Clube chinês anuncia o fim de suas atividades; entenda os motivos!
Menu & Busca
Clube chinês anuncia o fim de suas atividades; entenda os motivos!

Clube chinês anuncia o fim de suas atividades; entenda os motivos!

Home > Notícias > Esporte > Clube chinês anuncia o fim de suas atividades; entenda os motivos!

Ao longo da década passada, a Superliga Chinesa foi protagonista de contratações surpreendentes no mundo do futebol. Os valores investidos pelos times asiáticos chegavam a bater de frente com potências europeias, um exemplo disso é a contratação do Hulk feita pelo Shanghai SIPG, custando para o clube chinês 55 milhões de euros. 

Foi por volta de 2016, que ficou marcado o início dessa onda de jogadores se transferindo para o futebol chinês por preços astronômicos, muitos questionaram de onde surgiu todo esse investimento, sendo a resposta dessa dúvida o surgimento de uma nova era no futebol da China marcada por clubes-empresas.

O clube Jiangsu foi comprado pela empresa Suning, que investiu fortemente em busca de resultados. Em 2016, o atacante Alex Teixeira foi contratado por 50 milhões de euros, superando propostas feitas pelo Liverpool. Além disso, Ramires chegou na mesma época com o valor girando em torno de 32 milhões de euros. Outras estrelas também se transferiram para a equipe, dentre estes os mais conhecidos são Miranda, Eder e Jô.

Clube chinês
Escudo do Jiangsu Suning. | Foto: Réplica/ESPN.

Contexto para a decisão da extinção do clube chinês

É notório que a empresa investiu bastante capital fazendo com que os resultados começassem a surgir. Em 2020, o clube se sagrou campeão da Superliga Chinesa, com um gol decisivo de Alex Teixeira na partida do título.

Porém, nem tudo são flores, mesmo com as glórias, o clube não obteve um retorno financeiro esperado, muitas dívidas surgiram que a Suning não conseguia pagar. A proprietária da empresa colocou o time à venda por 2 bilhões de yuans, sendo que o comprador teria de arcar com uma dívida de 500 milhões de yuans.

Como esperado, devido ao alto valor, não houve ofertas para a compra do clube e, o atual campeão chinês Jiangsu Suning, teve de anunciar o encerramento das atividades na manhã do último domingo de fevereiro de 2021.

As dívidas não assolaram apenas este clube, dados levantados em 2018 revelaram que os times chineses apresentaram um déficit médio de 440 milhões de yuans. Por conta desses problemas, a Federação Chinesa tentou controlar a situação impondo medidas restritivas em relação aos gastos das equipes, para tentar impedir outros times de terem o mesmo fim do Jiangsu Suning.

Por conta do encerramento das atividades, os atletas que atuavam no clube estão livres no mercado, estrelas como Alex Teixeira e Eder podem atuar em qualquer clube do mundo sem valor de transferência. O atacante brasileiro já recebeu ofertas de diversos clubes no Brasil, sendo o único empecilho o alto salário do atleta.

Apenas o tempo poderá nos dizer qual será o futuro do futebol chinês, evidentemente as próximas temporadas serão bem conturbadas para os clubes.

______________________
Por Luan Ribeiro Foresti – Fala! Cásper

Tags mais acessadas