Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Anime Friends 2019: confira tudo o que rolou

Anime Friends 2019: confira tudo o que rolou

Nos dias 12, 13 e 14 de julho de 2019 foi realizado o evento Anime Friends no Pavilhão de Exposições do Anhembi. Como nos anos anteriores, o evento foi formado por uma série de apresentações, lojas, espaços temáticos, concursos, jogos, palestras e diversas atrações internacionais, tudo voltado para o universo da cultura pop japonesa e geek.

Esse ano, as principais atrações do evento ocorreram em 5 locais: no Palco Principal, no Palco Anime, no Auditório 1, no Auditório 2 e na Arena K-pop. No entanto, atividades ocorriam também nos estandes do evento, como a possibilidade de jogar vídeo-games nos estandes da PS Party, realizar uma extreme makeover no estande da Ikesaki Cosméticos ou participar de palestras e jogos nos estandes das editoras Panini e JBC, que vendiam mangás tanto antigos quanto novos.

Alguns lançamentos deste ano foram os mangás Hokuto no Ken e Fire Punch pela JBC e Atelier of Witch Hat, Vampire Knight Memories e Turma da Mônica Geração 12, pela Panini, que inclusive contou com uma sessão de autógrafos de seu criador, Maurício de Sousa. Outra editora presente no evento foi a NewPop, que disponibilizou uma palestra com seu editor-chefe, Júnior Fonseca, na qual foram anunciados os próximos lançamentos da editora: Houseki no Kuni/Land of the Lustrous, Uchuu Senkan Yamato e The King of Fighters – A New Beginning.

Outra atração do Anime Friends foram os espaços temáticos. Um deles foi a Escola de Magia e Bruxaria do Brasil que, inspirado no universo criado por J. K. Rowling, trouxe diversos jogos, produtos e cenários para entreter os participantes do evento. Ainda abordando a cultura geek, o Conselho Jedi São Paulo trouxe um ambiente completamente voltado ao universo de Star Wars, com oficinas exposições e gincanas.

Já o espaço Chest of Wonders Maid Café criou um ambiente semelhante aos Maid Café japoneses, uma mistura do estilo kawaii do Japão e a moda vitoriana inglesa. Os clientes (apelidados de “mestre” ou “mestra”) eram servidos por garotas vestidas como empregadas lolitas (maids) e garotos vestidos como mordomos (butlers), que além do atendimento personalizado, realizavam diversas gincanas e apresentações de música e dança. Os espaços Sugar Club Maid Café e Lolita Teaparty apresentaram atividade semelhante, porém o último vendeu apenas peças de vestuário voltadas ao estilo lolita

O Tokusatsu foi outro espaço temático do evento, que trouxe os mais variados elementos dos live-action de heróis japoneses, tema muito explorado no Anime Friends deste ano. Inclusive, no Auditório 2 foram encenadas diversas apresentações de um dos principais seriados do Japão: Ultraman, lançado em 1966 e o segundo a ser exibido em cores na televisão japonesa.

Além disso, os atores originais de Jiraiya: O Incrível Ninja (outro seriado do gênero) compareceram ao evento, participando de meet and greets e palestras. Quando questionado sobre qual o impacto do personagem e sua vida, o ator Takumi Tsutsui (Jiraiya) responde que “durante o resto de minha vida, nunca mais pude fazer algo errado”, já Takumi Hashimoto (Manabu) afirmou de forma humorada que continua sendo o mesmo personagem até os dias de hoje, e que por isso, em seu dicionário, não existe a palavra estudar.

Outra atriz presente no evento foi Ayaka Komatsu de Iwate, no Japão. A atriz se tornou conhecida ao interpretar Sailor Vênus no live action Pretty Guardian Sailor Moon. Ela afirma que o trabalho “deu um viro na minha vida! E agora todo mundo me conhece pelo mundo afora”. Seu mais recente trabalho é Hakui no Senshi, série de televisão que estreou em abril de 2019 e que ainda está em exibição no Japão.

Um dos aspectos mais marcantes do Anime Friends é a forte presença de cosplayers. A cosplayer Fernanda Miwa, que faz cosplay a seis anos, quando questionada sobre o evento comenta que  “é muito legal sempre sentir a energia das pessoas que têm o mesmo interesse que a gente, as pessoas são muito positivas e acolhedoras”, fato que sua parceira de cosplay, Gabriela Brugat, confirma.

Os espaços Cosplay Brasil e Cos+Up foram responsáveis pela fotografia e cobertura desses cosplayers, que vindos dos mais diversos estados, comparecem principalmente para participarem da série de concursos realizados no evento (sempre no Palco Anime).

Esse ano, um dos jurados foi o cosplayer chileno InCiel, que também deu algumas palestras sobre seu trabalho e dicas para futuros cosplayers.

Para fãs K-pop, o Anime Friends ofereceu a Arena K-pop, onde o Mc Cleber Candido e o Mc Thiago Tang se apresentaram, e onde ocorreu diversos masterclasses e apresentações cover. Foi também onde o concurso K-POP ENERGY COVER foi realizado. O grupo K-NRG VÊNUS foi o vencedor.

Porém, os fãs de k-pop tiveram mais uma atração: a apresentação da rapper NADA, que inicialmente debutou no grupo feminino Wa$$up, em 2013, onde ficou até 2017. Atualmente está criando uma linha de cosméticos e é fundadora de sua própria gravadora, a Ground Zero.

Algumas bandas e cantores brasileiros também se apresentaram no evento, como a Banda Marcial de Cubatão, que tocou aberturas clássicas de animes em orquestra; a banda de rock pesado Gaijin Sentai; o cantor Diogo Miyahara, famoso por cantar músicas originárias de seriados de heróis japoneses; a banda Senpai Old School, popular por seus covers de músicas animes, assim como a banda a banda Okami.

Outra banda que se apresentou no evento foi a Aurabreak, que além de tocar músicas de animes, também apresentou canções originais e tocou junto a banda japonesa Snowkel.

Outros cantores e grupos internacionais que se apresentaram no evento foram o grupo feminino FAKY! responsável por temas de animes  “Four” em Black Clover e “Chase Me” em Gundam Buildfighters Battlogue; a cantora Mika Kobayashi, conhecida por seus épicos temas  “Before My Body Is Dry” deKill la Kill e “Bauklötze” de Shingeki no Kyojin; Yumi Matsuzawa, cantora que fez a música “Chikyūgi” de Cavaleiros do Zodíaco – Saga de Hades e “You Get Burning” de Nadesico, além da banda Snowkel, responsável por “Namikaze Satellite” de Naruto e “Kiseki” Gintama.

O Palco principal (local onde ocorreram tais shows) contou inclusive com a participação da banda Deadlift Lolita (pelo segundo ano consecutivo), formada pelo australiano Ladybeard, lutador profissional e agora cantor, junto a japonesa Reika Saiki, fisiculturista e idol.

A dupla fez um inesquecível show de kawaiimetal, contendo ainda uma encenação de luta. Após o show a dupla se dirigiu ao Artist’s Alley, lugar onde ocorreu a venda de seus produtos e onde diversos artistas tiveram a possibilidade de expor seu trabalho.

______________________
Por Sophie Cohen Chermont

0 Comentários

Tags mais acessadas