Conheça o projeto "Reconstruindo a história da E.E de São Paulo"
Menu & Busca
Conheça o projeto “Reconstruindo a história da E.E de São Paulo”

Conheça o projeto “Reconstruindo a história da E.E de São Paulo”

Home > Universidades > Conheça o projeto “Reconstruindo a história da E.E de São Paulo”

A Escola Estadual de São Paulo foi fundada em 1894 e está localizada na região do Brás. Devido à sua história, os professores da instituição juntamente com os alunos desenvolveram o projeto “Reconstruindo a história da E.E de São Paulo“, que posteriormente se tornaria eletiva.

Maria Tereza, professora de sociologia, trabalha há 10 anos na escola e Thiago Zamith, professor de educação física, trabalha há 3 anos, sendo ambos responsáveis pela eletiva.

O primeiro Gymnásio do Estado de São Paulo, como era chamado, tinha grande referência nacional de ensino e era bem disputado, com exames para ingresso na instituição. Teve grandes alunos ilustres, como os jornalistas Cásper Líbero e Vladimir Herzog e líderes políticos.

Reconstruindo a história da E.E de São Paulo
Escola Estadual de São Paulo. | Foto: Fábio Scheibe/Reprodução.

Projeto “Reconstruindo a história da E.E de São Paulo: de onde surgiu a ideia?

Imagine trabalhar em uma escola centenária com histórico cultural e ver que tudo aquilo não deve ser esquecido. A indagação de preservar o patrimônio da instituição surgiu de Maria Tereza junto com a equipe escolar.

O museu já existia, mas devido a uma reforma que a unidade teve que passar, a ideia não foi passada mais para frente. Logo, o Fábio (ex-diretor) entrou em contato com o CRE Mario Covas para ver no que poderiam ajudar.

Disse.

A visita à exposição na Efape, em 2019, com um extenso acervo histórico deu um “norte” para a equipe escolar. A visita foi guiada pela diretora do Núcleo de Memória e Acervo Histórico/CRE/Efape, que apresentou e compartilhou conhecimentos e técnicas, como fazer um inventário, como acondicionar objetos com materiais específicos para a preservação.

Posteriormente, a absorção de aprendizados fez com que o projeto fosse desenvolvido e logo se tornasse uma Eletiva (disciplina que faz parte do Programa Ensino Integral).

educação
Os professores Thiago Zamith e Maria Tereza. | Foto: Isabella Martinez.

Alunos envolvidos

A eletiva teve o início em 2019 e, segundo Thiago Zamith, “estava tudo planejado, tínhamos um longo trabalho além do que estamos conseguindo fazer no momento”. A pandemia da Covid-19 impediu o maior desenvolvimento do museu, sendo as visitas presenciais e o trabalho para preservar livros antigos, quadros e outros artefatos.

As alunas Beatriz Souza, Renata e Lohaine Santos participam ativamente da eletiva, fazendo pesquisas sobre história da escola, de alunos que já estudaram na instituição, de documentos antigos guardados na instituição e na atualização do Instagram (@reeconstruindoeesp) com o objetivo de atrair visitantes a conhecer a história da escola e, por enquanto, visitar o museu digital.

Escola Estadual de São Paulo
Página da Eletiva no Instagram. | Foto: Reprodução.

Dificuldades na pandemia

Em nossa conversa, Beatriz e Renata falaram que “a maior dificuldade é de conciliar nossas tarefas da eletiva, as tarefas on-line e a ansiedade para o Enem [Exame Nacional do Ensino Médio]”, já que a carga horária das escolas integrais não é a mesma que a de ensino regular, sendo assim, são duas horas a mais. Porém, devido à pandemia, esse cenário mudou um pouco.

projeto Reconstruindo a história da E.E de São Paulo
Visão panorâmica da Escola Estadual São Paulo. | Foto: Thinglink.

No museu virtual, o visitante tem autonomia de escolher quais locais visitará; tendo o ginásio de esportes da escola, as salas temáticas, o próprio museu (físico), que também tem uma foto panorâmica com todos os objetos e quadros presentes nele e com descrições, tanto escritas quanto orais, e, por fim, o teatro.

É uma correria, mas gratificante fazer parte do crescimento desse projeto. Nós estamos fazendo o que podemos para continuar rolando [em referência ao museu virtual].

Disseram.
o que é o projeto Reconstruindo a história da E.E de São Paulo
Lohaine, Renata e Beatriz; ao fundo, quadros dos ex-diretores. | Foto: Isabella Martinez.

____________________________
Por Isabella Martinez – Fala! Anhembi

Tags mais acessadas