Livros de suspense brasileiros com mistérios e elementos culturais
Menu & Busca
Livros de suspense brasileiros com mistérios e elementos culturais

Livros de suspense brasileiros com mistérios e elementos culturais

Home > Entretenimento > Cultura > Livros de suspense brasileiros com mistérios e elementos culturais

A literatura brasileira é umas das mais ricas do mundo e por isso é muito comum que várias obras sejam citadas quando fala-se sobre tal assunto. A exemplo disso, temos autores de referência que permanecem vivos na memória dos leitores pela riqueza de seus livros, como é o caso de Machado de Assis, Clarisse Lispector, Carlos Drummond de Andrade, entre outros. Entretanto, com um mercado literário muito mais ativo e globalizado, muitas obras nacionais caem no esquecimento em razão do preenchimento das estantes de livrarias com livros internacionais. Consequentemente, as ficções brasileiras são desvalorizadas, e pouco conhecidas pelo próprio público nacional.

No caso das obras de suspense, poucas são as que são pedidas como leitura obrigatória nas escolas de ensino fundamental e médio, e apesar de muito qualificadas por seus desfechos horripilantes e misteriosos, cheios de brasilidade, que causam emoções fortes nos leitores, essas não são valorizadas e conhecidas dentro do território nacional, como é o caso de obras do mesmo gênero, porém, estrangeiras.

livros
Livros de suspense brasileiros com mistérios e elementos culturais. | Foto: Reprodução.

Cinco livros brasileiros de suspense

Com tanta riqueza em detalhes nas ficções de suspense nacionais é impossível que as deixemos de fora de nosso repertorio literário, então, aqui estão algumas de nossas obras nacionais cheias de mistério para aqueles que se interessam por uma boa escrita que causa arrepios e anseio por respostas do início ao fim. 

1. O segredo da casa amarela

Escrito por Giselda Laporta Nicolelis, a narrativa traz as aventuras de cinco amigos curiosos e espertos, que ao notar movimentações estranhas em uma casa próxima ao campinho em que sempre se reúnem para jogar futebol – um grande casarão amarelo cheio de homens carrancudos e vizinhos que não dão as caras pela vila –, são instigados por aquele clima sóbrio. Movidos pela curiosidade, os garotos desafiam a eles mesmos para desvendar a áurea um tanto bizarra que paira sobre a casa e seus moradores, e para isso não medem esforços, mesmo que seja necessário que se infiltrem lá dentro. Apesar de destinada ao público infantojuvenil, o livro possui um enredo fantástico que certamente cativará aos leitores de todas as faixas etárias. 

2. O mistério do hotel 5 estrelas

O suspense de Marcos Rey é uma narrativa excelente para adolescentes e jovens adultos, onde todo o enredo se inicia com a descoberta de um cadáver no quarto vinte e dois do Emperor Park Hotel por Léo, protagonista do livro e mensageiro do hotel de luxo. Instigado pelo que foi visto, o garoto começa a investigar a fundo o ocorrido, já que o assassino se torna a maior incógnita da obra. Contudo, a decisão do mensageiro pode lhe garantir dias de muita adrenalina e suspense, e custar seu envolvimento com pessoas perigosas, que não medirão esforços para que o mistério do hotel cinco estrelas permaneça como um crime sem solução. 

3. Anjo da morte 

Em mais uma aventura, os “Karas” de Pedro Bandeira são assombrados pelo misterioso assassinato de um professor de teatro judeu, apesar de amedrontados, os cinco adolescentes se envolvem de cabeça no mistério, obtendo como principal suspeito um ex-oficial nazista, conhecido como Anjo da Morte. Com o passar da trama, os meninos percebem que seu maior inimigo não é o ex-oficial, mas sim, uma organização inteira que planeja a retomada de valores nazistas. Diante disso, os “Karas” cravam uma árdua batalha para impedir que o plano seja executado.

4. A noite tem mil olhos

De autoria de Alec Silva, a trama – fruto da fusão dos gêneros suspense e sertãopunk – se passa em um futuro não tão distante, onde o Nordeste brasileiro se separa do resto do Brasil e as terras são novamente dominadas por coronéis. A narrativa traz a visão de dois amigos que discutem sobre a situação atual da região, que apesar de abraçar o novo, vive um constante retrocesso. Inesperadamente, o passado retorna para assombrá-los e decisões impulsivas podem causar consequências tenebrosas. De forma muito atual, o autor trás as crendices nordestinas, além de tratar algumas questões sobre o preconceito cultural e linguístico sofrido pelo povo da região.

5. Colega de quarto

O suspense psicológico de Victor Bonini é perfeito para quem procura um bom livro investigativo e até mesmo um pouco aterrorizante. Tudo começa quando Eric se muda para São Paulo para que possa concluir a faculdade, porém em seu apartamento o garoto começa a perceber movimentações estranhas, e o surgimento de novos sapatos e objetos de higiene pessoal. Na tentativa de contatar as autoridades sobre a presença de um colega de quarto indesejado em seu apartamento, um pequeno acidente ocorre, impedindo-o de pedir ajuda. E é a partir daí que o invasor da casa passa a ser não somente um colega de quarto indesejado, mas também o principal suspeito de um crime, ainda que sem identidade.

É necessário ressaltar, afinal, a importância de consumir obras brasileiras, muitos dos nossos autores nacionais são escritores independentes, o que requer um gasto do dinheiro próprio, além da grande quantidade de tempo demandado no processo criativo. Ademais, o consumo da nova literatura brasileira agrega na identidade cultural dentro e fora do país, resgatando um caráter secular de enredos emocionantes 100% nacionais.

​______________________________
Por Lívia Maria dos Santos – Fala! Cásper

Tags mais acessadas