segunda-feira, 26 fevereiro, 24
HomeNotíciasRobô atacou engenheiro na Tesla. Entenda o caso

Robô atacou engenheiro na Tesla. Entenda o caso

Um relatório vazado recentemente pelo site The Information revelou um incidente na fábrica da Tesla, localizada próxima à cidade de Austin, no Texas (Estados Unidos). O ocorrido, datado de 2021, só veio à tona no final deste ano. Um robô, responsável pelo corte de peças a partir de placas de alumínio recém-fundidas, teria atacado um engenheiro, deixando-o ferido.

Entenda, a seguir, como ocorreu o incidente.

robô tesla
Entenda o caso em que um robô atacou engenheiro em Tesla. | Foto: Freepik.

Entenda como robô atacou engenheiro em Tesla

Segundo as informações divulgadas pela fabricante de carros elétricos às autoridades reguladoras americanas, haviam três robôs envolvidos em uma tarefa específica, sendo que dois estavam desligados para manutenção. Foi quando o terceiro permaneceu em operação sem ser percebido.

O incidente ocorreu quando o engenheiro se aproximou da máquina supostamente desligada, e foi imobilizado pelo robô, que executava movimentos programados. Durante o contato, as “garras” do robô perfuraram o corpo do homem, causando ferimentos nas costas e em um dos braços. O relatório descreveu o episódio como deixando um “rastro de sangue” no chão da fábrica, segundo relatos de testemunhas, e resultando em um corte na mão esquerda do profissional.

Enquanto o engenheiro lutava para se libertar das garras metálicas, outro funcionário entrou em ação, acionando o botão de emergência da máquina para desativá-la. Contudo, durante o processo, o engenheiro sofreu um segundo acidente, caindo em uma rampa para coleta de sucata de alumínio e rolando alguns metros abaixo. Apesar dos ferimentos e do sangramento intenso, o engenheiro não teria solicitado licença médica para recuperação.

Vale ressaltar que a fábrica da Tesla no Texas tem sido criticada por questões relacionadas à segurança no ambiente de trabalho, apresentando taxas de lesões superiores à média da indústria nos EUA. Até o momento, a montadora de Elon Musk não se pronunciou sobre o incidente envolvendo o ataque do robô ao engenheiro.

Atualmente, o engenheiro atacado pelo robô em Tesla está trabalhando na programação do software que controla os robôs, que cortam peças de automóveis e placas de alumínios.  

__________________________________
Por Giovana Rodrigues – Redação Fala!

ARTIGOS RECOMENDADOS