Confira cinco filmes vencedores do Festival de Cannes
Menu & Busca
Confira cinco filmes vencedores do Festival de Cannes

Confira cinco filmes vencedores do Festival de Cannes

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Confira cinco filmes vencedores do Festival de Cannes

Cinco filmes ganhadores do Festival de Cannes para assistir em casa

Não há nada melhor para continuar com o isolamento social do que assistir a filmes em casa. Principalmente se forem filmes de qualidade. E por que não filmes premiados? Confira, a seguir, uma listinha de cinco filmes ganhadores do Festival de Cannes disponíveis nas plataformas de streaming!

Antes, uma breve introdução sobre o festival. Criado em 1946, o famoso Festival de Cannes é um dos festivais de cinema mais prestigiados do mundo. Ele acontece todos os anos no mês de maio, no balneário de Cannes, na Riviera Francesa, e seu principal prêmio, a Palma de Ouro, recompensa o melhor filme.

Filmes vencedores do Festival de Cannes para assistir

Parasita, 2019

Parasita
Parasita. | Foto: Reprodução.

É claro que Parasita estaria em primeiro lugar nesta lista. O longa sul-coreano de Bong Joon-Ho se tornou o primeiro filme da história a ganhar tanto a Palma de Ouro de Cannes, em 2019, quanto quatro dos principais prêmios da Academia, em 2020!

Fazendo uma crítica à discrepante realidade socioeconômica sul-coreana, o filme nos mostra as famílias Kim, que vive na pobreza, e Park, os milionários. Os Kim fazem de tudo para sobrevivere dia após dia, até que o filho Ki-woo é contratado para trabalhar como professor de inglês para os Park. Ele, então, começa a manipular os ricos e a inserir sua família dentro da mansão dos Park, dando empregos à irmã e aos pais.

Assim, os Kim passam a parasitar os Park, se aproveitando de sua riqueza, e acabam descobrindo segredos tenebrosos.

Título Original: Gisaengchung
Duração: 131 minutos
Direção: Bong Joon-ho
Ano: 2019
Origem: Coreia do Sul
Disponível: Apple TV, Google Play, YouTube, Now, Vivo Play, Looke, Oi Play, Telecine Play e Sky Play

Azul é a Cor Mais Quente, 2013

Azul é a Cor Mais Quente
Azul é a Cor Mais Quente. | Foto: Reprodução.

O longa de Abdellatif Kechiche levou a Palma de Ouro em 2013! A adolescente Adèle, enquanto enfrenta os dilemas do amadurecimento, tem sua vida virada de ponta cabeça ao conhecer uma moça de cabelos azuis. As duas acabam se apaixonando e vivem um romance que ajuda Adèle a descobrir sua sexualidade. E a gostar de frutos do mar.

Título Original: La Vie d’Adèle
Duração: 180 minutos
Direção: Abdellatif Kechiche
Ano: 2013
Origem: França, Bélgica, Espanha
Disponível: Telecine Play, Google Play, Now e YouTube

Divinas, 2016

festival de cannes
Divinas. | Foto: Reprodução.

Vencedor do Câmera de Ouro de 2016, esse foi um filme que acabou por dividir a crítica francesa. Gravado nos subúrbios parisienses e com atores imigrantes (além de protagonizado por duas mulheres), Divinas traz representatividade e emoção.

Em um gueto carente, onde o tráfico local tem grande destaque, as duas amigas Dounia e Maimouna querem enriquecer e decidem virar traficantes, se espelhando na maior drugdealer local, Rebecca. As duas meninas têm que aprender a se virar em um universo predominantemente masculino e agressivo, o fazem sem perder sua essência.

Título Original: Divines
Duração: 105 minutos
Direção: Houda Benyamina
Ano: 2016
Origem: França, Qatar
Disponível: Netflix

Assunto de Família, 2018

vencedores festival de cannes
Assunto de Família. | Foto: Reprodução.

O longa de Hirokazu Kore-eda, vencedor da Palma de Ouro de 2018, gira em torno de uma menina órfã adotada por uma família de ladrões, que é encontrada por Osamu, o patriarca, e seu filho logo após um assalto. Por serem pobres, eles hesitam em adotá-la, mas quando descobrem as dificuldades pelas quais a menina passa, a esposa de Osamu concorda em cuidar dela, que acaba por colaborar nos furtos.

Ao longo do filme, vamos descobrindo que a família não é composta de laços de sangue, mas unida pelo amor e a necessidade. Mas tudo muda quando as crianças são pegas por um comerciante enquanto roubavam.

Título Original: Manbiki Kazoku
Duração: 121 minutos
Direção: Hirokazu Kore-eda
Ano: 2018
Origem: Japão
Disponível: Apple TV, Netflix, Now, Sky Play, Vivo Play, Google Play e YouTube

Atlantique, 2019

filmes festival de cannes
Atlantique. | Foto: Reprodução.

Vencedor do Grand Prix de 2019, Atlantique conta a história da jovem Ada, que vive um amor proibido com Souleimane, um pedreiro que trabalha na construção de um prédio à beira-mar no Senegal. Eles não podem ficar juntos porque Ada foi prometida a outro homem, muito rico. E ela fica desesperada ao saber que, certa noite, os trabalhadores do prédio (e o seu amado Souleimane) desaparecem no mar. Eles retornam do além, possuindo os corpos de suas amadas, com sede de justiça.

Título Original: Atlantique
Duração: 106 minutos
Direção: Mati Diop
Ano: 2019
Origem: França, Senegal, Bélgica
Disponível: Netflix

_____________________________
Por Giulia Michelotto – Fala! UFPR

Tags mais acessadas