segunda-feira, 24 junho, 24
HomeCultura10 anos sem Chorão: Gravadora lança caixa com 10 álbuns da banda...

10 anos sem Chorão: Gravadora lança caixa com 10 álbuns da banda Charlie Brown Jr. Confira!

Há dez anos, no dia 6 de março de 2013, o rock nacional perdia um de seus maiores representantes: Alexandre Magno Abrão, o Chorão, vocalista e fundador do Charlie Brown Jr.

O cantor foi encontrado sem vida em seu apartamento em São Paulo, após sofrer uma overdose de cocaína. A sua morte abalou milhões de fãs que admiravam sua trajetória de sucesso, caracterizada por letras autênticas, melodias envolventes e atitude contestadora.

chorao-com-a-banda-charlie-brown-jr
Uma década sem Chorão: Universal Music lança coleção com todos os discos do Charlie Brown Jr. em vinil. Saiba mais! | Foto: Divulgação / Instagram Charlie Brown JR.

A trajetória de Chorão com o Charlie Brown Jr.

Chorão criou o Charlie Brown Jr. em Santos, no litoral paulista, em 1992. Junto com Renato Pelado (bateria), Marcão (guitarra), Champignon (baixo) e Thiago Castanho (guitarra), Chorão lançou o primeiro disco da banda em 1997, chamado Transpiração Contínua Prolongada, que vendeu cerca de 500 mil cópias e consagrou hits como “Proibida Pra Mim (Grazon)”, “Tudo Que Ela Gosta de Escutar” e “Zóio de Lula”. 

Com uma sonoridade única e original, o Charlie Brown Jr. se firmou como uma das principais bandas do cenário rock brasileiro, combinando influências de diversos gêneros musicais, como punk, hardcore, rap, reggae e ska.

Durante sua carreira, que durou mais de duas décadas, a banda lançou dez discos de estúdio, que mostraram a evolução e a diversidade de seu estilo musical, três discos ao vivo, que registraram a energia e a interação da banda com o público, nove coletâneas, que reuniram os maiores sucessos e algumas raridades da banda, e sete DVDs, que documentaram as performances e os bastidores da banda.

Entre os sucessos da banda, estão músicas como “Te Levar”, “Só Por Uma Noite”, “Papo Reto”, “Tamo Aí na Atividade”, “Ela Vai Voltar”, “Dias de Luta, Dias de Glória” e “Só Os Loucos Sabem”.

As dificuldades enfrentadas pelo Charlie Brown Jr.

O Charlie Brown Jr. também passou por diversas mudanças em sua formação, desentendimentos internos, polêmicas e problemas com drogas, aspectos do grupo que ajudaram na popularização da banda.

Em 2005, por exemplo, Chorão dispensou todos os integrantes originais da banda e recrutou novos músicos para continuar o projeto. Em 2011, Marcão e Champignon voltaram à banda, junto com o guitarrista Thiago Castanho, que havia saído em 2001. Em 2012, a banda lançou seu último disco com Chorão vivo, Música Popular Caiçara, gravado ao vivo em Santos e Curitiba.

Depois da morte de Chorão, a banda ainda lançou um disco póstumo em 2013, intitulado La Familia 013, que contava com algumas músicas inéditas gravadas pelo vocalista antes de morrer. No entanto, a tragédia se repetiu em setembro do mesmo ano, quando o baixista Champignon foi encontrado morto em seu apartamento em São Paulo, vítima de um tiro na cabeça.

Com isso, o Charlie Brown Jr. parecia ter chegado ao fim definitivamente, porém o público foi surpreendido com a notícia de que haverá uma apresentação da banda no dia 14 de outubro no Rock Session, em Curitiba. O Charlie Brown Jr. estará presente no festival para celebrar os 30 anos da banda e 25 anos do lançamento do primeiro álbum.

Coleção especial em memória a Chorão

Considerando a carreira avassaladora do grupo que marcou uma geração inteira, a Gravadora Universal Music realizou o lançamento de uma coleção especial com os dez discos de estúdio da banda remasterizados em vinil em memória dos dez anos sem Chorão e para homenagear e celebrar o legado do Charlie Brown Jr.

A coleção contêm os discos Transpiração Contínua Prolongada (1997), Preço Curto… Prazo Longo (1999), Nadando com os Tubarões (2000), 100% Charlie Brown Jr. – Abalando a Sua Fábrica (2001), Bocas Ordinárias (2002), Tamo Aí na Atividade (2004), Imunidade Musical (2005), Ritmo, Ritual e Responsa (2007), Camisa 10 Joga Bola Até na Chuva (2009) e La Familia 013 (2013).

A coleção também ainda um livreto com fotos e textos sobre a história da banda, escritos por Marcelo Viegas, jornalista e amigo pessoal de Chorão.

Além disso, a coleção vem com um código para download digital dos discos em alta qualidade. 

Para os fãs do Charlie Brown Jr., a coleção com os dez discos da banda em vinil é uma oportunidade imperdível de relembrarem as músicas que fizeram parte de suas vidas e que ainda estão presentes na cultura do rock nacional. 

Mais que somente uma caixa, é uma forma de celebrar e homenagear o legado do Charlie Brown Jr., uma banda que marcou época com a capacidade de comunicar uma honestidade lírica e contestadora.

É também uma forma de reconhecer o trabalho de Chorão, um artista que deixou sua marca na música brasileira com sua personalidade forte, seu talento incomparável e sua paixão pelo que fazia. A coleção é um item de colecionador que vale a pena ter na estante, para ouvir e sentir a emoção de cada música.

_________________________________

Por Thais Datri – Redação Fala!

ARTIGOS RECOMENDADOS