Home / Colunas / ASMR: Um novo fenômeno na internet

ASMR: Um novo fenômeno na internet

Por Gabriel Ferreira – Fala!MACK

 

O “ASMR” vem da sigla: autonomous sensory meridian response, que em português seria a “resposta sensorial meridiana autônoma”.

Os vídeos com diversos tipos de ruídos tem o intuito principal de acalmar o ouvinte, em um processo que muitos alegam obter relaxamento mental.

Um outro grupo constata diversas sensações físicas ao ouvir os “ASMR” , como calafrios e formigamento em determinadas partes do corpo, e até no corpo inteiro.

Entre os formatos de vídeos se encontram os mais diversos, desde o som de “limpar os ouvidos” até “beijando você”.

O canal Sweet Carol é um dos fenômenos de acessos no segmento de “ASMR” e possui cerca de 130 milhões de visualizações. O Estudante Jeferson, de 18 anos, é um dos que acompanham os vídeos de Carol no Youtube. Eele conta que ajudou muito os vídeos para conseguir dormir, porque estava muito agitado em decorrência da luz do celular, a qual ele deixa ligada algumas vezes para dormir.

Conversamos com a Estudante de Psicologia Taynan, 21, que detalhou um pouco sobre o perfil de parte das pessoas que assistem esse tipo de conteúdo: “É um fenômeno neurológico, na verdade. Algumas pessoas sentem muito prazer praticando esportes, por exemplo, por conta da carga de endorfina que é liberada após o término da atividade física; algumas pessoas sentem esse prazer comendo, outras escutando músicas, então nesse caso é possível pensar que esses vídeos são tão virais por motivos neurológicos. A pessoa faz as sinapses cerebrais e essas ligações estimulam a produção de certos hormônios, que podem gerar uma espécie de satisfação em quem consome esse tipo de conteúdo”

Confira também

Senegaleses tentam recomeço em São Paulo

Por Joice Martins – Fala!MACK   Recomeço – Senegaleses tentam nova vida em São Paulo Imigrantes ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *