O que é o teste do polígrafo? Saiba como ele funciona
Menu & Busca
O que é o teste do polígrafo? Saiba como ele funciona

O que é o teste do polígrafo? Saiba como ele funciona

Home > Notícias > Urbano > O que é o teste do polígrafo? Saiba como ele funciona

Você sabe o que é um polígrafo? Segundo o dicionário, é aquele que escreve em vários idiomas, mas isso não é tudo. Há também o teste de polígrafo, que é um instrumento capaz de detectar alterações fisiológicas emitidas pelo organismo humano, quando este é submetido a estímulos, como perguntas, por exemplo.

Assim, realiza registros, a partir do examinado, que posteriormente serão analisados por um técnico especializado no aparelho. O uso do polígrafo, popularmente conhecido com “detector de mentiras”, é bastante recorrente em investigações de caráter policial.

polígrafo
Saiba o que é o teste do polígrafo e como ele funciona. | Foto: Reprodução.

Como funciona o teste de polígrafo?

Por possuir um sistema de aquisição de dados (SAD) e diferentes tipos de acessórios auxiliares, o polígrafo digital é capaz de ler e registrar alterações fisiológicas no organismo da pessoa examinada em pelo menos três principais canais: a respiração, a pressão sanguínea e o suor. Esses canais são medidos através de vários canais, como: o pneumógrafo, que mede e registra o canal de respiração;  o esfigmomanómetro, que mede e registra o canal da pressão sanguínea arterial; o galvanómetro, que mede e registra o canal da condutância galvânica da pele (suor); medidores de movimento (almofada de movimento); e o pletismógrafo. O polígrafo digital vem acoplado a um computador, que recebe, ordena e processa toda a informação enviada pelo sistema de aquisição de dados.

Mas como funciona um teste de polígrafo? O teste possui um procedimento específico com passos pré-definidos. Os três primeiros passos costumam ser realizados em uma única sessão, que tem duração média de 60 a 120 minutos. Durante a execução do teste, o examinado e o técnico ficam sozinhos e os resultados, que são entregues somente após as análises do gráfico, podem ser os seguintes:

  • Engano não detectado: no qual o examinado respondeu com veracidade às perguntas que lhes foram feitas, considerado, portanto, aprovado no teste de polígrafo;
  • Engano detecta: que é quando o examinado não foi verdadeiro em suas respostas, considerado então reprovado no teste;
  • Inconclusivo: que ocorre quando os dados são insuficientes para poder chegar a uma conclusão sobre o assunto averiguado.

E você, toparia fazer o teste do polígrafo?

__________________________
Por Tassia Malena Leal Costa – Fala! Universidade Federal do Amapá

Tags mais acessadas