quinta-feira, 18 abril, 24
HomeCulturaRelembre 25 livros infantojuvenis que marcaram os anos 2000

Relembre 25 livros infantojuvenis que marcaram os anos 2000

Os anos 2000 foram uma época mágica para muitos de nós, especialmente quando se tratava de livros infantojuvenis. Quem não se lembra das horas intermináveis passadas com o nariz enfiado em um livro, explorando mundos imaginários, fazendo amizade com personagens cativantes e embarcando em aventuras emocionantes? Os livros daquela década não eram apenas páginas impressas, eram portais que nos transportavam para realidades paralelas e nos permitiam sonhar sem limites.

Neste artigo, convidamos você a fazer uma viagem no tempo e relembrar 25 dos mais marcantes livros infantojuvenis.

livros infantojuvenis dos anos 2000
Veja 25 livros infantojuvenis que marcaram os anos 2000 | Foto: Unsplash.

25 histórias inesquecíveis: livros infantojuvenis dos anos 2000

Os anos 2000 foram uma década memorável para a literatura infantojuvenil, tendo em vista que nesse período, muitos autores talentosos criaram histórias cativantes que não só entretiveram jovens leitores, mas também deixaram uma marca duradoura em suas vidas. 

A seguir, convidamos você a explorar conosco 25 livros infantojuvenis que marcaram os anos 2000. Prepare-se para uma jornada repleta de aventuras, magia e personagens memoráveis.

1. “Harry Potter” de J.K. Rowling (1997 – 2007)

Começamos nossa lista com a série que cativou o mundo todo. A saga de Harry Potter, com sua magia, escola de bruxaria e batalhas épicas, deixou uma geração de leitores completamente encantada. Os anos 2000 testemunharam o lançamento de vários volumes dessa série épica.

2. “As Crônicas de Nárnia” de C.S. Lewis (1950 – 1956)

Embora originalmente publicadas nas décadas de 1950, as “Crônicas de Nárnia” encontraram um novo público nos anos 2000, graças às adaptações cinematográficas. A popularidade atingida pelos filmes fez com que as aventuras de Lucy, Edmund, Susan e Peter no mundo mágico de Nárnia fossem eternizadas no inventário popular.

3. “Percy Jackson e os Olimpianos” de Rick Riordan (2005 – 2009)

Rick Riordan trouxe a mitologia grega para o século XXI com sua série “Percy Jackson”. Percy e seus amigos meio-sangues enfrentaram deuses e monstros em aventuras repletas de humor e ação, conquistando os corações de muitos e fazendo com que, mesmo anos após o cancelamento da sequência de filmes, a Disney trouxesse vida nova para a saga por meio de um seriado.

4. “Crepúsculo” de Stephenie Meyer (2005 – 2008)

Os fãs de vampiros e romance sobrenatural se apaixonaram por “Crepúsculo”. A história de Bella Swan e Edward Cullen desencadeou uma onda de livros e filmes de vampiros que dominou os anos 2000.

5. “Jogos Vorazes” de Suzanne Collins (2008 – 2010)

A trilogia “Jogos Vorazes” trouxe a distopia para o centro das atenções literárias. A narrativa que retrata a história da protagonista Katniss Everdeen e sua luta contra um governo opressor cativaram leitores de todas as idades.

6. Percy Jackson e o Ladrão de Raios” de Rick Riordan (2005)

Rick Riordan levou a mitologia grega para as mãos dos jovens leitores com a série “Percy Jackson e os Olimpianos”. “O Ladrão de Raios” é o primeiro livro dessa série e nos apresenta a Percy Jackson, um semideus que descobre seu destino incrível. Com humor inteligente e uma trama emocionante, Riordan conquistou uma legião de fãs ávidos por mais aventuras de Percy e seus amigos.

7. Coraline” de Neil Gaiman (2002)

“Coraline” é um conto sombrio e mágico que cativou jovens e adultos através da história de uma menina que descobre uma porta para um mundo paralelo. Esta obra icônica trouxe um toque de estranheza aos anos 2000.

8. “O Diário de um Banana” de Jeff Kinney (2007 – presente)

A série “Diário de um Banana” se tornou um sucesso instantâneo entre os jovens leitores. Greg Heffley e suas desventuras escolares são uma fonte inesgotável de risadas.

9. “A Menina que Roubava Livros” de Markus Zusak (2005)

Essa história comovente se passa na Alemanha nazista e segue a vida de Liesel Meminger, uma garota que rouba livros para encontrar conforto durante tempos difíceis.

10. “A Bússola de Ouro” de Philip Pullman (1995 – 2000)

Embora a série “Fronteiras do Universo” tenha começado nos anos 90, a adaptação cinematográfica em 2007 trouxe Lyra Belacqua e seu “daemon” Pantalaimon para os holofotes da literatura infantojuvenil.

11. “O Mistério do Cinco Estrelas” de Marcos Rey (1981)

Publicado originalmente em 1981, este livro de mistério e aventura continuou a cativar jovens leitores nos anos 2000. Um grupo de crianças se envolve em um enigma em um hotel misterioso.

12. “Os Contos de Beedle, o Bardo” de J.K. Rowling (2008)

Este livro de contos infantis mágicos pertence ao universo de Harry Potter e oferece uma visão mais profunda da mitologia da série.

13. “Pollyanna” de Eleanor H. Porter (1913)

Embora seja uma obra clássica do século XX, a história otimista de Pollyanna encontrou seu caminho para as estantes de muitos jovens leitores nos anos 2000.

14. “O Menino do Pijama Listrado” de John Boyne (2006)

Este romance histórico traz a história de Bruno, um garoto alemão que faz amizade com Shmuel, um prisioneiro judeu em um campo de concentração. A narrativa comovente levanta questões profundas sobre amizade e preconceito.

15. “Os Miseráveis” de Victor Hugo (1862)

Clássico da literatura, “Os Miseráveis” conquistou uma nova geração de leitores graças à adaptação musical e ao filme. A história de Jean Valjean e sua busca por redenção é uma jornada emocionante que faz jus ao status da obra.

16. “O Pequeno Príncipe” de Antoine de Saint-Exupéry (1943)

Uma obra atemporal, “O Pequeno Príncipe” cativou muitos até os anos 2000 e ainda continua a encantar leitores de todas as idades com sua exploração de temas profundos, embora contados de forma simples e poética.

17. “O Mágico de Oz” (1900) – L. Frank Baum

Embora tenha sido publicado muito antes dos anos 2000, “O Mágico de Oz” é uma história intemporal que cativou leitores jovens e velhos ao longo das décadas. A jornada de Dorothy através da Terra de Oz continua a inspirar a imaginação e a transmitir mensagens de amizade, coragem e lar.

18. “O Senhor dos Anéis” de J.R.R. Tolkien (1954 – 1955)

Sendo esta mais uma obra publicada na década de 50, a trilogia “O Senhor dos Anéis” experimentou um renascimento na popularidade nos anos 2000 devido às suas adaptações cinematográficas. A história de Frodo Baggins e sua busca para destruir o Anel é uma epopeia inesquecível que impactou tanto jovens quanto adultos.

19. “Diário de Uma Paixão” de Nicholas Sparks (1996)

A obra-prima de Nicholas Sparks, “Diário de Uma Paixão,” encontrou seu lugar nos corações de leitores adolescentes nos anos 2000. A história de Noah e Allie é um testemunho atemporal de amor e perseverança.

20. “Marley & Eu” de John Grogan (2005)

Este comovente relato sobre o vínculo entre um homem e seu cachorro emocionou os leitores jovens e aqueles que amam histórias de animais de estimação.

21. “O Castelo Animado” de Diana Wynne Jones (1986)

Este romance de fantasia se tornou popular após a adaptação de animação de Hayao Miyazaki em 2004, conquistando uma nova geração de fãs.

22. “O Menino Maluquinho” de Ziraldo (1980)

“O Menino Maluquinho” é uma série de quadrinhos que conquistou um lugar especial no coração de inúmeras crianças, servindo como fonte de inspiração para peças teatrais, filmes, óperas e séries de televisão, consolidando seu status duradouro na cultura infantojuvenil.

23. “A Cabana” de William P. Young (2007)

Apesar de lidar com questões complexas de fé e tragédia, “A Cabana” atraiu leitores jovens e adultos com sua mensagem de esperança e cura.

24. “A Saga do Tigre” de Colleen Houck (2010)

Esta série de romance e aventura apresentou aos leitores uma história épica de amor e mitologia indiana.

25. “O Escaravelho do Diabo” de Lucia Machado de Almeida (1974)

Este é um renomado clássico do gênero juvenil, repleto de mistério e suspense. Sua estreia ocorreu em 1953, quando foi publicado pela primeira vez na revista “O Cruzeiro”. Em 1974, “O Escaravelho do Diabo” consolidou seu sucesso ao ser relançado pela célebre coleção “Série Vaga-Lume”.

Mesmo à medida que nos distanciamos dos anos 2000, esses livros infantojuvenis continuam a desempenhar um papel significativo em nossas vidas, lembrando-nos da importância da leitura e da magia das histórias bem contadas.

_____________________
Por Daniel Joaquim – Redação Fala!

ARTIGOS RECOMENDADOS