O que é ser uma pessoa de gênero fluido?
Menu & Busca
O que é ser uma pessoa de gênero fluido?

O que é ser uma pessoa de gênero fluido?

Home > Entretenimento > Cultura > O que é ser uma pessoa de gênero fluido?

Você provavelmente já escutou falar sobre gênero fluido, não-binário ou neutro. Há não muito tempo, esses termos, e outros mais, vêm despertando polêmica e muitas dúvidas na Internet. Mas, ao invés de apenas reproduzir as “brincadeiras” e “memes” que estão espalhados pela web, que tal aprender um pouco mais sobre o tema? 

A primeira coisa que se faz necessário entender é que gênero não é o que aprendemos na aula de biologia. Essa é uma visão reducionista de uma questão tão ampla, visto que gênero é multifatorial, não depende somente do sexo biológico. Além dessa caraterística, há outros fatores como cromossomos, hormônios, cultura, anatomia, socialização, psicologia, entre outros. Portanto, uma pessoa pode ter nascido com a genitália atribuída á determinado sexo, mas se identificar com o oposto, com ambos, ou até mesmo nenhum. 

Outro ponto importante é que identidade de gênero e orientação sexual são completamente diferentes. O primeiro termo se refere à experiência de cada pessoa como indivíduo, como ela se identifica e se expressa em relação ao seu gênero, podendo ou não ser o qual lhe foi atribuído através de sua genitália de nascimento. Já a orientação sexual, fala sobre atração afetiva ou sexual que o indivíduo sente por pessoas do mesmo gênero, do oposto, de ambos ou nenhum. 

gênero fluido
O que é ser uma pessoa de gênero fluido? | Foto: Reprodução.

Gênero Fluído 

Dito isso, uma pessoa de gênero fluído (genderfluid, do inglês) é aquela que não se identifica com uma única identidade de gênero, podendo transitar entre vários, como o feminino, masculino e agênero, por exemplo. 

A fluidez, ou mudança entre os gêneros, pode acontecer em períodos de longo ou curto prazo, anos, dias, não há um tempo predeterminado, pois é diferente para cada indivíduo. Uma pessoa de gênero fluido pode até mesmo se identificar com mais de um gênero simultaneamente.  

Segundo o portal Orientando.org, a bandeira atribuída ao gênero fluido foi postada pela primeira vez em agosto de 2012, no blog genderfluidity, por JJ Poole, e as cores representam:  

  • Rosa: feminilidade
  • Branco: ausência de gênero 
  • Roxo: combinação de feminilidade e masculinidade 
  • Preta: todos os gêneros 
  • Azul: masculinidade

Pequeno dicionário

Para quem ainda tem algumas dúvidas sobre os termos utilizados, abaixo seguem algumas expressões que você precisa saber o significado:   

  • Agênero: Individuo que não se reconhece com nenhum dos gêneros;
  • Cisgênero: Pessoa que se identifica com o gênero que lhe foi atribuído ao nascer, relacionado à sua genitália biológica;
  • Trasgênero: Pessoa que não se identifica com o gênero que lhe foi atribuído ao nascer;
  • Não-binário: Pessoa que não se identifica com os polos binários de masculino e feminino, e muitas vezes nem mesmo quer uma definição.

_________________________________
Por Beatriz Martins de Oliveira – Fala! Mack

Tags mais acessadas