Crítica: Tudo sobre ‘Chaaama’, novo EP de Zé Neto e Cristiano
Menu & Busca
Crítica: Tudo sobre ‘Chaaama’, novo EP de Zé Neto e Cristiano

Crítica: Tudo sobre ‘Chaaama’, novo EP de Zé Neto e Cristiano

Home > Entretenimento > Música > Crítica: Tudo sobre ‘Chaaama’, novo EP de Zé Neto e Cristiano

Recentemente, a dupla lançou novo projeto musical que conta com seis faixas e novidades

​Zé Neto e Cristiano lançam EP "Chaaama".
​Zé Neto e Cristiano lançam EP “Chaaama”. | Foto: Reprodução/Instagram.

Após o lançamento de Voz e Violão, no final de 2020, Zé Neto e Cristiano chegaram com seu novo projeto musical: Chaaama. O EP foi lançado no dia 26 de agosto e as músicas já vem fazendo sucesso entre os fãs de sertanejo.

Antes disso, a dupla já havia disponibilizado a primeira faixa, Você Beberia ou Não Beberia?, que já acumula mais de 30 milhões de visualizações no YouTube. A música também foi lançada nas rádios de todo o país, alavancando o sucesso do primeiro hit do projeto. A partir de então, ficou a expectativa para descobrir como seriam as outras músicas do projeto.

Confira, a seguir, uma análise crítica sobre o EP Chaaama e suas músicas.

Saiba tudo sobre o EP Chaaama, da dupla sertaneja Zé Neto e Cristiano

Vamo Tomar Uma, Ela e Ela, Beijou Meia Cidade, Minha Vontade de Te Amar  e Chaaama, foram as músicas lançadas no final de agosto. A dupla apostou, para algumas faixas, em um diferencial que tem feito sucesso no Brasil: o piseiro. O estilo cresceu muito no País nos últimos anos e trouxe para o topo das paradas musicais, alguns artistas como Barões da Pisadinha, Zé Vaqueiro e João Gomes. Visto isso, muitos nomes do sertanejo estão investindo neste ritmo e fazendo parcerias com os cantores deste meio. ​

Por outro lado, o EP também conta com “modas mais choradas”, retomando o estilo dos primeiros álbuns da dupla, que a fez alavancar e conquistar sucesso nacional. Ela e Ela já conta com 20 milhões de visualizações no YouTube em apenas duas semanas e é o exemplo perfeito, trazendo uma temática triste com uma melodia e um ritmo muito bons e que acompanham e cumprem exatamente o intuito da música: fazer quem está ouvindo sofrer. A qualidade da música chega a agradar até quem não sofre. E isso se deve a um fator.

A produção musical de Chaaama, feita por Wanderley Adorno, é tão boa, que além de trazer um pouco do que fez Zé Neto e Cristiano serem uma das melhores duplas do país, engloba diferentes estilos que acabam se completando. A sofrência e o piseiro casaram perfeitamente no projeto e fizeram com que ele não ficasse “massante”. Quando você ouve uma faixa de um tipo, na sequência já está ouvindo uma do outro e assim sucessivamente o EP, vai passando de forma leve (sem contar as músicas onde os dois estilos estão juntos, como emMinha Vontade de Te Amar).

A dupla sertaneja é uma das mais populares no Brasil.
A dupla sertaneja é uma das mais populares no Brasil. | Foto: Allysson Moreno.

Algumas pessoas podem não achar a ideia tão interessante, afinal são mais fãs de um estilo do que de outro. Mas a estratégia utilizada é importante. Ela serve justamente para a dupla conseguir atingir o maior número de ouvintes possível, pois se antes quem gosta do piseiro sentia sua falta nos projetos da dupla, agora eles não possuem mais essa preocupação. Para Zé Neto e Cristiano, isso significa juntar as milhões de visualizações que um gênero musical dá, com as milhões do outro.

As outras faixas do EP também são de alto nível. A música que dá nome ao álbum, traz a palavra que virou uma das marcas da dupla, estampando até bonés. O ritmo da faixa ainda é dançante e descontraído, assim comoVamo Tomar Uma. Já Beijou Meia Cidadeaposta na sofrência, com uma boa letra. O projeto tem uma qualidade impecável, possivelmente superando os projetos mais recentes da dupla. A junção dos estilos musicais pode ter sido o fator essencial e, por isso, o EP “Chaaama”, já é um grande sucesso. E para quem já ficou com um gostinho de “quero mais”, a notícia é boa. Mais músicas ainda serão lançadas. A versão final do álbum será disponibilizada no dia 07 de outubro.

_____________________________________________________

Por Gustavo Matheus Caetano – Fala! Cásper

Tags mais acessadas