Confira as cinco cidades mais frias do Brasil para visitar
Menu & Busca
Confira as cinco cidades mais frias do Brasil para visitar

Confira as cinco cidades mais frias do Brasil para visitar

Home > Lifestyle > Viagens > Confira as cinco cidades mais frias do Brasil para visitar

A temporada de inverno está aberta. Dessa forma, o Brasil está repleto de cenários que podem ser a viagem ideal para você que curte esse período. Então, se você é um amante do frio e de ir para lugares em que o termômetro fica abaixo de 0°, essa lista é para você!

Cidades mais frias do Brasil

Urupema (SC) – cidade mais fria do Brasil

É considerada a cidade mais fria do país. Nesse sentido, já registrou temperaturas que atingiram -10°C, e está entre as regiões onde mais cai neve em Santa Catarina, e no Brasil.

A cidade é pequena, possui 2.482 habitantes, e o centro é composto de apenas duas avenidas principais. Ainda assim, é um dos destinos favoritos dos amantes por frio. Entre as principais atrações da cidade está: Morro das Antenas e Cascata que congela.

  • Área: 353 km²
  • População: 2.482 habitantes
  • Altitude: 1.425 m
Urupema
Turistas escalando a cascata congelada em Urupema, região de Santa Catarina. | Foto: Divulgação/Prefeitura de Urupema.

Bom Jardim da Serra (SC)

Com uma população de quase 5 mil habitantes, é conhecida como “capital das águas” e possui paisagens muito bonitas. Em 2017, registrou a sua menor temperatura: -7,4°C.

Porém, a cidade oferece muito mais atrativos do que apenas o frio. Assim, a região possui 35 cachoeiras e 14 nascentes, além de diversos cânions, vales e montanhas.

  • Área: 936 km²
  • População: 4.772 habitantes
  • Altitude: 1.250 m
Bom Jardim da Serra
Mirante da Serra do Rio do Rastro em Bom Jardim da Serra. | Foto: Reprodução/Valéria Martins/G1.

São José dos Ausentes (RS)

Apresenta um dos climas mais frios do Rio Grande do Sul. Dessa forma, o município possui geadas constantes e neve (normalmente fraca) em alguns dias do inverno. Assim, as temperaturas podem atingir -4°C.

Entre as atrações, está o Pico do Monte Negro, ponto mais alto do Rio Grande do Sul, com 1.403 metros. A região também é famosa por ter servido de cenário para novelas, séries e minisséries, como A Casa das Sete Mulheres (TV Globo) e O Profeta (TV Globo).

Área: 1.173 km²
População: 3.290 habitantes
Altitude: 1.200 m

frio Brasil
Ao fundo, próximo à borda do cânion, o Pico do Monte Negro, região mais alta do Rio Grande do Sul. | Foto: Reprodução/ Antônio Valiente/ Agencia RBS.

São Joaquim (SC)

A cidade que fica próxima de Bom Jardim da Serra, possui um pouco mais de 27 mil habitantes e está entre as regiões mais frias do Brasil. Em 2018, registrou temperatura de -2,7°C.

Para os apreciadores de um bom vinho, a Vinícola Villa Francioni, localizada na região, oferece visitas guiadas de 1h30 com degustações de vinho. O valor pode variar entre R$ 65 e R$ 90.

Área: 1.888 km²
População: 27.139 habitantes
Altitude: 1.360 m

cidades mais frias do Brasil
Amanhecer de inverno em São Joaquim. | Foto: Reprodução/Mycchel Hudsonn Legnaghi/São Joaquim Online.

Urubici (SC)

Por fim, para fechar a lista mais uma cidade da serra catarinense. Assim, estamos falando de Urubici, localizada no vale do Rio Canoas. A região é conhecida como “Terra das Hortaliças”, por ser o maior produtor de hortifrutigranjeiros do país.

Com paisagens muitas vezes comparadas à Europa, possui temperatura média de 6°C e está localizada no ponto mais elevado de Santa Catarina. Dessa forma, uma das principais atrações da cidade é o Morro da Igreja, o seu cume é considerado o ponto mais alto habitado do Brasil e onde foi registrada a temperatura mais baixa do país: -17,8°C, em 1996.

  • Área: 1.019 km
  • População: 10.702 habitantes
  • Altitude: 915 m
Brasil
Morro da Igreja, considerado o ponto mais alto habitado do Brasil. | Foto: Divulgação/Rota Santa Catarina.

___________________________
Por Marcus Vinicius Mendes da Costa – Fala! Metodista

Tags mais acessadas