sábado, 15 junho, 24
HomeEntretenimento'Barbie': site cristão promove boicote ao filme; Entenda

‘Barbie’: site cristão promove boicote ao filme; Entenda

O site norte-americano Movieguide, focado no público cristão e conservador, divulgou uma nota sugerindo que os pais não permitam que os filhos assistam o filme da Barbie. O portal, que se propõe a analisar filmes a partir de uma perspectiva cristã, aponta que a produção, que é inspirada no mundo da boneca da Mattel, esquece que o principal público da história são as crianças. “Eles tinham um mercado e um público integrados para essa franquia que ignoraram completamente”, afirmou um membro do portal.

barbie - site cristão
Filme da Barbie estreia no dia 20 de julho. | Foto: Montagem/ Divulgação

Movieguide aponta que o filme, então: “atende a adultos nostálgicos e promove histórias de personagens lésbicas, gays, bissexuais e transgênero”.

“Milhões de famílias teriam ido aos cinemas e comprado ingressos, mas, em vez disso, a Mattel optou por atender a uma pequena porcentagem da população que provou, repetidamente, abandonar as bilheterias. Os 40 anos de pesquisa Movieguide indicam que isso simplesmente não é verdade, e a Mattel cometeu um erro grave”, acrescentou.

Filme da Barbie

O filme da Barbie é uma live-action da boneca de mesmo nome da Mattel. A produção é dirigida por Greta Gerwig (Lady Bird: A Hora de Voar) e o elenco traz nomes como Margot Robbie (Esquadrão Suicida), Ryan Gosling (Diário de uma Paixão), Dua Lipa, Issa Rae (Insecure), entre outros.

Na live-action, a protagonista é interpretada por Margot Robbie, que vive em um mundo com várias versões da boneca. Percebendo que não é tão perfeita assim, a personagem é expulsa do mundo da Barbie e agora precisa enfrentar os desafios do mundo real.

O filme chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (20), mas a pré-estreia acontece hoje, quarta-feira (19). Mesmo sem ter estreado ainda, a produção já está sendo considerada um sucesso. A Warner Bros. divulgou que o filme conquistou a maior venda de ingressos da história do estúdio no Brasil.

_______________________________
Por Giovana Rodrigues – Redação Fala!

ARTIGOS RECOMENDADOS