Grande Prêmio da França é cancelado devido à pandemia de coronavírus
Menu & Busca
Grande Prêmio da França é cancelado devido à pandemia de coronavírus

Grande Prêmio da França é cancelado devido à pandemia de coronavírus

Home > Lifestyle > Saúde > Grande Prêmio da França é cancelado devido à pandemia de coronavírus

O Grande Prêmio da França é o mais antigo da história do automobilismo mundial. A primeira edição foi feita em 1906, em Le Mans. É um dos eventos de maior destaque da Fórmula 1 e teve sua edição de 2020 cancelada em decorrência da pandemia do coronavírus. A edição estava prevista para o dia 28 de junho.

eventos cancelados devido ao coronavírus
Grande Prêmio da França é cancelado em meio ao coronavírus. | Foto: Reprodução.

A França é o quarto país com o maior número de mortes e o quinto com o maior número de infectados, o que exige uma atenção redobrada. O governo francês tomou a decisão de cancelar todos os grandes eventos marcados até o final de junho. Provavelmente, a edição só acontecerá no ano que vem. 

O governo teme que a propagação do vírus seja maior, uma vez que a situação do país se encontra em estado crítico. O presidente Emmanuel Macron determinou esse lockdown dos eventos como uma ação abrangente para todo o país, como uma tentativa maior de impedir a disseminação, cancelando todos eventos de grande escala que estavam marcados até junho.

Já é o terceiro evento de fórmula 1 que foi cancelado. O prêmios da Austrália e de Mônaco tiveram o mesmo destino. O GP da Áustria é a maior aposta para dar a largada ao evento. O futuro ainda é muito duvidoso, uma vez que este depende diretamente da situação em que a propagação da doença se encontra.

A Inglaterra tomou uma decisão diferente no que se diz respeito ao modo que suas competições automobilísticas irão ocorrer. As competições não contarão com a presença do público no autódromo.

“Levando em conta a evolução da situação ligada à disseminação do vírus Covid-19, o GP da França toma nota das decisões anunciadas pelo governo francês, o que torna impossível a manutenção do nosso evento”, disse o diretor da etapa francesa, Éric Boullier. “Os olhos do GP da França – Le Castellet estão voltados para o verão de 2021”, completou.

Provavelmente, os próximos eventos de F1 seguirão o mesmo padrão implantado na Ingalterra, com suas arquibancadas vazias, o que fará com que as corridas entrem para a história como as primeiras realizadas com portões fechados em mais de 70 anos.

______________________________________
Por Izabella Giannola – Fala! Cásper

Tags mais acessadas