade ao rei e, caso alguém fosse excluído desta ordem, ficaria desonrado.  

Atos da cavalaria da época.
Atos da cavalaria da época. | Foto: Reprodução.

A variação do termo nos dias atuais 

As normas da etiqueta, atualmente, possuem um significado diferente  dos séculos XV ao XVIII. Hoje, elas são vistas como uma forma de respeito e educação, não como um marcador de distinção social. Além disso, todos grupos sociais podem ter essas etiquetas, sejam em organizações formais ou informais. 

__________________________________________________

Por Amanda Pavilião Paulilo – Fala! Cásper

Tags mais acessadas