A volta da moda dos anos 70/80 e a febre dos brechós vintage
Menu & Busca
A volta da moda dos anos 70/80 e a febre dos brechós vintage

A volta da moda dos anos 70/80 e a febre dos brechós vintage

Home > Lifestyle > A volta da moda dos anos 70/80 e a febre dos brechós vintage

Nostálgicas. Uma palavra que define, e muito, as pessoas nos dias de hoje. Andamos cada vez mais com os pensamentos voltados ao passado e as experiências já vividas. As gerações anteriores estão em tempos de nos contar sobre o que não vivemos e de certa forma nos mostrar, mesmo que superficialmente, um pouco desse “mundo desconhecido. ” Nota-se nesse processo, uma grande influência da indústria midiática, com séries como a atual famosa “Stranger Things” e filmes que nos remetem aos anos antigos que nos propagam a cultura da época, assim como as gerações anteriores nos andam fazendo.

Com a moda não poderia ser diferente. Uma grande e rica forma de expressão, ela sempre foi uma manifestação do estilo de vida das pessoas e também uma demonstração do vivido em sua época. Atualmente, o vestuário dos anos 70/80 vem amplamente sendo revivido, majoritariamente por jovens como aqueles desses tempos antigos. Peças como as Mom Jeans, calças bocas de sino, maiôs cavados, pochetes, jardineiras, as famosas ciganinhas, golas rolês, dad shoes e all stars são algumas das peças revividas das cinzas que você com certeza possui, pelo menos uma delas, em seu guarda-roupa.

MOM JEANS

CALÇA BOCA DE SINO

MAIÔS CAVADOS

POCHETES

JARDINEIRA

CIGANINHA

GOLA ROLÊ

DAD SHOES E ALL STARS

Mas o que fez essas décadas serem tão influentes no mundo da moda, para serem resgatados nos dias de hoje? Bom, o curador-chefe do museu londrino, Dennis Nothdruft, explicou à BBC Culture que no final da década de 60, as pessoas queriam mudanças:

 A moda se tornou mais leve, mais romântica, menos agressiva, mais fluida. O movimento absorveu influências de outras culturas, principalmente as do Oriente Médio e norte da África, e de uma certa nostalgia pelos anos 30 e pela era vitoriana. E a moda também passou a sintonizar mais o que ocorria no mundo da música.

Para Nothdruft, o fato dessa moda voltar com força nos dias de hoje se deve ao que ele chama de “pêndulo da moda”, e evidencia o modo como as pessoas se vestiam há alguns anos atrás como um fator determinante para tal:

Nos últimos anos fizemos uma abordagem da moda muito rígida, moderna, utilitária, com muita estamparia digital. E o look boêmio dos anos 70 é exatamente o oposto disso, representa uma maneira mais relaxada de se vestir.

O curador também conta que na era digital hodierna em que vivemos, as pessoas estão valorizando um estilo mais honesto, simples, verdadeiro, fluido e humano, assim como eram os anos 70 e 80. Por isso o “vintage” vem sendo tão difundido como uma cultura seguida popularmente.

O estilista atual vem apostando fortemente nesse estilo, porém, as peças produzidas acabam sendo pouco acessíveis. Por este motivo, consumidores viram sua rota de fuga em brechós “vintage”, que estão se tornando febre cada vez mais, com preços que cabem no bolso e muito mais originais do que aqueles feitos por grandes grifes.

A estudante de jornalismo Mariana Pastorello diz comprar muito em brechós pois acredita que os mesmos são bem mais acessíveis, “é mais barato, possui peças únicas, com um estilo autêntico e ‘antiguinho’ ”. Mariana ainda crê que essa febre toda dos brechós se deve ao fato de as pessoas estarem muito nostálgicas, ainda mais com a ajuda da mídia que vem valorizando muito esse estilo em suas produções, como em séries, filmes e também na música. Vale ressaltar o quanto essa nova forma de adquirir suas roupas acaba se tornando até mesmo mais sustentável.   

São Paulo possui inúmeros brechós que valem a pena conhecer, principalmente em seu grande centro. Alguns dos mais interessantes são: Vó Judith, pertinho da estação Sé, Gato Preto e Frou Frou Vintage, que ficam na Rua Augusta, os brechós coletivos Espaço Arouche e Brechó Colméia na República e o Devant Vintage localizado próximo à estação Sumaré. Uma ótima chance para quem adora o estilo vintage ou quer conhecer e se aventurar nessa “nova antiga moda”.

0 Comentários

Tags mais acessadas