sexta-feira, 21 junho, 24
HomeFinançasMarmitas Congeladas geram economia de até R$368 por mês. Entenda

Marmitas Congeladas geram economia de até R$368 por mês. Entenda

Na correria do dia a dia, encontrar maneiras de economizar tempo e dinheiro se torna uma prioridade para muitas pessoas. Uma alternativa que vem ganhando espaço é a preparação de marmitas congeladas

Além da praticidade das marmitas caseiras, essa estratégia pode gerar uma economia significativa no orçamento mensal. Segundo uma pesquisa da Sodexo, o vale-refeição de um trabalhador dura cerca de 11 dias. Isso significa que quem trabalha de segunda a sexta, precisa tirar dinheiro do próprio bolso para bancar as refeições dos dias restantes. 

Com o aumento dos valores dos benefícios em 2023, muitos imaginaram que conseguiriam suprir os custos das refeições em restaurantes. Entretanto, mesmo com o reajuste, a quantia ainda não é suficiente para cobrir o custo médio das refeições. 

Em grandes centros urbanos como São Paulo, por exemplo, o preço médio de uma refeição em um fast food gira em torno de 35 reais. No caso de refeições feitas em casa, é possível gastar a partir de 19 reais, de acordo com o estudo. 

Por isso, se pensarmos em uma pessoa que trabalha de segunda a sexta sem vale-refeição, considerando que um mês tem em média 22 a 23 dias úteis, podemos perceber que ela vai gastar cerca de E$ 805 reais se comer em fast-foods e R$ 437 se optar por uma refeição caseira. 

Com isso, podemos chegar a uma economia de R$ 368. No entanto, vale destacar que os valores podem variar de acordo com cada região. Mas fica evidente que opções caseiras, como as marmitas congeladas, são boas apostas para economizar.

marmitas congeladas
Marmitas congeladas podem te ajudar a economizar. | Foto: Freepik.

Benefícios das marmitas congeladas

Confira:

  • Economia financeira: Como mencionado anteriormente, preparar suas próprias marmitas congeladas pode resultar em uma economia significativa de dinheiro, especialmente se comparado aos custos de comer fora regularmente. Ao comprar ingredientes em quantidade e preparar as refeições em casa, você pode economizar uma quantia considerável ao longo do mês.
  • Controle da qualidade e dos ingredientes: Ao preparar suas próprias marmitas, você tem controle total sobre os ingredientes utilizados. Isso significa que você pode escolher alimentos frescos e de alta qualidade, além de evitar aditivos e conservantes que são comuns em muitos alimentos industrializados. Você também pode adaptar as receitas de acordo com suas preferências dietéticas e restrições alimentares.
  • Saúde e nutrição: Comer em casa permite que você tenha uma dieta mais equilibrada e saudável. Você pode incluir uma variedade de alimentos nutritivos em suas refeições, como frutas, legumes, proteínas magras e grãos integrais, sem depender das opções limitadas oferecidas em restaurantes e lanchonetes. Além disso, ao controlar as porções e os ingredientes, você pode evitar excessos e manter um consumo adequado de calorias e nutrientes.
  • Praticidade e conveniência: Ter marmitas congeladas prontas no freezer oferece uma solução rápida e conveniente para as refeições do dia a dia. Não é preciso se preocupar em cozinhar todos os dias ou gastar tempo na preparação das refeições. Basta retirar a marmita do freezer, aquecer e sua refeição estará pronta em minutos. Isso é especialmente útil para pessoas ocupadas que têm pouco tempo para cozinhar durante a semana.
  • Redução do desperdício de alimentos: Ao preparar marmitas congeladas, você pode aproveitar ao máximo os ingredientes, evitando que alimentos frescos estraguem antes de serem consumidos. Além disso, ao preparar as refeições em porções individuais, você pode evitar o desperdício de comida ao longo do tempo, garantindo que apenas a quantidade necessária seja consumida a cada refeição.
  • Variedade e personalização: Preparar suas próprias marmitas permite que você experimente uma variedade de receitas e sabores. Você pode personalizar suas refeições de acordo com suas preferências pessoais, criar combinações únicas de ingredientes e explorar novas técnicas culinárias. Isso torna as refeições mais interessantes e agradáveis, evitando a monotonia que pode surgir ao comer fora regularmente.

Como calcular a economia mensal

O cálculo da economia mensal gerada pelas marmitas congeladas pode ser feito de maneira simples. Primeiro, é preciso determinar o custo médio de uma refeição fora de casa, levando em consideração o valor médio gasto por refeição e o número de dias úteis no mês. 

Em seguida, basta multiplicar esse valor pela quantidade de dias úteis no mês para obter o custo mensal das refeições fora de casa. 

Por fim, subtraia esse valor do custo mensal das marmitas congeladas, levando em conta o preço dos ingredientes e o consumo de energia elétrica para o congelamento.

Como escolher o cardápio das marmitas congeladas?

Escolher o cardápio das marmitas congeladas pode parecer uma tarefa desafiadora, mas com um pouco de planejamento e criatividade, é possível criar refeições deliciosas e balanceadas. 

Aqui estão algumas dicas para ajudar na escolha do cardápio:

a) Diversidade de ingredientes

Procure incluir uma variedade de alimentos em suas marmitas congeladas para garantir uma dieta equilibrada. Isso inclui proteínas magras (como frango, peixe ou tofu), carboidratos complexos (como arroz integral, quinoa ou batata-doce) e uma variedade de vegetais coloridos. 

Experimente diferentes combinações de ingredientes para manter suas refeições interessantes e saborosas.

b) Consideração das preferências e restrições alimentares

Leve em consideração suas preferências pessoais e eventuais restrições alimentares ao escolher o cardápio das marmitas congeladas. Se você tem alguma alergia alimentar ou segue uma dieta específica (como vegetarianismo ou dieta sem glúten), certifique-se de adaptar suas refeições de acordo com suas necessidades. 

Existem inúmeras opções de receitas e substituições disponíveis para atender a uma variedade de preferências e restrições alimentares.

c) Planejamento semanal

Faça um planejamento semanal das suas refeições, incluindo café da manhã, almoço, jantar e lanches. Isso ajuda a garantir que você tenha todos os ingredientes necessários à mão e evita desperdícios. 

Considere preparar um cardápio variado para cada dia da semana, alternando entre diferentes tipos de proteínas, vegetais e grãos. Isso também ajuda a evitar a monotonia e torna as refeições mais interessantes.

Como conservar as marmitas congeladas?

Conservar corretamente as marmitas congeladas é essencial para garantir a qualidade e a segurança dos alimentos. Para isso, aqui estão algumas dicas para conservar suas marmitas congeladas de maneira adequada:

a) Resfriamento rápido

Após preparar suas marmitas, deixe-as esfriar completamente antes de colocá-las no freezer. Isso ajuda a evitar a formação de cristais de gelo e preserva a textura e o sabor dos alimentos. 

Utilize recipientes próprios para freezer ou sacos plásticos próprios para congelamento, garantindo que estejam bem vedados para evitar a entrada de ar.

b) Armazenamento adequado

Armazene as marmitas congeladas no freezer em uma temperatura de -18°C ou mais fria. Certifique-se de deixar espaço suficiente entre os recipientes para permitir a circulação de ar frio. 

Evite colocar alimentos quentes diretamente no freezer, pois isso pode elevar a temperatura interna e comprometer a qualidade dos alimentos já congelados.

c) Identificação e rotulagem

Rotule cada marmita congelada com o nome do prato e a data de preparo. Isso facilita a identificação e evita confusões na hora de escolher o que comer. Além disso, siga a prática do “primeiro a entrar, primeiro a sair”, consumindo primeiro as marmitas mais antigas para evitar o desperdício.

d) Descongelamento seguro

Para descongelar as marmitas congeladas, transfira-as para a geladeira e deixe-as descongelar lentamente durante a noite. Evite descongelar alimentos em temperatura ambiente, pois isso pode aumentar o risco de contaminação por bactérias. 

Uma vez descongeladas, as marmitas podem ser aquecidas no micro-ondas, fogão ou forno conforme necessário.

Prazo de validade

Respeite o prazo de validade das marmitas congeladas e consuma-as dentro do período recomendado para garantir a qualidade e a segurança dos alimentos. Embora muitos alimentos possam ser armazenados no freezer por vários meses, é importante verificar as recomendações específicas de cada receita e ingredientes utilizados.

As marmitas congeladas são uma excelente opção para quem busca economizar tempo e dinheiro no dia a dia. Além de proporcionar uma economia significativa no orçamento mensal, elas também oferecem diversos benefícios em termos de qualidade, saúde, praticidade e redução do desperdício de alimentos. 

Portanto, vale a pena considerar essa alternativa na hora de planejar suas refeições e organizar suas finanças. Com um pouco de planejamento e criatividade, é possível desfrutar de refeições deliciosas e nutritivas. 

E para saber mais sobre o mundo das marmitas congeladas, conheça o site da Camille Ferronato!

ARTIGOS RECOMENDADOS