Craques do Futuro Basquete #4: A esperança do Cleveland Cavaliers em Darius Garland e Evan Mobley
Menu & Busca
Craques do Futuro Basquete #4: A esperança do Cleveland Cavaliers em Darius Garland e Evan Mobley

Craques do Futuro Basquete #4: A esperança do Cleveland Cavaliers em Darius Garland e Evan Mobley

Home > Notícias > Esporte > Craques do Futuro Basquete #4: A esperança do Cleveland Cavaliers em Darius Garland e Evan Mobley

Recém draftados pelo time de Ohio, os jogadores já fazem os Cavs sonharem com playoffs novamente

A dupla sensação de Cleveland Cavaliers é uma das mais efetivas da NBA.
A dupla sensação de Cleveland Cavaliers é uma das mais efetivas da NBA. | Foto: Getty Images.

Desde a saída de LeBron James, ao fim da temporada 2017–2018, o Cleveland Cavaliers foi tratado como um time que iria para sua reconstrução, algo comum nas equipes após as saídas de suas principais estrelas. Mas o que ninguém esperava, é que essa reconstrução seria tão rápida, devido a nomes draftados como Collin Sexton, Darius Garland e por fim, Evan Mobley.

Sem Collin Sexton, devido à uma lesão que o tirou da temporada 2021–2022, o time agora comandado John Bickerstaff, de apenas 42 anos, surpreendeu muita gente e por enquanto, ocupa a 4ª posição na Conferência Leste, conquistando o mando de quadra nos playoffs, na frente de equipes como Milwaukee Bucks, atual campeão da liga, e Brooklyn Nets, recheado de estrelas, como Kevin Durant, James Harden e Kyrie Irving.

E muito dessa boa fase do time de Ohio é por conta de seus jovens jogadores, Evan Mobley, provável novato do ano da NBA, e Darius Garland, 5ª escolha no Draft de 2019. Além das duas jovens estrelas, Cleveland também conta com Jarrett Allen e Lauri Markkanen, adquiridos em trocas, e Kevin Love, campeão com o time em 2016, que voltou à sua melhor fase nesta temporada.

Conheça Darius Garland e Evan Mobley, as novas apostas do Cleveland Cavaliers

A história de Darius Garland

O camisa 10 dos Cavs tem apenas 22 anos e um futuro brilhante na liga.
O camisa 10 dos Cavs tem apenas 22 anos e um futuro brilhante na liga. | Foto: Reprodução.

Nascido em janeiro de 2000, Darius Garland começou sua carreira no basquete muito cedo, logo aos cinco anos de idade. Ainda na segunda série da escola, Garland já participou de campings em Indiana, liderados por Bryce Drew, que viria a ser seu treinador mais tarde em Vanderbilt. Após o fim da sexta série, a família de Darius decidiu se mudar para o Tennessee, para que ele pudesse frequentar a Brentwood Academy.

Enquanto ainda estava na oitava série, Garland ingressou na equipe titular de Brentwood, e logo em sua temporada de calouro, teve médias de 13 pontos, 1.3 rebotes e 2.7 assistências por jogo. Assim, levou sua equipe para a final do Campeonato Estadual da 2ª Divisão da Associação Atlética da Escola Secundária do Estado de Tennessee.

Ficando mais 4 anos na Brentwood Academy, colecionando prêmios, como o MVP no King of the Bluegrass Holiday Classic, após marcar 23 pontos na final contra Fairdale High School. Também conquistou 3 vezes o Mr. Basketball de Tennessee, e ganhou 4 títulos seguidos com a Brentwood Academy, igualando o recorde do Estado.

Em 13 de novembro de 2017, Darius Garland se comprometeu a jogar basquete universitário por Vanderbilt, e dois fatores foram essenciais para tal escolha, a proximidade com sua casa, e também voltar a jogar com o treinador Bryce Drew, com quem fez os campings em Indiana, quando era bem mais jovem.

Garland teve uma curta passagem por Vanderbilt, devido a uma lesão.
Garland teve uma curta passagem por Vanderbilt, devido a uma lesão. | Foto: Reprodução.

Na temporada 2018–2019 da NCAA, Garland já começou mostrando para o que veio, marcando 23 pontos em sua partida de estreia, contra Winthrop, e duas semanas mais tarde, marcou 33 pontos (segunda maior marca de um calouro pela escola), em uma vitória por 79 a 70 contra Liberty.

Mas nem tudo são flores para Garland, e logo no começo da temporada, em uma partida contra Kent, o armador sofreu uma lesão que o tirou do restante da temporada. Mas em 23 de janeiro de 2019, Garland anunciou que deixaria Vanderbilt para cuidar de sua lesão e focar no Draft da NBA daquele ano, o que lhe rendeu a 5ª escolha, pelo Cleveland Cavaliers.

Em sua temporada de estreia na NBA, Garland disputou 59 partidas, somando 12.3 pontos, 3.9 assistências e 1.9 rebotes de média por jogo, e não conseguiu demonstrar todo seu basquete naquele ano, o que já começaria a mudar na temporada seguinte. Em 2020–2021, o armador disputou menos partidas que no ano anterior, mas conseguiu melhorar suas médias, com 17.4 pontos, 6.1 assistências e 2.4 rebotes por partida.

Agora, na atual temporada, foi a virada de chave para Darius Garland na NBA, cogitando um lugar no All-Star Game e sendo um dos principais armadores da liga, com médias de 19.8 pontos, 8.2 assistências e 3.3 rebotes, com 16 duplos-duplos e seu primeiro triplo-duplo na carreira. E até agora, disputou 44 das 51 partidas possíveis, parecendo finalmente ter se livrado dos problemas com as lesões.

A história de Evan Mobley

Evan Mobley já chegou dominando o garrafão pelo Cleveland Cavaliers.
Evan Mobley já chegou dominando o garrafão pelo Cleveland Cavaliers. | Foto: Reprodução.

Nascido em 18 de junho de 2001, Evan Mobley também começou a jogar muito cedo, sob orientação do seu pai, Eric, ex- jogador de basquete. Inicialmente relutante em se tornar um jogador, Evan se interessou mais pelo esporte na oitava série, quando já tinha 1,90m de altura. Mobley começou a jogar basquete no ensino médio na Rancho Christian School, ao lado de seu irmão Isaiah.

Em sua segunda temporada na escola, Mobley já colecionava médias excelentes, 19.2 pontos, 10.4 rebotes e 4.7 tocos por jogo, ganhando o California Gatorade Player of the Year e o The Press-Enterprise Player of the Year. Já na sua última temporada, Evan melhorou ainda mais suas médias, chegando a 20.5 pontos, 12.2 rebotes, 5.2 tocos e 4.6 assistências por jogo.

Assim, ganhou novamente o Gatorade Player of the Year, onde também foi nomeado o Jogador Nacional do Ano de Morgan Wootten. Além disso, foi chamado para o McDonald’s All-American Game, para o Jordan Brand Classic e para o Nike Hoop Summit, porém todos esses jogos foram cancelados devido à pandemia. Logo depois, Mobley se comprometeu a jogar basquete pela Universidade de South Carolina, sendo um dos melhores prospectos daquele ano.

Novo jogador do Cleveland Cavaliers.
Mobley foi um dos melhores calouros da NCAA. | Foto: John McGillen.

Logo na sua estreia pelo USC Trojans, Mobley já conseguiu um bom jogo, marcando 21 pontos e pegando 9 rebotes contra California Baptist, e assim foi pelo restante da temporada, terminando com médias de 16.4 pontos, 8.7 rebotes e 2.8 tocos por jogo, conquistando três prêmios, Jogador do Ano da Pac-12, Jogador Defensivo do Ano e também o Calouro do Ano.

Após a brilhante temporada, em Abril de 2021, Evan Mobley se declarou para o Draft da NBA, abrindo mão dos seus anos restantes na faculdade. E na cotação, apenas Cade Cunningham, primeira escolha do Draft pelo Detroit Piston, estava na sua frente. O ala-pivô foi a terceira escolha do Draft, assim, levando seus talentos para o Cleveland Cavaliers.

Agora, em seu primeiro ano como um Cavalier, Mobley é um dos principais favoritos ao prêmio de Novato do Ano da NBA, tendo médias de 14. pontos, 8.1 rebotes e 1.7 tocos por jogo, colecionando 10 duplos-duplos nos 43 jogos que disputou, e forma uma bela dupla de “torres-gêmeas” com Jarrett Allen, dominando o garrafão.

Até aqui, o Cleveland Cavaliers se encontra na 4ª posição da Conferência Leste, brigando por um mando de quadra nos Playoffs, o que não acontece desde a temporada 2017–2018, quando o time ainda possuía LeBron James, maior jogador da história da cidade. Até onde pode chegar esse Cleveland Cavaliers cheio de jovens?

___________________________________________________

Por Leonardo Pignatari – Fala! PUC-SP

Tags mais acessadas