Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Bienal do Livro: Autoras debatem o Mercado Editorial

Bienal do Livro: Autoras debatem o Mercado Editorial

Por Gabriela Junqueira – Fala!Cásper

Nesta última quinta-feira (09/08)  rolou um bate-papo entre Thalita Rebouças, Bruna Vieira e Luiza Trigo, grandes escritoras voltadas para o público jovem adulto, na Bienal Internacional do Livro, evento que começou 3 de Agosto e terminou neste domingo (12). A mesa iniciou a conversa com cada palestrante contando como entrou no mundo das palavras.

À direita Luiza Trigo, no centro Thalita Rebouças, e à esquerda Bruna Vieira

Bruna Vieira (23), começou a escrever e compartilhar seus textos  durante o ensino médio, no seu blog chamado “Depois dos Quinze”, após sofrer uma decepção amorosa. De lá para cá, mais de nove anos se passaram e a vida da escritora mudou completamente. Hoje o blog possui duas colaboradoras, Auana Sonsin, formada em Publicidade e Propaganda, e Fernanda Meirelles, formada em Jornalismo. A mineira, que possui sete livros publicados pelo Grupo Autêntica, disse que publicar os textos na internet  facilitou o contato com editoras e ainda contou que está escrevendo um novo livro de crônicas sobre se conhecer, virar adulta e se tornar independente, baseado em experiências vividas nos últimos tempos. A escritora está muito orgulhosa e acredita que será seu livro favorito.

Com Fernanda Meirelles, editora do blog Depois dos Quinze

Thalita Rebouças é jornalista, escritora, e já vendeu mais de 1,5 milhão de exemplares. Entre os seus maiores sucessos está o livro “Fala sério, mãe”, recentemente estreado nas telonas por Larissa Manoela. Em breve mais um sucesso de Thalita estará nos cinema, “Tudo por um Popstar”, contando com nomes como Klara Castanho e  o youtuber Felipe Neto. Thalita confessou durante a conversa que, quando começou a escrever, subia em uma cadeira e colocava até peruca rosa na Bienal para conquistar novos leitores, demonstrando que existiu um caminho a ser percorrido antes de conseguir emplacar os seus livros. Há mais de 18 anos, a escritora acompanha o público jovem e quando questionada sobre quais foram as principais mudanças desse grupo, disse que a essência dos jovens continua a mesma, mas que hoje existe mais facilidade para ter tudo na mão.

Luiza Trigo, conhecida como Lully Trigo, escritora formada em cinema,  também teve um de seus livros adaptados para as telas e conta que a palavra que melhor define a experiência é surreal, principalmente por a deixarem fazer o roteiro. Em suas palavras: “Foi incrível naquele momento, foi incrível ver se transformando e está sendo incrível agora que estou com outros milhões de projetos no audiovisual”. Luiza, em breve, lançará “O reino de Zália”, seu primeiro livro de fantasia pela editora Seguinte.

Thalita está escrevendo um novo livro, “Confissões de uma garota popular, linda e secretamente infeliz”,  em que a protagonista, Valentina, é uma garota que faz bullying com os seus colegas e a missão da autora é entrar na cabeça da personagem. Bruna e Luiza contaram que sofreram bullying durante o colégio.

Quando questionada sobre como entrar no mercado editorial e em contato com grandes editoras, Bruna disse que compartilhar os seus textos na internet ajudou bastante: “Não dá para esperar o momento certo para escrever, tem que ser agora. É hoje à noite, é no carro, abre as notas e escreve.” Comentou sobre as plataformas existentes para publicar livros e para os escritores usarem isso para reunir escritores e receberem um feedback.

0 Comentários

Tags mais acessadas