Cerveja: Conheça a origem de uma das bebidas mais antigas do mundo
Menu & Busca
Cerveja: Conheça a origem de uma das bebidas mais antigas do mundo

Cerveja: Conheça a origem de uma das bebidas mais antigas do mundo

Home > Entretenimento > Cultura > Cerveja: Conheça a origem de uma das bebidas mais antigas do mundo

A cerveja é uma das bebidas mais consumidas em todo o mundo, inclusive no Brasil, país em que 68,6% de sua população consome tal bebida. Não importa se é gelada, quente ou em temperatura ambiente, ela é destaque em bares por todo o mundo, com inúmeras variedades, mas uma história mais antiga do que imaginamos. A seguir, conheça a origem da cerveja, uma das bebidas mais populares no mundo!

Conheça a origem da cerveja, a bebida mais popular do mundo.
Conheça a origem da cerveja, a bebida mais popular do mundo. | Foto: Reprodução.

Qual a origem da cerveja?

Muito mais antiga do que você imagina, conhecida pelos sumérios, egípcios e mesopotâmios desde 9 mil antes de Cristo. A cerveja foi uma das primeiras bebidas alcoólicas criadas pelo ser humano. 

Naquela época os homens saiam para caçar e trazer alimento para casa, enquanto as mulheres eram as responsáveis por cuidar dos grãos que eram mantidos dentro de jarros que, posteriormente, seriam usados para fazer pão e foi assim que, sem querer, a bebida foi descoberta pelas mulheres.

Nem todos os grãos eram consumidos e sempre sobrava algum dentro do jarro. Com o tempo, acaba fermentando e formando o líquido que chamamos de cerveja. 

Os egípcios, por exemplo, tinham o costume de beber cerveja em ânforas, grandes vasos que tem a capacidade de armazenar até 3 litros. Como cabia muita bebida, eles tinham o costume de se reunir para dividir e beber juntos. 

Aos poucos, ela foi crescendo e com isso muitos povos começaram a produzi-la, entre eles os belgas, os alemães e os ingleses.

Com o tempo, a bebida foi sendo produzida por todo o globo.
Com o tempo, a bebida foi sendo produzida por todo o globo. | Foto: Reprodução.

No começo do século XX a cerveja passou a ser proibida nos Estados Unidos, devido à lei seca que entrou em vigor em 1920, que durou cerca de 12 anos. 

Em 1979, o presidente dos Estados Unidos, Jimmy Carter, aprovou que as pessoas fabricassem cerveja dentro de suas próprias casas. Com isso, qualquer pessoa podia criar sua própria cerveja e a cultura foi se tornando cada vez mais popular entre as pessoas, bem como sua curiosidade de saber como eram feitas.

À medida em que a cerveja foi se tornando algo mundialmente conhecido foram determinados 4 ingredientes básicos: malte, água, lúpulo e levedura. Com esses elementos, ela foi evoluindo cada vez mais, juntamente com outros adicionais e assim foi criada mais de 120 tipos de cervejas diferentes 

Com o passar do tempo, com o avanço da tecnologia e testando novos ingredientes e novas descobertas, a cultura da cerveja só vem crescendo.

Você sabia?

O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de cerveja, ficando atrás apenas de China e Estados Unidos, segundo pesquisa publicada em 2020 pela Barth-Haas Group. Enquanto isso, no antigo Egito, a espuma da cerveja era usada para hidratar e cuidar da pele.

Os antigos valorizavam tanto essa bebida que acreditavam que ela era uma bebida divina e oferecida frequentemente aos  deuses. Mas especificamente da deusa Ninkasi, cujo nome significa “senhora que enche a boca”. 

A falta de higiene e a insalubridade eram problemas sérios e com isso a bebida era mais consumida por crianças e adultos, chegando a substituir a água que nem sempre era potável. Isso porque o álcool inibe o desenvolvimento de inúmeros microorganismos, garantindo que a cerveja não fizesse mal à saúde.

__________________________________________________

Por Lívia Ferreira de Almeida – Fala! Mack

Tags mais acessadas