sexta-feira, 14 junho, 24
HomeNotíciasSuposto atentado na UFES vira assunto na web e universidade se pronuncia

Suposto atentado na UFES vira assunto na web e universidade se pronuncia

Na manhã desta segunda-feira (10), alunos da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) deixaram o campus de Goiabeiras, em Vitória, após uma suspeita de tentativa de ataque no prédio de Direito da universidade.

Os boatos se espalharam nas redes sociais e o nome da UFES está entre um dos assuntos mais comentados no Twitter. Algumas versões da história circulam nas redes sociais, mas a Polícia ainda investiga mais informações sobre o ocorrido.

Diante da suspeita, alunos que estavam no local deixaram a universidade, e muitos sugeriram nas redes sociais que os colegas ficassem em casa até que se tenham informações concretas sobre o ocorrido.

A princípio, a UFES ainda não tinha se pronunciado e os alunos aguardavam mais informações sobre o caso e o posicionamento da universidade sobre a permanência das atividades. A instituição fez um comunicado e decidiu manter as aulas. Confira a seguir:

Atentado na UFES
UFES se pronuncia sobre suspeita de atentado. | Foto: Montagem/ Reprodução

Comunicado da UFES sobre suposta tentativa de atentado no prédio de Direito

No comunicado oficial, a universidade confirmou que realmente houve uma suspeita de ameaça: “A Administração Central da Ufes informa que na manhã desta segunda-feira, 10, foi verificada uma suspeita de ameaça a uma estudante, no campus de Goiabeira”, dizia o comunicado.

“Os seguranças que atuam na UFES e a Polícia Militar foram acionadas e imediatamente compareceram ao local. As informações disponíveis até o momento é de que se trata de um incidente isolado, não havendo relação com a Universidade ou com sua comunidade. A estudante foi protegida e encaminhada para cuidados imediatos. O suposto agressor não foi localizado e a Diretoria de Segurança e Logística da universidade continua apurando a situação”, continuou a universidade em nota.

Por fim, a UFES reforçou: “As atividades no campus de Goiabeiras estão mantidas”.

Alguns alunos e internautas criticaram o posicionamento da universidade por ter decidido manter as atividades sem ter localizado o suspeito.

“Que vergonha!!! Como manter as atividades com essa insegurança? Não foi um incidente isolado, poderia ser com qualquer um”, afirmou uma internauta.

“Que vergonha dessa nota UFES, não acharam a pessoa e ainda mantiveram as atividades!!! Que situação.”, defendeu outra internauta.

______________________________
Por Giovana Rodrigues – Redação Fala!

ARTIGOS RECOMENDADOS