Você investe? Saiba como se preparar para conquistar sua independência financeira!
Menu & Busca
Independência financeira e investimentos: saiba conquistá-los

Independência financeira e investimentos: saiba conquistá-los

Home > Notícias > Mercado > Independência financeira e investimentos: saiba conquistá-los

“Mãe, me dê dinheiro para eu comprar uma roupa”. “Pai, quero sair com meus amigos, me arruma um dinheiro?”. É um sonho bem comum entre os jovens, por exemplo: ter seu próprio dinheiro para fazer o que bem entender. Ser independente! 

Porém, a independência financeira vai muito além de ter dinheiro e pode ter diferentes significados.

Ela pode representar para alguns a liberdade de comprar e fazer o que quer, como viajar ou ter uma casa. Para outros, ela significa a oportunidade de trabalhar, pagar as contas e ainda ter dinheiro no final do mês para se divertir. Mas será que a independência financeira se resume a isso?

Preparamos um guia completo para você ficar por dentro do universo financeiro e saber como investir. Confira!

independência financeira
Investimentos auxiliam na independência financeira. I Foto: Freepik.

O que é independência financeira?

Normalmente, independência financeira significa que seus rendimentos são suficientes para que você não precise de um trabalho para pagar suas despesas e se manter. Nesse caso, o termo está associado a uma vida com base na aposentadoria ou em outra renda fruto de investimentos que você fez. 

Algumas pessoas, mesmo já atingindo sua independência financeira, continuam trabalhando. A diferença é que, em situações como essa, a pessoa pode escolher estar empregada no ramo que deseja a fim de aumentar e expandir cada vez mais seu patrimônio. 

Um dos maiores erros é ver a independência financeira como algo inalcançável ou privilégio somente de pessoas com maior poder aquisitivo. O segredo está na maneira como você lida com seu dinheiro. Por isso, um planejamento financeiro é essencial. 

Dentro da independência financeira, existem alguns estágios. É indicado conhecê-los para que você possa saber em qual nível você se encontra e como se preparar para alcançar o próximo. Entre os quatro estágios estão:

Liberdade de curto prazo

Corresponde à ideia de ter um dinheiro, que pode ser visto até como uma reserva, suficiente para ficar alguns meses se mantendo sem precisar trabalhar.

Independência de contas

Os boletos são o pesadelo da vida adulta! Então, para conseguir sua independência financeira, é necessário passar por esse segundo estágio e eliminar as dívidas da sua vida. Uma dica para se tornar uma pessoa livre de contas é procurar pagar tudo à vista ou, pelo menos, se livrar de juros altos. 

Liberdade de emprego

Esse terceiro estágio representa uma evolução do segundo. As pessoas que se encontram nele podem perder sua principal fonte de renda, mas ainda assim conseguirão ter estabilidade por um bom tempo.Isso é possível por possuírem uma segunda fonte de renda.

Esse nível é importante para todas as pessoas, já que a vida é sempre uma caixinha de surpresas e qualquer imprevisto, bom ou ruim, pode acontecer. Portanto, ter uma renda extra pode ajudar bastante o orçamento.

Independência total

O quarto e último estágio corresponde àquelas pessoas que conseguem viver somente com o que rende de seus investimentos. Nesse caso, o retorno das aplicações supera os gastos. 

Mesmo já estando nesse estágio, é importante continuar fazendo investimentos inteligentes para manter o estilo de vida. 

Independência financeira X Liberdade financeira

Para você que quer conquistar sua independência financeira, é importante entender, também, que esse termo é diferente de liberdade financeira. Apesar de serem parecidos, os conceitos são diferentes e muitas pessoas confundem. 

Independência financeira

Uma pessoa atinge sua independência financeira quando ela acumula e investe valores durante a sua vida que são suficientes para suprir todas as suas necessidades, sem que ela precise de um trabalho ou outra fonte de renda. 

Liberdade financeira

Já a liberdade financeira é mais simples. Ela está associada à liberdade que o indivíduo alcança financeiramente. Ou seja, ele é livre para tomar decisões envolvendo seu capital, sempre lembrando de suas próprias metas e objetivos. Seja para adquirir sua liberdade financeira, seja para ter independência financeira, os investimentos são um aliado importante.   

O que são investimentos?

Investimentos são qualquer gasto ou aplicação de recursos em que há expectativa de ganho ou retorno futuramente. Diante disso, muitas coisas podem ser encaradas como investimento: tempo, energia, estudos, dinheiro.

Nesse caso, estamos falando, especificamente, sobre aplicação de dinheiro. A ideia é aplicar esse capital para que no futuro ele produza retorno financeiro, ou seja, se multiplique. 

Para você que deseja investir, as opções são variadas: tesouro direto, renda fixa, renda variável, ações de empresas, fundo de investimento.

Não existe desculpa, basta apenas se preparar e escolher uma das maneiras para aplicar corretamente seu dinheiro e ele lhe render retorno financeiro. E estudar sempre!

Como conquistar independência financeira?

Não dá para ser independente financeiramente da noite para o dia. É um processo que requer tempo e, principalmente, planejamento. 

Como falamos, o investimento pode ser visto como o segredo das pessoas que adquirem independência financeira. Porém, antes mesmo de investir, são necessários alguns passos práticos que estão interligados. Confira.

investimentos
Pequenos hábitos ajudam a ter independência financeira. | Foto: Freepik.

Organização

Ser organizado facilita muito a vida das pessoas em todas as áreas, sobretudo, a financeira. A organização envolve o processo por completo desde a elaboração de planilhas com entradas e saídas até a percepção da necessidade de mudanças sutis em sua rotina para economizar.

Essa organização nada mais é do que um planejamento financeiro que irá te auxiliar a entender e lidar melhor com sua renda. 

Muitas pessoas podem achar que estão endividadas porque não recebem muito em seu salário. Mas, na verdade, na maioria dos casos, elas não sabem administrar corretamente seu dinheiro. 

Compromissos

Além de ter organização com os orçamentos, é preciso manter compromissos com o que você se propõe a fazer. Não adianta ter em uma planilha a sua renda, seus gastos e seus investimentos, se você não utiliza esses dados para, de fato, fazer dinheiro render. 

Por isso, faça o compromisso com você mesmo de anotar sempre tudo que você lucrar e gastar, de estipular um teto de gastos mensal, de ter uma reserva de emergência e de investir seu dinheiro.

Novo estilo de vida

Firmar compromissos nada mais é do que estipular um novo modelo de vida. Um modelo que irá te ajudar na sua rotina de controle das entradas e saídas financeiras e, futuramente, renderá frutos na sua independência financeira. 

No início pode ser um pouco mais complicado para você se adaptar a esse novo estilo, mas com o tempo você se acostuma e essa rotina mais planejada e compromissada financeiramente irá fluir de forma natural. 

Curso na Comunidade Educação do Futuro

Para te auxiliar nesse processo de mudança de vida financeira, o Curso Preparando Você Para Investir, ministrado pelo professor Dado Guimarães, mestre em Finanças e Gestão, te dará uma planilha exclusiva contendo informações teóricas e práticas que irão te ajudar a lidar com seu dinheiro. 

O curso tem duração de 45 horas divididas em 6 capítulos. O objetivo é te capacitar para utilizar planilha personalizada para gestão do seu dinheiro, aprofundar os conhecimentos na área financeira, melhorar o entendimento a respeito dos cursos de custos de vida e ainda te preparar para investir com segurança. 

Todos esses ensinamentos e benefícios podem ser adquiridos por somente R$ 85,00 através da promoção exclusiva com o Fala Universidades! Não perca a chance de aprender como gerir seu dinheiro e conquistar sua independência financeira. Clique aqui para conferir.

______________________________
Por Maria Eduarda Vieira – Fala! UFF

Tags mais acessadas