terça-feira, 23 julho, 24
HomeCultura5 países que dão bolsas de estudo para universitários brasileiros

5 países que dão bolsas de estudo para universitários brasileiros

Ter a experiência de morar no exterior e conseguir estudar o que gosta é muito interessante e agregador. De fato, muitos brasileiros se sentem atraídos por essa oferta, já que há um descaso enorme em relação à educação no país. Na Europa e nos Estados Unidos, lugares mais procurados pelos estudantes, a área da educação também tem seus entraves. No entanto, existe uma excelente disponibilidade de vagas para bolsas de estudo e, em muitos casos, não é preciso nem realizar prova (estilo ENEM) para fazer parte da futura instituição.

5 PAÍSES QUE OFERECEM BOLSAS DE ESTUDO PARA UNIVERSITÁRIOS BRASILEIROS-min
Universidade da Salamanca, localizada na Espanha. | Foto: Montagem/ Reprodução

É importante frisar que existes vários programas universitários para quem quer estudar fora, mas nem todos eles são totalmente custeados pela universidade. Em determinadas situações, é preciso que o aluno pague sua viagem, hospedagem, alimentação e gastos pessoais. Já em outros, a ajuda de custeamento oferecida pela faculdade pode ser atribuída ao aluno. 

Esse último caso é justamente o que mais se relaciona com o post abaixo. Veja agora quais são os cinco países que oferecem bolsas integrais ou semi-integrais para que os estudantes consigam cumprir seus sonhos em outra nacionalidade. 

5 países que oferece bolsas de estudo

Cada bolsa de estudo vai depender do país para que você está aplicando e também de acordo com a instituição e programa de bolsa escolhido. 

1) Austrália

A Austrália é muito conhecida pela sua alta qualidade de vida e boa educação. O país possui muitas bolsas de estudos, de diferentes áreas e formas. Algumas delas são concedidas por mérito, concessão ou subsídio, além de poder oferecer um valor para que seus estudos sejam financiados. 

Tanto organizações públicas quanto privadas oferecem bolsas de estudo, além do próprio Governo australiano. É importante ressaltar que qualquer pedido de bolsa deve ser feito diretamente à organização que você procurou.

Um dos programas de bolsa é o Endeavour Awards, o qual é disponibilizado pelo Governo australiano e é destinado aos estudos de pós-graduação e de pesquisas no país.

2) Bélgica

Na Bélgica existe um programa chamado de VLIR-UOS, o qual é dedicado para os estudantes brasileiros que querem fazer mestrado no país. 

Todas as bolsas de estudo desse programa em específico são integrais e divididas em dois tipos: o Programa de Treinamento e o Programa de Mestrado. A diferença entre eles é que o primeiro cobre todos os custos com alojamento, seguro, viagens internacionais e taxa de matrícula e o segundo oferece uma quantia para custear o alojamento, salário-família, seguro, viagem internacional e, também, a taxa de matrícula.

3) Alemanha

A Alemanha é um dos países que mais recruta estudantes mundo a fora e não seria diferente com o Brasil. O programa Development-Related Postgraduate Courses feito pelo DAAD (Deutscher Akademischer Austauschdienst) visa chamar pessoas que querem fazer uma pós-graduação na Alemanha. 

O programa se dispõe em pagar, de forma integral ou parcial, os cursos nas áreas de engenharia, economia, saúde pública, medicina veterinária, administração, planejamento urbano e muitas outras. Para saber mais acesse o site da instituição e entenda detalhadamente.

4) Canadá

Ir para o Canadá é sonho de muita gente e lá existem vários programas universitários que acolhem os estudantes brasileiros e um deles é o Scholarships for non-Canadians, voltado para bolsas internacionais de pós-graduação ou de pesquisas.

Outra alternativa de estudar por lá é o programa de Emerging Leaders in America Program, o qual objetiva trazer vários estudantes e pesquisadores para terem novas oportunidades de intercâmbio com curta duração. Esse programa pode ser usado tanto na pesquisa, na graduação ou na pós-graduação.

5) Espanha

A Espanha é um dos países da Europa que mais oferecem bolsas de estudos para brasileiros e outros descendentes latinos e a responsável por isso, em boa parte, é a Fundação Carolina. Ela oferece bolsas para cursos mais rápidos e, também, de pós-graduação, voltado para a especialização, mestrado ou doutorado, na Espanha. 

Ao todo, são mais de 196 programas acadêmicos espalhados por todas as regiões do país, além de possuir vínculo com outras universidades da Europa e do mundo. 

_________________________________
Por Anna Beatriz Peixoto – Fala! Universidade Federal de Pernambuco

ARTIGOS RECOMENDADOS