sexta-feira, 14 junho, 24
HomeUrbanoDia Mundial de Enfretamento ao Tráfico de Pessoas

Dia Mundial de Enfretamento ao Tráfico de Pessoas

No dia 30 de julho, é comemorado o Dia Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, uma data que busca conscientizar e mobilizar ações para combater este tipo de crime. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o crime de tráfico de pessoas movimenta em torno de US$ 32 bilhões por ano em todo o mundo. Desse total, 85% provém da prática criminosa da exploração sexual.

O tráfico de pessoas é uma das principais formas ​​de violação dos direitos humanos, explorando a vulnerabilidade e a necessidade das vítimas, privando-as de liberdade e autonomia. A ONU define o crime como: “o recrutamento, o transporte, a transferência, o alojamento ou o acolhimento de pessoas, recorrendo-se à ameaça ou ao uso de força ou a outras formas de coação, ao rapto, à fraude, ao engano, ao abuso de autoridade ou à situação de vulnerabilidade ou à entrega ou aceitação de pagamentos ou benefícios para obter o consentimento de uma pessoa que tenha autoridade sobre outra para fins de exploração”.

Em 2016, no Brasil, a Lei nº 13.344 entrou em rigor, sendo a primeira específica sobre tráfico humano. A criação da lei visa à prevenção e repressão do tráfico humano, além de oferecer medidas de apoio às vítimas.

Dia Mundial de Enfretamento ao Tráfico de Pessoas
Dia Mundial de Enfretamento ao Tráfico de Pessoas. | Foto: Pixabay

Qual a importância do Dia Mundial do Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas?

O Dia Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas é uma data de extrema importância, uma vez que tem como objetivo aumentar a conscientização sobre a gravidade do tráfico humano e mobilizar esforços globais para combater esse crime.

O Dia Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas é uma oportunidade para aumentar a conscientização pública e social sobre a existência desse crime, assim como seus efeitos na vida das vítimas.

A data também nos convida a refletir sobre a necessidade de proteger as vítimas do tráfico humano. Ao conscientizar a população sobre os sinais de alerta e a importância de denunciar atividades suspeitas, aumenta-se as chances de segurança e apoia-se essas pessoas em situação de vulnerabilidade.

O dia também chama atenção para a necessidade de cooperação entre os países, compartilhamento de informações e coordenação de ações para combater efetivamente esse problema global.

Por fim, o tráfico de pessoas é frequentemente acompanhado de corrupção e impunidade, o que dificulta a obediência dos culpados. O Dia Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas serve como uma forma de levantar debates sobre a importância de fortalecer o sistema judicial e garantir que os traficantes sejam conduzidos à justiça.

Em caso de Tráfico Humano, não deixe de denunciar! Para isso, Disque 100 ou 180.

_________________________________________
Por Giovana Rodrigues – Redação Fala!

ARTIGOS RECOMENDADOS