Jornada do Herói em reality shows
Menu & Busca
Jornada do Herói em reality shows

Jornada do Herói em reality shows

Home > Entretenimento > Jornada do Herói em reality shows

A Jornada do Herói, também conhecida como Monomito, é um conceito desenvolvido e aprofundado pelo antropólogo Joseph Campbell em seu livro “The Hero with a Thousand Faces” (“O Herói de mil Faces”), lançado em 1949. Esse conceito pode ser aplicado em diferentes produtos audiovisuais, inclusive em reality shows como o BBB.

Jornada do Herói em reality shows: Juliette Freire BBB 21
Jornada do Herói em reality shows: Juliette Freire BBB 21. | Foto: Reprodução/Globo.

O que é a Jornada do Herói?

A Jornada do Herói consiste em uma jornada cíclica muito utilizada em mitos, lendas, romances e narrativas em geral. Inicialmente, Campbell listou 17 etapas para descrever a trajetória de um herói, porém o roteirista hollywoodiano Christopher Vogler condensou em 12 passos que foram escritos no livro “The Writer’s Journey: Mythic Structure For Writers” (“A Jornada do Escritor: Estrutura Mítica para Roteiristas”).

Essa estrutura atualizada pelo roteirista foi muito utilizada em sucessos cinematográficos como: A Pequena Sereia; Mulan; Harry Potter; e na trilogia de Matrix.

A teoria que descreve o Monomito consiste em 12 etapas, veja quais são elas:

1. Mundo Comum: o herói começa a jornada em seu mundo comum;

2. Chamado à Aventura: ele recebe um chamado para se aventurar no desconhecido;

3. Recusa do Chamado: por inseguranças ou obrigações, de início ele recusa seu chamado e se mantém em seu mundo comum;

4. Encontro com o Mentor: ao se comprometer com a missão, o herói recebe ajuda sobrenatural ou de um mentor;

5. Travessia do Primeiro Limiar: momento em que o herói cruza uma fronteira para entrar em um novo mundo;

6. Provas, Aliados e Inimigos: série de testes e provações que o herói passa para se transformar;

7. Aproximação da Caverna Secreta: uma espécie de pausa para o herói repensar seus valores e questionamentos;

8. A Provação: ele passa por um teste físico de extrema dificuldade, enfrenta um grande inimigo ou passa por um conflito interior mortal;

9. A Recompensa: simboliza a transformação do herói em algo maior e melhor após seus desafios;

10. O Caminho de Volta: momento de seu retorno ao mundo comum, serve para reflexão dos aprendizados durante a missão;

11. A Ressurreição: confronto inesperado marcado pela volta do inimigo, o herói põe um ponto final nessa luta e salva todos em seu mundo comum;

12. O Retorno com o Elixir: reconhecimento de sua trajetória, o elixir simboliza o sucesso, a conquista e as mudanças sofridas durante o percurso.

Quantas histórias não se parecem com essa narrada em etapas? A Jornada do Herói é tão presente em narrativas comuns que fica fácil identificar e comparar tal percurso dentro de reality shows populares, como o Big Brother Brasil (BBB).

Analisando algumas edições do BBB, é possível perceber que a trajetória do escolhido pelo público para levar o tão sonhado prêmio se encaixa na teoria de Joseph Campbell.

BBB 21 Juliette Freire: Jornada do Herói da favorita

Na última edição do BBB, a participante Juliette venceu e foi praticamente unânime o favoritismo da paraibana. Em poucas semanas, o público já havia se apegado e decretado torcida até o final do reality. E assim foi feito, os telespectadores votaram e a definiram campeã com 90,15% dos votos.

Juliette Freire BBB 21
Juliette Freire BBB 21. | Foto: Reprodução/Globo.

O discurso final de Thiago Leifert contou um pouco da trajetória da vencedora. Com base em sua fala e momentos da participante no programa é possível fazer essa relação com a teoria do Monomito.

Em seu discurso o apresentador disse:

Indecisa, sem noção, possessiva, frágil, caça likes, bloqueada, oportunista. Fora o que falaram nas suas costas, que eu não vou nem te contar. Monte seu pódio sem a Juliette. Tentaram de tudo, Ju. Tentaram te deixar triste, te deixar louca e te deixar má. Você tinha razão. E dá vontade de até, nesse momento tô fazendo um carinho em vocês, de fazer um discurso vingativo. Mas eu não quero te fazer chorar. Isso não é você. Fazer um discurso vingativo e falar: ‘Olha só, eu tô na final’. Não é a sua cara, você é o exato oposto disso tudo. […] Você não mudava sua opinião e você não caía na armadilha de atacar um alvo fácil, como fizeram com você. Quando você tinha todas as razões do mundo aqui dentro para se tornar má, você continuou bondosa. Alegre, sã e boa. Foi o que você fez. […] Mas a verdade também, Ju, é que você nunca esteve sozinha, em nenhum momento. E você nunca mais vai se sentir sozinha na sua vida. Isso quem tá dizendo não sou eu, são os quase 24 milhões de seguidores que você tem nas redes sociais. Juliette, você é um fenômeno. No palco montado pelo público, você nunca saiu do primeiro lugar. Você é a campeã do BBB 21, Juliette!

Thiago Leifert, em discurso de vitória de Juliette.

Em diversos momentos durante a edição do programa, outros participantes duvidaram do potencial de Juliette, mas ela sempre acreditou que era capaz e provou a todos que conseguiria ganhar o reality.

Seguindo as etapas da Jornada do Herói é possível projetar a trajetória da campeã, provando que o público se comove com esse clichê de filme, onde temos como protagonista um personagem que faz o bem, é bondoso e que apesar dos desafios não se deixa abater.

Os passos que mais se aproximam da história da advogada são listados a seguir:

1. Mundo Comum: Campina Grande, PB, seria o mundo comum de Juliette, onde inicia sua história;

2. Chamado à Aventura: seu chamado é a confirmação de sua participação no BBB 21 (mundo desconhecido);

3. Travessia do Primeiro Limiar: a entrada no programa, a paraibana possui um primeiro contato com o desconhecido e os outros participantes;

4. Provas, Aliados e Inimigos: principal etapa na história da advogada, pois se trata do desenrolar do reality. Essa etapa representa as provas, os “jogos da discórdia”, as afinidades, as desavenças e conflitos dentro da casa etc.;

5. Aproximação da Caverna Secreta: segundo Campbell, nesta etapa o personagem se fecha e possui um momento de reflexão, porém, dentro do programa, Juliette teve vários momentos que a fizeram pensar em suas lições, aliados, conduta etc. A questão é que a etapa foi encaixada em pequenas reflexões diárias da participante;

6. A Provação: pode ser interpretada dentro do BBB como o “paredão”. Nesse caso, a paraibana encarou apenas 2 em toda a temporada;

7. A Recompensa: ao final do reality show, Juliette foi recompensada com um prêmio de 1,5 milhão de reais;

8. O Caminho de Volta: esta etapa representa a volta da campeã à realidade, a quebra do confinamento;

9. A Ressurreição: descrita como um confronto inesperado, podemos comparar ao bombardeamento de informação que a ex-bbb recebeu quando acabou o programa. A grande quantidade de seguidores em suas redes sociais, fãs desesperados nas ruas pedindo fotos, os diversos convites de parceria em músicas com artistas já famosos, entrevistas, reportagens e muito mais. Após esse período, Juliette comentou que se assustou bastante com a fama e que em vários momentos se sentiu perdida e sem saber como reagir;

10. O Retorno com o Elixir: o elixir é basicamente tudo que a campeã conquistou, nele se encaixam os aprendizados, o crescimento pessoal, os amigos, a carreira como cantora, seu próprio documentário e o prêmio em dinheiro que foram conquistas depois de seus desafios dentro do confinamento.

O Big Brother Brasil mudou completamente a vida de Juliette Freire, assim como na teoria do Monomito a jornada muda o personagem o transformando em um herói. A história se repete de maneiras diferentes, mas no final o personagem e a paraibana conquistam o público da mesma forma.

Na atual edição do reality show será que teremos mais um campeão ou campeã que se assemelha à Jornada do Herói? Ou teremos uma história diferente sendo contada? Mesmo com a ascensão de Arthur Aguiar, ainda não é possível saber ao certo, tem pouco mais de um mês para acompanhar o decorrer desta edição e ver quem levará o prêmio final do BBB 22.

__________________________________________

Por Bianca Helena Rebernisek Fernandes – Fala! São Judas

Tags mais acessadas