Paulo Vaz: conheça o policial e influenciador trans que morreu
Menu & Busca
Paulo Vaz: conheça o policial e influenciador trans que morreu

Paulo Vaz: conheça o policial e influenciador trans que morreu

Home > Entretenimento > Famosos e TV > Paulo Vaz: conheça o policial e influenciador trans que morreu

Paulo Vaz, mais conhecido com Popó Vaz nas redes sociais, morreu, aos 37 anos, nesta segunda-feira (14). Popó foi encontrado morto e a causa ainda não foi revelada. Influenciador e ativista, ele era conhecido pela representatividade de ser um policial trans e defender a causa a LGBTQIA+.

Paulo Vaz tinha um relacionamento com o youtuber PedroHMC, dono do canal “Põe na Roda”. Por lá, Pedro falava de muitos assuntos que envolviam o mundo LGBTQIA+, e Paulo também já apareceu em alguns vídeos.

Popó era natural de Belo Horizonte, Minas Gerais, mas vivia em São Paulo. Ele exercia o cargo de policial desde 2018.

Paulo Vaz
Paulo Vaz foi encontrado morto aos 37 anos. | Foto: Montagem/ Instagram

A Morte de Paulo Vaz

A morte do policial foi divulgada por meio de uma nota de pesar da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA). A causa da morte, no entanto, não foi informada.

“Com muita tristeza recebemos a notícia que o Paulo Vaz nos deixou. Paulo era querido e amado por todas a sua volta. Ativista engajado e dedicado a luta trans, sempre fez questão de construir pontes, atuar no enfrentamento da transfobia e em defesa das pessoas transmasculinas”, escreveram.

“Homem trans gay, policial civil, sempre abordava questões sobre sexualidade e gênero de forma leve e descontraída. Era uma alma doce e um coração lindo demais”, continuaram.

“Paulo não estará mais entre nós ou em nossos Story falando com aquele sotaque mineiro tão marcante. Infelizmente perdemos mais um de nós que não suportou continuar em uma sociedade tão violenta e desumana. Não é hora de especular sobre a morte do Paulo. Respeitem a dor de quem perdeu um amigo, marido, filho e irmão”.

“É hora de silenciar e refletir. Precisamos pensar em formas de construir um mundo onde as pessoas queiram viver”, completaram.

Confira a publicação completa:

Ativismo nas redes sociais

Nas redes sociais, Paulo Vaz era ativista dos direitos LGBTQIA+. Por lá, ele também dava dicas de vivência, livros e profissionais LGBTQIA+ e muito mais.

Em 2018, ele se pronunciou nas redes sociais em defesa de Leandro Prior, um policial militar que sofreu ataques homofóbicos após se visto dando beijo em um homem.

Casamento com PedroHMC

Paulo Vaz e PedroHMC começaram a se relacionar em 2018. Em 2019, Pedro decidiu fazer o pedido de casamento. Durante a viagem do casal a Londres, Inglaterra, o youtuber pediu a mão do amado em frente a London Eye, a maior roda gigante do mundo. No mesmo ano, os dois casaram.

Após a morte de Paulo, Pedro se afastou das redes sociais, e, até o momento, os comentários estão desativados em seu perfil do Instagram. Fernando Oliveira, colunista do Uol e amigo do casal, disse que o youtuber estava bem e longe do celular para evitar o contato com comentários inconvenientes.

________________________
Por Giovana Rodrigues – Redação Fala!

Tags mais acessadas