domingo, 3 março, 24
HomeLifestyleAlimentação saudável: importância e dicas

Alimentação saudável: importância e dicas

Ter uma vida saudável não depende somente de exercícios físicos, mas também de uma alimentação nutritiva, que é crucial para evitar riscos globais a saúde. Segundo a Organização Pan Americana de Saúde (OPAS), uma alimentação saudável traz benefícios como, auxilio ao combate a má nutrição em todas as suas formas, assim como também as doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), como por exemplo; diabetes, AVC, câncer e doenças cardiovasculares.  

Com tudo isso, adaptar-se a uma vida mais saudável pode não ser uma tarefa muito fácil, ainda mais quando se fala em mudança de hábitos alimentares, já a que rotina de muitos acabou se moldando a rápida urbanização e a produção de alimentos processados que ajudam e facilitam na preparação das refeições do dia-dia.

Como consequência disso, as pessoas acabam se alimentando mal para otimização do tempo. E é nesta hora que a escolha dos alimentos dá inicio as consequências, sejam elas boas ou ruins. Veja algumas dicas para fazer uma boa escolha.

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL IMPORTÂNCIA E DICAS
Confira dicas para uma alimentação saudável. | Foto: Montagem/ Pexels

Como escolher alimentos para uma alimentação saudável?

Um exemplo de alimento que está presente no café da manhã ou em um lanchinho do dia e não é saudável é a margarina, que faz parte dos principais ingredientes na hora de fazer bolos, pães e até mesmo brigadeiro. Claro que existe um produto que substitui a margarina, mas o custo sobe, e mais uma vez a escolha é feita baseado na economia financeira, já que a manteiga custa até 3 vezes mais que a margarina.

Sendo um produto extremamente processado e se afasta do que se chama de “comida de verdade”, a margarina é uma uma mistura de gordura vegetal hidrogenada, corante e outros componentes químicos, neste composto surge a gordura trans, (vale apena ressaltar que algumas marcas mudaram o processo de fabricação para evitar a gordura trans, de qualquer modo, os componentes químicos ainda são os vilões da saúde) que o nosso corpo não é capaz de processar, como faz com produtos naturais, isso causa um desequilíbrio no organismo que pode levar vários riscos saúde como, doenças cardíacas, cancerígenas, e aumento do colesterol ruim.

Sabe-se que  mudanças de hábitos alimentares não fáceis, por isso, fazer dieta nunca é a melhor opção, mas sim uma reeducação alimentar, isso vai proporcionar uma vida mais saudável e sem culpa, se restringir de algo  pode fazer mal a saúde mental, e isso afetará por consequência a saúde física.

Então, levando em conta a saída gradativamente de alimentos que não fazem bem a saúde e não trazem nenhum valor nutricional, a qualidade de vida mudará aos poucos e logo poderá usufruir dos frutos dessa reeducação alimentar, e claro que não é somente na alimentação que você deverá focar, exercícios físicos devem estar neste combo, pois tudo feito de forma balanceada trará o equilíbrio.

_________________________________________
Por Jeciane Fernandes – Fala! Universidade Cruzeiro do Sul

ARTIGOS RECOMENDADOS