Por que o dia dos namorados é comemorado em junho no Brasil?
Menu & Busca
Por que o dia dos namorados é comemorado em junho no Brasil?

Por que o dia dos namorados é comemorado em junho no Brasil?

Home > Entretenimento > Cultura > Por que o dia dos namorados é comemorado em junho no Brasil?

Os brasileiros celebram o Dia dos Namorados dia 12 de junho. Você sabe por que a data é diferente do restante do planeta?

No Brasil, a troca de beijos e mensagens, bombons, mandar flores e escrever cartões existe há muitas décadas. Essa data, além de fazer referência óbvia ao amor, ao afeto e ao carinho entre casais, remete também à imensa movimentação comercial que a acompanha.

Em outros países, há também um dia específico que tem o mesmo propósito. Contudo, não é o dia 12 de junho, mas sim o dia 14 de fevereiro, como acontece nos Estados Unidos. O Dia dos Namorados estadunidense é nomeado como Valentine’s Day, isto é, “Dia de São Valentim”. Mas por que a diferença entre os dias de comemoração? E por que a referência a um santo?

dia dos namorados
Entenda por que o dia dos namorados é comemorado em junho no Brasil. | Foto: Unsplash.

Por que o dia dos namorados é comemorado em junho no Brasil?

Existem várias histórias sobre a origem do Dia dos Namorados, como, por exemplo, que na Roma antiga, no século 1 d.C., o cruel imperador Cláudio proibiu os soldados de se casarem, para serem mais eficientes na guerra. Nem todos cumpriam a ordem, no entanto. Os soldados muito apaixonados, que insistiam em se casar, procuravam um certo padre Valentim.

O padre Valentim celebrou muitos casamentos e cerimônias secretas. Até que, um dia, durante o casamento de um jovem casal, foi descoberto. Por sua desobediência, foi condenado à morte e martirizado. Era dia 14 de fevereiro.

Os cristãos transformaram-no em santo. O dia em que são Valentim morreu tornou-se o Dia de São Valentim, e também Dia dos Namorados. Cada país comemora essa data de um jeito especial. Nos Estados Unidos e no Canadá, as crianças confeccionam cartões com papéis decorados e mensagens, que distribuem para seus amigos e colegas.

Na Itália, a data é comemorada com um grande banquete. No país de Gales, os presentes podem ser colheres esculpidas em madeira, pintadas com chaves, corações e fechaduras. No Japão, as mulheres dão aos seus namorados caixas de chocolate. Na Inglaterra, as crianças cantam canções e ganham de seus pais doces e frutas.

No caso do Brasil, o Valentine’s Day não teve a recepção que teve em outros países. No ano de 1949, João Doria, empresário do ramo de publicidade, elaborou um programa comercial que estaria relacionado com a comemoração do Dia dos Namorados no Brasil. A campanha publicitária fez com que as vendas subissem consideravelmente. A data foi criada pelo comércio paulista e, depois, assumida por todo o comércio brasileiro para reproduzir o mesmo efeito que o dia de São Valentim tem no Hemisfério Norte e, é claro, incentivar a troca de presentes entre os enamorados.

Mesmo sendo a data mais reconhecida em todo mundo para comemorar o dia dos apaixonados, há vários países que comemoram o amor dos casais em ocasiões diferentes. Afinal, como outras histórias, esta não chegou a ser difundida em todas as culturas.

O dia escolhido por Doria, entretanto, foi 12 de junho, um dia antes da comemoração do dia de Santo Antônio, considerado o Santo Casamenteiro. Desde então, a data do dia 12 de junho segue sendo a data do Dia dos Namorados no Brasil.

A ideia deu certo. Desde então, as vendas aumentaram bastante no mês de junho. Pronto! Passamos a comemorar o Dia dos Namorados dia no 12 de junho!

____________________________
Por Sabrina Ferreira – Fala! Centro Universitário Brasileiro de Pernambuco – Recife

Tags mais acessadas