Carnaval 2020: veja como se prevenir de possíveis doenças
Menu & Busca
Carnaval 2020: veja como se prevenir de possíveis doenças

Carnaval 2020: veja como se prevenir de possíveis doenças

Home > Lifestyle > Saúde > Carnaval 2020: veja como se prevenir de possíveis doenças

O Carnaval é a época da folia e das festas. No entanto, é um período suscetível à aquisição de algumas doenças. Veja quais são elas e como se prevenir.

Diante disso, a contração de doenças pode ser ocasionada por diversos fatores. Assim, quando o indivíduo tem uma má alimentação, um relógio biológico desregulado e níveis altos dos hormônios do estresse – devido à privação do sono – pode adquirir algumas patologias, já que o sistema imunológico fica vulnerável com esses hábitos.

Eleger um horário de intervalo para o descanso entre um dia e outro, emendar todos os dias sem dormir, pode implicar em baixa imunidade no organismo e possíveis doenças, tais como as gripes e resfriados.

Raquel Grecco, obstetra e ginecologista, reforça.

CARNAVAL EM SÃO PAULO: OS 7 MELHORES BLOQUINHOS PARA BEIJAR MUITO

Doenças no Carnaval

Sendo assim, as patologias que mais se manifestam no carnaval são resfriados, gripes, rotavírus e mononucleoses – conhecida como doença do beijo.

Mas, além dessas, há também as doenças mais sérias como as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Além disso, algumas delas como a aids não possuem cura. Assim, dentre elas há aids, infecções do HPV, gonorreia, clamídia, herpes e sífilis.

Carnaval 2020: veja como se prevenir de possíveis doenças | foto: Reprodução
Carnaval 2020: veja como se prevenir de possíveis doenças. | Foto: Reprodução.

CARNAVAL 2020: MELHORES BLOQUINHOS DE RUA DE SÃO PAULO

Prevenção

Para evitar a contração de doenças virais, os médicos aconselham que as pessoas deem importância à higiene pessoal, indicando a limpeza constante das mãos. Mais do que isso, os profissionais da saúde recomendam que o indivíduo evite o contato com os olhos e mucosas nasal e bucal, caso as mãos estejam contaminadas.

A prevenção deve ser pensada muito antes do Carnaval começar, alimentação adequada, atividade física, sono adequado e lógico, preservativo sempre em 100% das relações sexuais

Raquel Grecco reitera.

Sendo assim, a prevenção de DSTs é feita por preservativos. Pouco importa se a camisinha é masculina ou feminina, o essencial é a sua utilização na hora das relações sexuais. Inclusive, há preservativos gratuitos fornecidos pelo Ministério da Saúde em vários locais que, de acordo com a doutora Grecco, são seguros e passam por diversos testes antes de serem distribuídos.

______________________
Por Isabela Cagliari – Redação Fala! Universidades

Tags mais acessadas