quinta-feira, 18 abril, 24
HomeCinema e Séries'Chorão: Marginal Alado' estreia no catálogo da Netflix

‘Chorão: Marginal Alado’ estreia no catálogo da Netflix

Uma voz que jamais será esquecida pela música brasileira. No domingo (8), a Netflix lançou no catálogo o documentário Chorão: Marginal Alado, que conta a trajetória do cantor Alexandre Magno Abrão, mais conhecido como Chorão, e seu impacto na cultura do país. 

A produção traz depoimentos de amigos, familiares e colegas de profissão do líder da banda Charlie Brown Jr. Nas entrevistas, eles contam suas histórias com artistas e trazem mais detalhes sobre essa personalidade que dividia o público.

O documentário foi lançado em outubro de 2019, na 43ª Mostra Internacional de Cinema. No festival, o filme recebeu o prêmio de Melhor Documentário Nacional por meio de votação popular. 

Chorão: Marginal Alado
Além de ter deixado sua marca na música, Chorão também fez uma participação nos cinemas ao escrever o roteiro do filme Magnata (2007). | Foto: Montagem/Reprodução.

Por que assistir a Chorão: Marginal Alado?

Em Chorão: Marginal Alado, muitas imagens de arquivos de emissoras e cinegrafistas que o acompanharam são mostradas, o que aumenta a nostalgia dos fãs. Além disso, o documentário apresenta os vários lados da personalidade do cantor, bem como seus vícios, polêmicas que protagonizou e o carisma que o levou receber prestígio nacional. Desse modo, a narrativa revela tanto as qualidades quanto os defeitos do frontman da banda Charlie Brown Jr.

O diretor Felipe Novaes contou, em declaração à 43ª Mostra Internacional de Cinema, que Chorão era um ícone pop e, por isso, o objetivo do longa-metragem era mostrar um retrato mais aprofundado do artista, e não apenas sua carreira na banda.

O nosso filme não se prende a uma cronologia e nem a uma discografia do Charlie Brown Jr. Nós optamos por fazer uma jornada psicológica do Chorão para entender um pouco mais essas contradições de um artista tão profícuo, mas ao mesmo tempo tão polêmico.

Explicou.
chorão skate
Em suas composições, Chorão costumava declarar sua paixão por seu esporte favorito: o skate. | Foto: Montagem/Reprodução.

No dia 6 de março de 2013, Chorão foi encontrado morto em um apartamento na Zone Oeste de São Paulo. O laudo necroscópico da Polícia Técnico-Científica de São Paulo confirmou que a morte ocorreu por uma overdose de cocaína.

Sinopse e trailer

O documentário é o registro engrandecedor que os fãs do Charlie Brown Jr. merecem. Como dito no longa, Alexandre Magno Abrão não era um marginal por querer fazer as coisas erradas. Ele era marginal por decidir viver à margem da hipocrisia do mundo e escrever sua própria história. Sorte a nossa que ele conseguiu.

Camila Sousa – crítica de cinema do Omelete.

Ficha técnica de Chorão: Marginal Alado

Título Original: Chorão: Marginal Alado
Lançamento: 8 de agosto de 2021 (Netflix)
Duração: 1h16min
Direção: Felipe Novaes
Gênero: Documentário
Classificação: 14 anos
Origem: Brasil

Portanto, se você quer conhecer mais sobre esse artista que marcou a história da música nacional, não deixe de conferir Chorão: Marginal Alado, já disponível no catálogo da Netflix.

______________________________
Por Lucas Kelly – Redação Fala!

ARTIGOS RECOMENDADOS