Tudo sobre o vazamento de dados de mais de 220 milhões de brasileiros
Menu & Busca
Tudo sobre o vazamento de dados de mais de 220 milhões de brasileiros

Tudo sobre o vazamento de dados de mais de 220 milhões de brasileiros

Home > Notícias > Urbano > Tudo sobre o vazamento de dados de mais de 220 milhões de brasileiros

Vem sendo investigado o vazamento de dados mais de 220 milhões de brasileiros

Foi divulgado pela mídia, no começo deste ano, um dos maiores vazamentos de dados da história do Brasil, cerca de 220 milhões de brasileiros foram vítimas de tamanha barbaridade. Não se sabe ao certo quais foram os responsáveis por este crime, no entanto, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pediu para que a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) investigue o caso.

Acredita-se que dados de pessoas que já faleceram também estejam no meio, já que o número de dados que foram vazados é maior que o de número de pessoas que há no Brasil atualmente.

vazamento de dados
Tudo sobre o vazamento de dados de mais de 220 milhões de brasileiros. | Foto: Reprodução.

Vazamento de dados: quais foram os tipos de informações vazadas?

Informações como números de CPF, nome completo, endereços, informações sobre recebimentos de benefícios como INSS, números de telefones, gênero, escolaridade, entre diversos outros dados pessoais. Alguns estão localizados de forma gratuita, outros estão sendo vendidos na deep web, uma parte da Internet onde poucos têm acesso.

Lá possui conteúdos ilegais, como venda de drogas e armas. O que pode trazer danos aos verdadeiros donos dos dados vazados, já que estão disponíveis em um lugar que não é de fácil acesso para as pessoas, mas também não é impossível de entrar. 

O que fazer se uma pessoa sem boas intenções tiver acesso aos dados? 

Podem ser realizadas diversas fraudes, compras, estelionatário, forjamento de identidade, o que faz com que os verdadeiros donos das identidades possam criar dívidas e sujar seus nomes. 

Não existe uma forma segura para saber se seus dados foram vazados, no entanto, alguns especialistas não recomendam o uso de qualquer site para checar as informações, pois podem também acabar sendo expostas. Mesmo não tendo muitas informações sobre o caso, nota-se que é algo muito grave e que precisa ser resolvido de forma cautelosa, para que os responsáveis respondam pelos seus crimes.

__________________________
Por Ellen Coutinho – Fala! Anhembi

Tags mais acessadas