sexta-feira, 14 junho, 24
HomeCinema e SériesO cinema argentino contemporâneo

O cinema argentino contemporâneo

Recentemente, o cinema argentino tem se destacado por sua qualidade técnica. Em época de Copa do Mundo, quando muito se fala da rivalidade esportiva com os “hermanos” do país vizinho, deve-se mencionar que, no contexto da Sétima Arte, as películas produzidas na Argentina merecem nossa atenção. Selecionamos seis obras desse país, lançadas a partir de 2000, que serão listadas em ordem cronológica.

Cinema Argentino Contemporâneo
Conheça 6 obras do cinema argentino contemporâneo. | Foto: Montagem/ Pexels

6 obras do cinema argentino contemporâneo

1) Plata quemada (2000)

​O drama policial em questão baseia-se em acontecimentos reais que se desenrolaram em 1965. A trama acompanha uma dupla de assaltantes que foge de seu país e se refugia no Uruguai com 7 milhões de pesos argentinos. O filme, a um só tempo sensível e violento, conta com ótimas atuações dos protagonistas Eduardo Noriega e Leonardo Sbaraglia.

plata quemada
Pôster de Plata Quedama. | Foto: Reprodução

2) O Segredo dos Seus Olhos (2009)

​Segundo filme argentino a vencer o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro (depois de “A história oficial”, de 1985). A sensível película é dirigida por Juan José Campanella, que também já havia sido indicado ao prêmio máximo do cinema pelo ótimo O Filho da Noiva, de 2001. Além do mesmo cineasta, ambos os filmes são protagonizados pelo mesmo ator: Ricardo Darín, grande nome do cinema argentino, entrega atuações de gala nas duas obras. 

O Segredo de Seus Olhos
Pôster do filme O Segredo de Seus Olhos. | Foto: Reprodução

3) Medianeras: Buenos Aires na Era do Amor Virtual (2011)

​A película acompanha um casal que não se conhece, apesar de morar na mesma rua em Buenos Aires. A partir disso, o filme traz reflexões sobre a fragilidade das relações humanas na era virtual. A cultura digital, a solidão e a conjuntura dos grandes centros urbanos são tematizadas nessa delicada obra do diretor Gustavo Taretto.

cinema argentino
Pôster do filme Medianeras: Buenos Aires na Era do Amor Virtual. | Foto: Reprodução

4) Relatos Selvagens (2014)

​Mais um filme do astro Ricardo Darín a aparecer nesta lista. A obra, que também conta com a presença do já citado Leonardo Sbaraglia, traz seis episódios independentes que discutem a violência e a barbárie na conjuntura contemporânea. O humor ácido é, aqui, um recurso para discutir os limites da civilização frente à contrariedade e à imprevisibilidade.

relatos selvagens
Pôster do filme Relatos Selvagens. | Foto Reprodução

5) O clã (2015)

​Outro filme da lista a se inspirar em crimes e acontecimentos reais, evidenciando uma temática cara ao cinema do país vizinho. A história acompanha uma família que sequestra e mata suas vítimas – até que um dos filhos começa a questionar tais ações criminosas. As relações familiares e a violência dão o tom das tensas reflexões propostas pela ótima película.

O clã
Pôster do filme O Clã. | Foto: Reprodução

6) Farol das Orcas (2016)

​A delicada obra hispano-argentina acompanha a protagonista Lola (vivida pela estrela Maribel Verdú), que vai à região da Patagônia com seu filho autista. A viagem é motivada pelo interesse que o menino demonstra em um documentário sobre orcas. A obra, a exemplo de outras já citadas, também é inspirada em acontecimentos verídicos.

farol das orcas - cinema argentino
Pôster do filme Farol das Orcas. | Foto: Reprodução

___________________________________
Por Gabriela Brahim Correa – Fala! Universidade Cruzeiro do Sul

ARTIGOS RECOMENDADOS