Quiropraxia e osteopatia: você sabe a diferença?
Menu & Busca
Quiropraxia e osteopatia: você sabe a diferença?

Quiropraxia e osteopatia: você sabe a diferença?

Home > Lifestyle > Saúde > Quiropraxia e osteopatia: você sabe a diferença?

A osteopatia e a quiropraxia, apesar de similares, têm muitas diferenças no que tange à forma de tratamento. Ambas buscam o alívio de dores, correções da postura e relaxamento dos músculos, entretanto, as classificações não podem se basear somente nisso.

Quiropraxia e osteopatia: você sabe a diferença?

Osteopatia: prevenção

A osteopatia é um tratamento que foca na totalidade do corpo humano. Foi criado em 1874 por Andrew Taylor Still, fundador da Osteopathic Medical School. O princípio da autocura é muito defendido: se tudo está conectado, quando há um equilíbrio corporal, existe cura.

O osteopata, muitas vezes também fisioterapeuta, busca detectar como as dores iniciaram por meio de métodos mecânicos e manipulativos para identificar e corrigir falhas estruturais corpóreas. O tratamento além de sanar, previne dores.

Quiropraxia: tratamento

A quiropraxia funciona por meio de correções da postura e dos desequilíbrios e é, muitas vezes, um pouco mais “agressiva” do que a osteopatia. O tratamento varia de acordo com a subjetividade de cada paciente, assim como a duração necessária do programa.

É um tratamento criado por Daniel David Palmer, no século XIX, para diagnosticar, prevenir e cuidar das dores que estejam relacionadas ao sistema musculoesquelético, especialmente a coluna vertebral, seu objeto de estudo juntamente com as articulações.

Ela é responsável por remover a compressão nos nervos e melhorar o sistema circulatório, garantindo assim maior qualidade de vida da sociedade.

Referências: Osteopathic Medical School – Estados Unidos.

Tags mais acessadas