'A Teacher': Série mais polêmica que '365 Dni' chega à Star+ brasileira
Menu & Busca
‘A Teacher’: Série mais polêmica que ‘365 Dni’ chega à Star+ brasileira

‘A Teacher’: Série mais polêmica que ‘365 Dni’ chega à Star+ brasileira

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘A Teacher’: Série mais polêmica que ‘365 Dni’ chega à Star+ brasileira

365 Dni foi um grande sucesso na Netflix, contudo, a produção é repleta de polêmicas. Agora, contudo, a Star+ promete uma produção mais polêmica para os brasileiros, a série A Teacher. Os fãs, contudo, que aguardam algo parecido com o erótico polonês irão se arrepender, a produção está dando o que falar por outros motivos.

O erótico polonês narra o relacionamento de Laura Biel (Anna-Maria Sieklucka) e Massimo Torricelli (Michele Morrone), um casal conturbado que começa seu relacionamento após um sequestro. Isso porque o mafioso, após alegar estar apaixonado pela jovem, a sequestra e a obriga amá-lo, dando-lhe apenas 365 dias para corresponder a tal sentimento. Além disso, ele é um homem violento e que constantemente demonstra sinais de descontrole.

Por isso, o filme foi acusado de romantizar a violência, seja ela física, psicológica ou sexual, romantizar sequestros, além de criar uma personagem com a Síndrome de Estocolmo. Além disso, as cenas de sexo realistas tornaram a produção ainda mais comentada, pois muitos compraram o filme a produções adultas.

Mesmo com tantas polêmicas, 365 Dni se tornou um grande sucesso e, atualmente, a Netflix está preparada para lançar sua continuação. Além disso, muitos fãs não enxergaram as problematizações levantadas, alegando que Massimo e Laura são um casal ideal. Agora, no entanto, o filme pode estar prestes a abrir caminho para uma produção mais polêmica, porém, bem diferente. A seguir, conheça A Teacher, série que dará o que falar.

A série A Teacher promete ser mais polêmica que 365 Dni. Confira!
A série A Teacher promete ser mais polêmica que 365 Dni. Confira! | Foto: Montagem/Reprodução.

A Teacher, série considerada mais polêmica que 365 Dni, está disponível em streaming brasileiro

O sucesso de 365 Dni provou que os brasileiros amam uma produção erótica. Por mais que tenha causado muita polêmica na internet, o filme não deixou de ser um dos mais assistidos e comentados da Netflix. Além disso, a plataforma de streaming lançou outras produções do gênero que encantaram tanto quanto o filme.

Foi devido a esse sucesso, que outras plataformas de streaming começaram a investir em filmes e séries eróticos, com temas polêmicos, mas que as pessoas estão amando. Esse é o caso de A Teacher, minissérie que estreou originalmente no Hulu, no dia 10 de novembro de 2020. A série de drama conta a história da professora de inglês Claire Wilson, que inicia um romance com seu aluno, menor de idade, Eric Walker. A premissa é bem simples, uma professora e seu aluno que, supostamente, se apaixonam e começam uma relação. O que ocorre, no entanto, é que o caso é extremamente problemático, indo além da diferença de idade.

O relacionamento se estende por anos e os impactos na vida de ambos são significativos. Além do mais, a série aborda os impactos na família dos envolvidos, principalmente do jovem Eric. É preciso frisar, contudo, que a produção não apresenta o relacionamento de ambos como algo positivo, pois durante todas as cenas existe o desconforto da relação entre uma professora, que utiliza de seu cargo e posição, para coagir e subjugar um jovem. Outro detalhe é a abordagem de um novo tipo de abuso, pouco comentando, o abuso contra homens.

Os episódios são curtos, possuem cerca de 20 a 30 minutos, e é justamente seu tempo que torna tudo impactante. Por serem curtos, o final dos episódios se mantêm para o próximo, terminando sempre em cenas impactantes e grandes revelações.

Polêmicas envolvendo a série

A polêmica de A Teacher é muito diferente daquela causada por 365 Dni, isso porque elas possuem um fundo diferente. Enquanto o erótico polonês romantiza uma relação abusiva e uma doença, além de cenas de sexo que podem ser consideradas problemáticas, a série da Star+ deixa bem claro que aquela relação não é saudável e correta.

O intuito da série é justamente esse, problematizar relacionamentos entre professores e alunos, mas agora de uma nova perspectiva: já não é o homem que aborda uma adolescente, e sim uma mulher! Além disso, esse tipo de relacionamento é real e muitas vezes mais naturalizado que entre professores e alunas menores de idade.

O que se tornou uma polêmica, no entanto, foram as cenas de sexo entre a professor e o aluno, algo que remeteu a muitos os filmes adultos. Segundo algumas pessoas, apresentarem tais cenas poderia causar o efeito contrário, ao invés de pensarem que isso é algo negativo, associariam a algo bom.

É preciso ressaltar, entretanto, que as cenas pretendem, o tempo todo, mostrar o desconforto do aluno naquela posição. Algo que, por exemplo, não ocorreu em 365 Dni, uma vez que Laura demonstrava aprovar as decisões e vontades de Massimo. Além disso, todos os atores são maiores de idade, por exemplo, o ator que interpreta Eric já possui 27 anos, enquanto a atriz tem 37.

A criação e direção de A Teacher ficou por conta de Hannah Fidell, que adaptou seu filme homônimo para a televisão. O elenco, por sua vez, conta com nomes como Kate Mara (American Horror Story), Nick Robinson (Jurassic World), Ashley Zukerman (Rua do Medo), Cameron Moulène (Happyland), M. C. Gainey (Bosch), Devon Bostick (The 100), entre outros.

____________________________________________________
Por Luiza Nascimento – Redação Fala!

Tags mais acessadas