BBB 22: participantes do Pipoca acham prova do Camarote injusta
Menu & Busca
BBB 22: participantes do Pipoca acham prova do Camarote injusta

BBB 22: participantes do Pipoca acham prova do Camarote injusta

Home > Entretenimento > BBB 22: participantes do Pipoca acham prova do Camarote injusta

E parece que o grupo Pipoca do BBB 22 não gostou da dinâmica da prova de imunidade do Camarote, que aconteceu ontem, quinta-feira (20). Enquanto os pipocas fizeram uma prova de resistência para disputar a imunidade, os brothers do Camarote fizeram uma prova de habilidade. A diferença aconteceu devido aos casos de covid dos participantes Jade Picon, Arthur Aguiar e Linn da Quebrada. Por isso, a prova do Camarote precisou ser adiada.

Durante uma conversa, os brothers do Pipoca Rodrigo, Luciano, Bárbara, Laís, Vinícius, Natália, Jessilane, Eslovênia, Lucas e Eliezer comentaram sobre a dinâmica de imunidade dos participantes do Camarote e adiantaram que acharam injusta. Confira mais detalhes a seguir:

BBB 22
Participantes falam sobre as provas de imunidade do BBB 22. | Foto: Reprodução/ Globo

Anônimos opinam sobre prova do Camarote no BBB 22

Os anônimos não curtiram a dinâmica de imunidade do grupo Camarote e comentaram que foi injusta. Os participantes chegaram a especular que cada dinâmica foi escolhida pelo público, mas descartaram a possibilidade.

Rodrigo iniciou o assunto: “A prova de imunidade está injusta, vamos ser sincero. Os outros participantes também concordaram. Bárbara comentou: “Eles tiveram que adaptar devido ao que aconteceu”. Eslovênia concordou e comentou: “Está muito assim ó”, enquanto gesticulava com as mãos insinuando a discrepância das provas.

Luciano discordou de Bárbara e falou que eles provavelmente já sabiam que a infecção era uma possibilidade: “Adaptar é uma palavra muito forte. Assim, eles (produção) já tinham um plano B, porque o covid é uma coisa muito possível”, opinou.

Assista ao diálogo no vídeo a seguir:

As provas de imunidade

Os participantes do Pipoca precisaram se dividir em duplas para uma prova que exigia habilidade, atenção e, principalmente, resistência. Foram 12 horas de prova e uma disputa acirrada entre as duplas Laís e Bárbara e Lucas e Luciano. Enquanto isso, a prova do Camarote, que aconteceu depois, exigia habilidade e sorte e foi bem mais rápida.

Por conta da diferença, os anônimos sentiram que foi injusto, já que enfrentaram horas de prova.

Alguns internautas concordaram e comentaram sobre a diferença das provas:

____________________________________________
Por Giovana Rodrigues – Redação Fala!

Tags mais acessadas