Menu & Busca
Intercâmbio: potencialize o inglês na vida adulta

Intercâmbio: potencialize o inglês na vida adulta


Para quem acredita que não é possível aprender inglês com nenhuma metodologia, o intercâmbio pode mudar esse pensamento; Thiago Catti, sócio-fundador da The Six International Studies, é um exemplo de quem fez intercâmbio após os 30 anos, aprendeu outro idioma e, hoje, leva essa oportunidade para outras pessoas por meio de sua agência.

Ter um inglês fluente no currículo já passou a ser visto como obrigação pelos recrutadores, mas mesmo assim ainda existem muitas pessoas que não sabem o idioma. Para se ter uma ideia, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Vagas.com, apenas 36% dos brasileiros que afirmam ter a fluência no inglês, são os que realmente têm. Depois da vida adulta, por serem mais velhos, muitas pessoas acham que o “timing” de estudar já passou ou que fazer inglês é coisa de jovem e, por pensarem assim, acabam perdendo muitas oportunidades de crescimento na carreira. 

Segundo Thiago Catti, sócio-fundador da The Six International Studies, agência de intercâmbio para o Canadá, além de não praticarem a língua aqui no Brasil, as pessoas mais velhas também deixam de lado a possibilidade de investir em um intercâmbio após os 30 anos. “Viagens mais extensas para outros países, geralmente, são procuradas por adolescentes que estão no Ensino Médio ou até mesmo por jovens que cursam Ensino Superior, e o índice, infelizmente, diminui na vida adulta”, explica.

Ainda de acordo com ele, por medo, os adultos perdem a oportunidade de sair um pouco daquela rotina de trabalho para conhecer novas culturas, aprender novos idiomas e consequentemente agregar novas experiências e aprendizados para a vida pessoal/ profissional. “Estava muito estressado com meu trabalho e, com 31 anos, fui passar seis meses no Canadá, onde pude aprender inglês e mudar de carreira. Hoje, levo a oportunidade para que as pessoas, assim como eu, consigam aprender outra língua”, revela. 

Confira abaixo as principais dicas de como o intercâmbio pode potencializar o seu inglês:

Rápido aprendizado:

O intercâmbio é uma experiência única na vida de qualquer pessoa, não importa a idade, pois além de proporcionar diversos conhecimentos e uma maior agilidade para encarar os problemas, funciona muito bem para quem quer praticar o inglês. O mundo inteiro fala inglês e, por mais que você pague um curso da língua no Brasil, dificilmente terá acesso a uma conversação em um mesmo nível que um intercâmbio proporciona, quando se passa uma temporada em outro país.

Já viu aquela criança americana que fala inglês fluente com cinco anos de idade? Esse é o raciocínio, ir para outro país, aprender o idioma e conviver com pessoas que só falam em inglês, isso é o que vai te trazer fluência na língua.

Salienta.

Cinestesia – Todos os sentidos em contato com o inglês: 

Tato, paladar, olfato, visão e audição, durante o intercâmbio, todos os sentidos estão em contato com outro idioma.

Desde o momento em que acordamos até a hora que vamos dormir, ficamos inseridos em outra cultura e encontramos essa outra língua em todos os lugares – seja em diálogos que ouvimos nas ruas, leituras de placas no trânsito ou mesmo de rótulos de embalagens. Além disso, quando vamos em algum restaurante, em outro país, temos que nos comunicar com o garçom em inglês. E é por tudo isso que o aprendizado se torna cada dia mais intenso e significativo, passar uma temporada fora traz muitas novas experiências de vida. 

Revela.

Fim ao medo de se expressar:

Para aqueles que ficam inseguros ao falar ou mesmo escrever em inglês, durante o intercâmbio, essa questão será resolvida.

Você não terá escolha, quanto mais contato temos com diferentes pessoas em outra língua, mais nos identificamos e nos aproximamos daquela prática. Nesse período, a língua fará tanto parte da rotina, que você se sentirá mais seguro na hora de se comunicar ou mesmo escrever em outro idioma. Quando voltar para o Brasil, vai poder realizar uma call em inglês sem nenhum problema. Vale o investimento de tempo e dinheiro.

Finaliza Thiago Catti. 
Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas