Ciclofaixas em São Paulo: Como elas estão em 2020?
Menu & Busca
Ciclofaixas em São Paulo: Como elas estão em 2020?

Ciclofaixas em São Paulo: Como elas estão em 2020?

Home > Notícias > Urbano > Ciclofaixas em São Paulo: Como elas estão em 2020?

Inaugurada em agosto de 2009, com um pequeno trecho de 5 km, a Ciclofaixa de Lazer cresceu gradualmente até os seus atuais 117 km, com nove trechos espalhados por toda a cidade. Funcionando aos domingos e feriados nacionais, das 7 às 16h, atrai milhares de pessoas.

CICLOVIAS: UMA ALTERNATIVA PARA O TRÂNSITO

ciclofaixa
Ciclofaixas em São Paulo: Como elas estão em 2020? |Foto: Reprodução.

Ciclofaixas

Após 10 anos de existência, em agosto de 2019, o patrocinador Bradesco Seguros finalizou a parceria com a prefeitura. Em nota, o ex-parceiro afirmou que “entende que seu ciclo como patrocinador da Ciclofaixa de Lazer de São Paulo está completo”. 

Com isso, o funcionamento das vias cicloviárias foi suspenso. A Secretaria de Mobilidade e Transporte abriu processo para contratar de forma emergencial e afirmou que programa voltaria em novembro do ano passado, mas as empresas concorrentes não se adequaram à proposta.

Logo, a prefeitura desistiu do processo e abriu consulta pública em dezembro para o processo regular. O esboço do edital prevê funcionamento de 62 dias durante 2020, mas já no primeiro domingo previsto isso não ocorreu.

A gestão atual diz que “está consolidando as sugestões recebidas e elaborando a versão final do edital, garantindo a reativação deste importante projeto para a cidade”.

Willian Cruz, do site Vá de Bike, afirma ser uma grande perda.

Além de excelente opção de lazer, a ciclofaixa dominical tinha duas outras funções importantíssimas: permitir que quem se desloca apenas dirigindo nos dias úteis assumisse a posição de ciclista uma vez por semana, entendendo na prática os comportamentos de quem pedala e construindo empatia; e dar a segurança necessária para as primeiras pedaladas nas ruas de muita gente. Perde o cidadão, perde a cidade.

diz Willian.

Prefeitura de São Paulo

A Prefeitura de São Paulo prometeu revitalizar até o fim do ano 310 quilômetros de ciclofaixas, tendo reformado até agora nove quilômetros de vias em dois meses e meio, desde o fim de agosto.

Trechos com obras em andamento ou em fase de instalação das sinalizações são cerca de 37 quilômetros. Ciclistas que usaram os trechos renovados elogiam a estrutura, mas reclamam da falta de sinalização em vias apagadas e da divulgação de um plano mais claro.

A gestão atual não detalhou cronograma e só disse, através da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) que a requalificação deve ser executada no “biênio 2019/2020”.

As ciclovias trazem diversos benefícios à cidade

O uso de ciclovias na cidade tem diversos benefícios, dentre os quais a redução do uso de veículos e de combustíveis, além da diminuição da emissão de gases poluentes.

Faz bem para a saúde e para o meio ambiente. Evitam acidentes dos ciclistas e promovem segurança. Tendo em vista todos esses benefícios e outros, todos estão na expectativa que o projeto seja finalizado e que seu uso possa ser retomado.

_________________________________________
Por Eliabe Figueiredo – Fala! UFRJ

0 Comentários

Tags mais acessadas