5 livros clássicos que se popularizaram, novamente, no TikTok
Menu & Busca
5 livros clássicos que se popularizaram, novamente, no TikTok

5 livros clássicos que se popularizaram, novamente, no TikTok

Home > Entretenimento > Cultura > 5 livros clássicos que se popularizaram, novamente, no TikTok

Muitos livros conseguiram ter visibilidade ou voltaram a ter através da plataforma TikTok, é o caso de algumas obras reconhecidas como clássicos e que muitas vezes são conhecidas como cansativas e que precisam de mais conhecimento intelectual para ler. Com a ideia de democratizar mais ainda a leitura desses livros, muitos criadores de conteúdo dão dicas de livros clássicos que são incríveis e que merecem a leitura e reconhecimento. 

A seguir, listamos 5 livros da literatura clássica que voltaram à moda com o TikTok.

Alguns livros clássicos só se popularizaram entre os jovens por meio do TikTok.
Alguns livros clássicos só se popularizaram entre os jovens por meio do TikTok. | Foto: Freepik.

5 livros clássicos populares dentro do TikTok

1- 1984, por George Orwell

Publicado em 1949, o texto de Orwell nasceu para ser polêmico. Neste livro encontraremos Winston, herói de 1984, que vive preso em uma sociedade completamente autoritária. Essa sociedade não escapa à vigilância do Grande Irmão (Big Brother), a personificação literária de um poder cínico e cruel ao infinito. De fato, a ideologia do Partido dominante em Oceânia não visa nada de coisa alguma para ninguém, no presente ou no futuro. 

Essa história, apesar de ficcional, é atual e faz o leitor refletir sobre a política do mundo e da forma como nossa sociedade vive. Mesmo que distópica e ficcional, a narrativa sem dúvidas surpreende até o mais experiente leitor e os leva a reflexão. 

2- O Morro dos Ventos Uivantes, por Emily Brontë 

Publicado originalmente em 1847, O Morro dos Ventos Uivantes é um retrato de um romance brutal. E como um ótimo livro clássico, vai ficar na sua lembrança por meses e anos após a leitura. Esse livro vai te surpreender até sobre sua opinião sobre ele, nenhum personagem é 100% bom, nem 100% ruim, tudo é mais complexo que isso e, sem dúvidas, você vai se apaixonar por essa história que por te dar tantas sensações vai parecer real. 

A escrita de Brontë é fácil de ser compreendida e essa história conta com diversas adaptações que podem ser encontradas facilmente em plataformas de streaming.  

3- Orgulho e Preconceito, por Jane Austen 

Publicado em 1813, definitivamente é um livro que dispensa apresentações, pois é um clássico conhecido até mesmo por não leitores, por conta da adaptação de 2005 com a atriz Keira Knightley que é o favorito de muitas pessoas. 

Esse livro é maravilhoso e conta um romance de duas pessoas de classes diferentes em uma sociedade em que um homem rico casar com uma moça pobre era inaceitável e mal visto. Mr. Darcy é um dos mocinhos mais amados da literatura e sem dúvidas vale conferir o motivo. 

4- Drácula de Bram Stoker, por Abraham Stoker

Um clássico que ainda corre quente na veia de inúmeras gerações e que influenciou diversas obras contemporâneas como Diários de um Vampiro e Crepúsculo, por ser um dos precursores da ideia do vampiro, esse ser que se alimenta de sangue, dormem em caixões e não sai a luz do dia.  

Mesmo após 120 anos de sua publicação, esse romance ainda ganha mais fãs ao decorrer do tempo e mais notoriedade, como por exemplo, a presença do vampiro Conde Drácula em adaptações infanto juvenis como Hotel Transilvânia. Esse livro é popular até hoje e merece sua notoriedade por sua originalidade e atemporalidade que vai com certeza vai perpetuar nas ideias,  prateleiras de leitores e sendo lido por várias pessoas em cada canto desse planeta. 

5- O Diário de Anne Frank, por Anne Frank

É um livro difícil de ser lido por conta de seu peso histórico e de perceber que tudo o que Anne viveu é real! Essa é uma história de não ficção, de uma menina judia de 13 anos e sua família durante a ascensão do Nazismo na Segunda Guerra Mundial por meio de seu diário pessoal. Esse livro pode fazer as pessoas mais sensíveis se sentirem muito mal e recomendo cautela na hora da leitura, pois é impossível não chorar e se sentir triste sabendo que não só ela, mas milhares de pessoas viveram destinos tão tristes.

Essa história é o retrato de uma época dolorosa e que não deve ser esquecida nem diminuída, que foi eternizada por meio de um diário de uma menina que não tinha ideia de como tudo o que ela escreveu seria importante para várias gerações. 

__________________________________________________

Por Natasha Carpi – Fala! Anhembi

Tags mais acessadas