Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Resenha: O Protetor 2

Resenha: O Protetor 2

Por Lázaro Cruz – Fala!USP

Denzel Washington como você nunca viu (de novo)

Denzel Washington revive o metódico, habilidoso, ágil, vingativo, benfeitor (e mais uma porção de outros adjetivos) Robert McCall, um ex-agente do serviço de inteligência americano que protege e salva voluntariamente frágeis desconhecidos de situações perigosas. Experiente e dono de um currículo cinematográfico invejável (incluindo um Oscar na prateleira), esta é a primeira vez que o ator filma uma sequência.

Não é necessário ter assistido ao primeiro para entender o que acontece neste segundo filme. Depois de fazer muito estrago na cidade onde morava para ajudar uma jovem adolescente que se envolve com o crime organizado, agora McCall leva uma vida discreta e modesta como motorista de aplicativo. Eventualmente, entre uma corrida e outra, ele ajuda de forma voluntária passageiros que ele considera desprotegidos. Já na meia-idade, o ex-agente, sozinho, troca sopapos com jovens grandalhões bem treinados, sem passar vergonha!

 

Sendo o protetor de fracos e oprimidos (dá-lhe, Chapolin!), apesar de uma confusão aqui e outra ali, Robert tenta viver sem chamar muita atenção. Até que sua amiga Susan Plummer (Melissa Leo), agente secreta em exercício, se torna vítima de uma facção internacional na Bélgica. McCall então aciona um outro antigo colega de agência, David (Pedro Pascal – o Oberyn Martell de Game of Thrones) para ajudá-lo a desvendar a trama. Justiceiro, que opera numa força paralela à Lei, Robert ainda tem tempo para o cuidado paternal com um jovem vizinho.

Nesta sequência há menos cenas de ação do que o primeiro filme, mas há um cuidado em humanizar o personagem, apesar de fazer, mais uma vez, a linha improvável de um-contra-todos. Ainda há umas frases de auto-ajuda do tipo: “existem dois tipos de dor: a dor que machuca e a que modifica. Qual você prefere?”, “Todos reclamam do que todo mundo podia ter feito, mas ninguém fez…”, “ter um objetivo ajuda quando não se tem mais ninguém na vida” e ainda “você não precisa de uma arma, você tem uma chance”.

O filme beira à pieguice e tem algumas conspirações previsíveis,  mas se a ideia for curtir uma produção de entretenimento, a película dá conta do recado e consegue prender a atenção durante as duas horas. É Denzel Washington tentando, mais uma vez, fazer um tipo diferente…

FICHA TÉCNICA:

Título Original: The Equalizer 2

Ano de Produção:  2018

Direção: Antoine Fuqua

Duração: 121 minutos

Classificação: 16 anos

Gênero: Ação, policial, thriller

País de Origem: Estados Unidos

Elenco: Denzel Washington, Melissa Leo, Pedro Pascal, Bill Pullman, Ashton Sanders, Orson Bean, .

Assista ao Trailler:

0 Comentários

Tags mais acessadas