quarta-feira, 22 maio, 24
HomeUncategorized10 cursos de inteligência artificial (IA), gratuitos e pagos, que você não...

10 cursos de inteligência artificial (IA), gratuitos e pagos, que você não pode perder

As ferramentas de inteligência artificial estão cada vez mais introduzidas em nosso dia a dia e oferecem cada vez mais vantagens para quem consiga dominá-las e assim tirar proveito das mesmas da melhor e mais eficaz forma possível. A partir desta realidade, listamos para você 10 cursos de inteligência artificial que são imperdíveis e colaborarão para que você possa se aventurar no mundo desta poderosa e futurística aliada para o desenvolvimento pessoal e também da sociedade.

imagem ilustrativa cursos de inteligência artificial
IAs se desenvolveram e se popularizaram, se tornando fundamental realizar cursos dedicados a elas | Foto: Freepik.

O que é inteligência artificial? 

Algo importante a ser feito antes de elencarmos os melhores cursos de inteligência artificial, os quais são fundamentais para dominá-las, devemos entender o que  é a IA e porque esta área é tão fascinante e impacta os rumos da humanidade. Resumidamente, ela se refere à capacidade de máquinas realizarem tarefas que normalmente exigiriam inteligência humana. Dentro dessas atividades, temos: aprendizado, raciocínio, percepção, compreensão, interação social e até mesmo criatividade.

Em essência, a inteligência artificial engloba a criação e o desenvolvimento de algoritmos que podem analisar dados, aprender com os mesmos e até mesmo tomar decisões baseadas nessa análise, tudo de maneira autônoma. Esse grupo de sistemas é muito variado, podendo ser desde sistemas simples, como recomendações de produtos em sites de compras, até complexos sistemas de diagnóstico médico e carros inteligentes.

Tipos de inteligência artificial

Existem dois fatores que classificam as IAs em subgrupos, que são: sua capacidade e sua classificação técnica. Esses dois subgrupos totalizam 7 tipos de inteligência artificial.

Em relação à divisão quanto à capacidade das ferramentas, isso está relacionado ao nível de inteligência da tecnologia, ou seja, a sua habilidade em executar funções parecidas com a de seres humanos. Essas aptidões estão divididas em quatro classes: 

  • Máquinas reativas: são as formas pioneiras e mais antigas de IA e devido a isto, possuem capacidade limitada. Este tipo de ferramenta somente imita a capacidade humana de responder a diferentes tipos de estímulos. Sendo assim, as máquinas não possuem funcionalidades que se baseiam em memória. O exemplo clássico deste tipo é o Deep Blue da IBM, que derrotou o lendário enxadrista russo Garry Kasparov em um duelo;
  • Memória limitada: são aquelas que, além de possuírem os recursos das máquinas puramente reativas, também podem aprender com dados fornecidos para tomarem decisões. A maioria dos aplicativos existentes que conhecemos se encaixam nesta categoria de inteligência artificial. De chatbots a assistentes virtuais e carros autônomos, todos são acionados por IAs deste tipo;
  • Teoria da mente: funciona, por enquanto, como um conceito ou um trabalho em progresso. A inteligência artificial baseada em teoria da mente é o próximo passo do desenvolvimento delas, na qual os pesquisadores atualmente estão empenhados. A partir de sua criação, ela terá capacidade de compreender de uma melhor maneira os seres com os quais esteja interagindo, conseguindo discernir suas necessidades, emoções, crenças e também os processos de pensamento;
  • “Autoconsciente”: este tipo de inteligência artificial é uma formulação hipotética, pois além de compreender os humanos, também possuirá emoções, necessidades, crenças e até mesmo desejos próprios. Devido a isso, é o modelo de IA que os pessimistas da tecnologia projetam para o futuro, pois apesar de ter potencial para impulsionar o progresso da civilização, eles imaginam catástrofes causadas por ele;

Já em questões de classificação técnica e funcional, as IAs podem ser divididas em três subgrupos diferentes: 

  • Inteligência artificial estreita (ANI): representa toda inteligência artificial existente até o atual momento, se referindo aos sistemas que só realizam uma tarefa específica de forma autônoma, replicando os humanos. Não podem fazer nada além do que foram programadas para fazer, sendo limitadas (até mesmo as que usam machine ou deep learning);
  • Inteligência geral artificial (AGI): sistemas que serão capazes de construir independentemente várias competências e formar conexões e generalizações entre os domínios, reduzindo o tempo de aprendizado necessário para replicar as capacidades multifuncionais dos humanos;
  • Superinteligência artificial (ASI): seria o limite imaginável de desenvolvimento das IAs, sendo a forma de inteligência mais capaz do planeta. Além de todas as replicações humanas, será melhor em todas funções em relação a humanidade por conta da memória inúmeras vezes maior, processamento e análise de dados mais rápidos e capacidades de tomada de decisões;
imagem ilustrativa cursos de inteligência artificial
Temos sete tipos de IA, alguns já existentes e outros em desenvolvimento | Foto: Freepik.

Quais as aplicações da inteligência artificial no dia a dia?

A presença da inteligência artificial em nosso dia a dia é cada vez mais notável e abrangente. Está presente na maior parte dos setores de nossa vida. Alguns exemplos são: 

  • Recomendação de conteúdo: plataformas de streaming, como Netflix e Spotify, utilizam IA para sugerir seus conteúdos de acordo com nossas preferências anteriores;
  • Assistentes virtuais: Siri, Google Assistant, Alexa e Cortana são exemplos de ferramentas de auxílio pessoal que usam inteligência artificial para compreender e responder nossos comandos;
  • Chatbots: presentes em sites de empresas e serviços, fornecem suporte aos clientes e respondem perguntas frequentes de maneira automática;
  • Carros autônomos: empresas como Tesla e Google estão investindo consideravelmente em tecnologias desse tipo de veículos, que dependem de IA para se locomover e tomar decisões no trânsito;
  • Diagnóstico médico: algoritmos de inteligência artificial são capazes de analisar imagens de exames como radiografias e ressonância magnética e assim auxiliar os médicos no diagnóstico de doenças;

Por quê investir em cursos de inteligência artificial?

Devido a esse crescimento exponencial da IA em todas as áreas de nossa vida, investir em cursos dedicados à mesma se tornou uma escolha inteligente e estratégica. Sendo assim, existem diversas razões que podem motivar o investimento em aprendizado na área: 

  • Demanda do mercado de trabalho: companhias de todos os setores buscam profissionais com habilidades em inteligência artificial para compor seus quadros de funcionários;
  • Salários atrativos: os trabalhadores da área de IA estão entre os mais bem remunerados no setor de tecnologia, além das lucrativas portas abertas devido ao manejo desta ferramenta;
  • Impacto social e econômico: a inteligência artificial tem potencial de transformar radicalmente a sociedade e a economia, desde melhorias na educação e saúde até avanços na indústria e na mobilidade urbana;
  • Possibilidades de empreendedorismo: com o desenvolvimento das habilidades em IA, você pode desenvolver seus próprios produtos e serviços inovadores ou até arriscar em startups na área tecnológica;
  • Aprendizado contínuo: é uma área em constante evolução, com o surgimento de novas técnicas e tecnologias de forma regular, ou seja, investir em cursos de inteligência artificial permite que você se mantenha atualizado;

10 cursos de inteligência artificial imperdíveis para imergir nesta área

Agora que entendemos a importância e as aplicações das IAs, trazemos alguns dos melhores e mais imperdíveis cursos, sendo alguns deles gratuitos e outros pagos, disponíveis para você que busca aprofundar seus conhecimentos nessa área fundamental atualmente: 

  • Data Science e Machine Learning com Estatística e Python (Udemy): curso completo focado em Data Science e Machine Learning usando Python, é indicado para iniciantes, aborda fundamentos da linguagem de programação e teorias e prática de modelos de machine learning e você adquire acesso vitalício ao mesmo;
  • Curso de IA Generativa com Midjourney e ChatGPT (Alura): curso prático em inteligência artificial generativa, apresentando diversas funcionalidades das mesmas , como por exemplo a geração de imagens com o Midjourney e você adquire acesso com uma assinatura da plataforma;
  • Inteligência Artificial aplicada para Empresas e Negócios (Udemy): curso com enfoque em otimização de processos, redução de custos e maximização de receitas, usando algoritmos como Q-learning e Deep Q-learning e você adquire acesso vitalício ao mesmo;
  • Curso de ChatGPT: desvendando a IA em conversas (Alura): curso de inteligência artificial que foi desenvolvido para quem deseja aprender a usar as ferramentas mais recentes de IA para melhorar seus projetos e trabalhos e você adquire acesso com uma assinatura da plataforma;
  • Curso de Inteligência Artificial para simplificar o dia a dia (Escola Virtual Gov): curso gratuito de IA com foco em contextos do cotidiano, ensinando modelos de geração de texto com o ChatGPT e imagens com o DALL-E, por exemplo;
  • Introduction to Artificial Intelligence – AI (IMB): curso de IA oferecido pela IBM na plataforma paga Coursera. Disponível apenas em inglês, o material tem foco em um conteúdo introdutório, sendo recomendado para iniciantes com interesse de começar a aprender sobre IA. passa pelos conceitos e aplicações básicas da inteligência artificial;
  • Artificial Intelligence (MIT): curso de nível básico oferecido pelo MIT, sem aulas ao vivo mas com toda a documentação e vídeos da graduação oferecida desde 2010, tem como foco a introdução no contexto da inteligência artificial e possui um custo para ser acessado;
  • Curso de Inteligência Artificial (Cruzeiro do Sul Virtual): curso de graduação da instituição privada no nível tecnólogo, que visa ensinar o desenvolvimento de soluções adequadas para a implementação de códigos em produtos tecnológicos, além de conceitos de estrutura e processamento de dados;
  • Curso de Inteligência Artificial Aplicada (PUC-PR): curso de graduação da instituição privada no modelo EaD, prepara os estudantes para atuarem em projetos, desenvolvimento e aplicação de IA em diversos tipos de softwares e equipamentos;
  • Curso de Inteligência Artificial Gratuito (Data Science Academy): curso de inteligência artificial gratuito que ensina os conceitos básicos do mundo da IA,  sua proposta é tornar o entendimento da área mais acessível, levando os principais conceitos para pessoas de qualquer nível de conhecimento e faixa etária;

Esses 10 cursos de inteligência artificial são alguns que você não pode perder a oportunidade, se tem interesse na área. Independentemente do seu nível de experiência ou interesse na área, existem diversas opções que são adequadas para imergir no fascinante contexto das IAs. Investir tempo e esforço em adquirir conhecimentos nesse setor não apenas abrirá portas em sua vida profissional, mas também o fará entender o futuro da tecnologia.

ARTIGOS RECOMENDADOS